Journal PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP

-
56 articles
Page of 6
Articles per Page
by
Carlos Henrique Nascimento Oliveira, Pedro Araujo Pietrafesa, Antonio Pasqualetto
PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Volume 10; doi:10.18468/pracs.2017v10n2.p39-49

Abstract:Nos últimos anos, o município de Ilhéus-BA implementou políticas públicas voltadas para o desenvolvimento da agricultura familiar. Dado o contexto histórico e cultural do município, bem como as características dessas políticas, a implementação simultânea do PAA, do PNAE e da ATER significou mudanças na forma como são tomadas as decisões políticas. Ao envolver de forma efetiva nessa ação o poder público local, agentes sociais e pequenos produtores rurais, essas políticas públicas conseguiram o duplo efeito de incluir a agricultura familiar na agenda governamental e transformar a relação político-administrativa em torno desse segmento. Neste artigo buscou-se investigar a operacionalização desses programas entre os anos de 2013 e 2017. Estudos preliminares mostram que a execução simultânea desses programas é algo recente, e que a sua continuidade e o seu aperfeiçoamento podem trazer resultados positivos aos agricultores familiares e à comunidade local.
Cristiane Tonezer, Clarete Trzcinski, Carlos Eduardo Arns
PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Volume 10; doi:10.18468/pracs.2017v10n2.p51-64

Abstract:A modernização agrícola, ocorrido a partir das décadas de 60 e 70 no Brasil, embora tenham logrado êxito no campo produtivo e econômico, gerou uma série de problemas, dentre eles o aumento da desigualdade social e degradação ambiental. Este artigo tem como objetivo analisar as realidades rurais do município de Águas de Chapecó e os impactos da modernização agrícola nestes espaços. Trata-se de um estudo do tipo qualitativo. Os instrumentos utilizados na geração de dados foram baseados em fontes bibliográfica, dados sociodemográficos do IBGE (2000, 2010) e por um relatório elaborado no ano de 2015 pelo Programa de Apoio a Processos Participativos de Desenvolvimento Local (PAPEL) da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ). Dentre os resultado observou-se que, apesar de ser uma alternativa para os agricultores, o processo de integração agroindustrial ocorrido no município de Águas de Chapecó gerou uma série de consequências negativas, dentre elas destacando-se a desvalorização do preço dos produtos agrícola devido ao aumento da oferta, dependência financeira dos agricultores em relação empresas integradoras e as agências de crédito, aumento do êxodo rural e da degradação ambiental e perda da diversidade e identidade produtiva.
Leiliane Penafort Da Silva, Ananias Costa Oliveira, Luis De Jesus Pereira, Cláudio Marcio Campos De Mendonça
PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Volume 10; doi:10.18468/pracs.2017v10n2.p79-95

Abstract:O objetivo deste artigo é investigar a participação no planejamento estratégico como fator de satisfação e influência no clima organizacional. O universo amostral é a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas - PROGEP, da Universidade Federal do Amapá – UNIFAP. Quanto à abordagem do problema, esta pesquisa se caracteriza como qualitativa e quantitativa, e do ponto de vista dos seus objetivos é classificada de tipo exploratória e descritiva. A coleta de dados foi realizada por meio de questionário com 22 servidores e entrevistas com 3 gestores, correspondendo a uma parcela de 69% de seu público-alvo. O resultado geral da pesquisa indicou um nível de 86% de satisfação dos servidores, evidenciando que envolver as pessoas nas decisões e na construção de instrumentos estratégicos da instituição contribuiu para fomentar a gestão participativa e melhorar o clima organizacional entre os envolvidos.
Jawdat Abu-El-Haj, Alexandre Gomes Galindo
PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Volume 10; doi:10.18468/pracs.2017v10n2.p97-121

Abstract:Este artigo apresenta o resultado do estudo, envolvendo análise documental, entrevistas e observação participante, sobre dinâmicas de participação da sociedade no processo de elaboração/execução do planejamento de Macapá (capital do estado do Amapá), através de um desenho institucional de gestão compartilhada proposto pelo governo que assumiu a administração pública de 2013 a 2016. Evidenciou-se que a criação do Estado do Amapá, em 1988, impulsionou processos de transformação espacial, social, econômica e política, com renovação das elites locais, constatando-se que, em 2013, ocorreram os maiores esforços de mobilização para elaboração compartilhada do planejamento municipal e de alocação de recursos em programas de gestão participativa. O respectivo governo implantou experiências participativas com denominações variadas como “O Povo no Comando”, “Congresso do Povo” e “Prefeitura na sua Rua”, alterando a abordagem de relacionamento com a sociedade a partir da segunda metade de seu mandato, gerando avanços e empoderamentos, apresentando conflitos, limitações e desafios.
Camila Risso Sales, Paulo Gustavo Pellegrino Correa, Daniel Chaves
PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Volume 10; doi:10.18468/pracs.2017v10n2.p161-164

Abstract:Entrevista com o Prof. Dr. João Roberto Martins Filho
Ingeborg Anni Rulf Cofré, Christian Luiz Da Silva
PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Volume 10; doi:10.18468/pracs.2017v10n2.p25-37

Abstract:Este artigo busca analisar a discussão teórica em torno dos estudos de políticas públicas, especialmente àquela referente à fase de implementação do ciclo de políticas públicas a fim de compreender o processo de implementação das recentes políticas de combate à pobreza e extrema pobreza no Município de Curitiba. Para tanto, desenvolveu-se pesquisa descritiva e explicativa de base qualitativa, por meio de pesquisa bibliográfica, documentos oficiais, observação participante e entrevistas semi-estruturadas. Verificou-se que as políticas implementadas no Município dialogam com ambas as perspectivas top-down e bottom-up de implementação de políticas públicas, aproximando-se dos dois processos distintos de implementação, o processo de macro-implementação e de micro-implementação.
Simone Diniz
PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Volume 10; doi:10.18468/pracs.2017v10n2.p157-160

Abstract:Resenha de: EDWARDS III, George C. Predicting the presidency: the potential of persuasive ­leadership. Princeton: Princeton University Press, 2016. 255p.
Pascoal José Marion Filho, Lauana Rossetto Lazaretti, Patricia Batistella, Felipe Orsolin Teixeira
PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Volume 10; doi:10.18468/pracs.2017v10n2.p09-24

Abstract:O tema transição demográfica vem se destacando nos debates acadêmicos e políticos por induzir a mudanças estruturais e levar ao redirecionamento de demandas da sociedade. O processo vem ocorrendo de maneira acelerada e heterogênea entre as regiões e dentro delas. O objetivo da pesquisa é identificar as similaridades na transição demográfica entre os estados brasileiros e agrupa-los pelas suas características socioeconômicas, nos anos de 2000 e 2010. Utiliza-se o método de análise fatorial para identificar os fatores comuns associados ao grau de relação, a técnica multivariada de cluster para agrupar os estados brasileiros e uma análise de discriminante para verificar quais variáveis possuem maior peso para a formação dos agrupamentos. Os dados utilizados são do IBGE (2016), DATASUS (2016) e PNUD (2016). Os resultados mostram que o processo da transição demográfica não é neutro, pois há relação entre as mudanças demográficas, econômicas e sociais, e que alguns estados brasileiros apresentam similaridades e características distintas no processo em 2000 e 2010, o que possibilita formar clusters de acordo com cada fase. Verifica-se também que nas regiões Sul e Sudeste a transição demográfica está em fase mais adiantada, e segue avançando para os demais estados brasileiros.
Daniel Chaves, Vitor Hugo Santis Costa
PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Volume 10; doi:10.18468/pracs.2017v10n2.p65-78

Abstract:Este texto pretende, em um panorama conciso porém abrangente e aberto, apresentar a experiência da gestão da propriedade intelectual na Universidade Federal do Amapá, por meio do seu Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia (NITT/Unifap), ao longo de um período recortado de 18 meses de atuação. A ênfase se dará sobre como prospectou-se, em termos institucionais, uma estratégia de arranque acadêmico na direção da ampliação dos canais de registro da propriedade intelectual, por um lado, e por outro, no sentido dos caminhos futuros os quais tal Núcleo pode, como agência de desenvolvimento, articular ações pró-Inovação e Transferência de Tecnologia e Conhecimento de forma ainda mais intensa, atualizando-se perante novas normativas legais.
Mariana Davi Ferreira, Jaime Cesar Coelho
PRACS: Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP, Volume 10; doi:10.18468/pracs.2017v10n2.p123-146

Abstract:O presente artigo objetiva analisar o cenário no qual emergem as transformações políticas e econômicas que marcam a América Latina no limiar do século XXI, a partir de movimentações que apontam para a busca por maior autonomia frente à condição de dependência estrutural que demarca a região. Neste sentido, compreendemos tais processos de busca de autonomia como respostas às experiências neoliberais dos anos 1990. Partimos do quadro analítico-conceitual da Teoria Marxista da Dependência (TMD) para apreensão dos determinantes estruturais da dependência latino-americana e dos condicionantes conjunturais que possibilitaram uma maior autonomia a essas economias dependentes, resultando nas atuais experiências alternativas em curso na região. Tomando estes aspectos como referenciais, primeiramente realizamos uma discussão acerca da necessidade do reconhecimento da contribuição da TMD no campo da Economia Política Internacional, para a análise da realidade latino-americana. Em seguida, retomamos algumas categorias da TMD que apontam para o papel que a América Latina cumpre no processo de acumulação capitalista. Logo, estabelecemos uma interlocução entre os determinantes estruturais da dependência latino-americana e as alterações advindas do processo de financeirização, que origina uma nova fase histórica da dependência. Por fim, indicamos os aspectos conjunturais que possibilitaram a ascensão de experiências alternativas em alguns países da América Latina, tendo como foco de trabalho o conceito de autonomia das economias periféricas sobre os condicionantes estruturais da dependência.
Page of 6
Articles per Page
by

Refine Search

Authors

New Search

Advanced search