Journal Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science

-
278 articles
Page of 28
Articles per Page
by
Sara Albuquerque
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Volume 7; doi:10.21664/2238-8869.2018v7i1.p124-141

Abstract:Balata or bullet tree of Guiana was known as one of the finest forest trees of British Guiana. This paper is based on reports from the 19th and 20th centuries (mainly from George Jenman and Everard im Thurn), publications, newspapers, and correspondence on British Guiana’s balata, a rubber-like material. These references were cross-referenced with objects related to balata that are now preserved at the collection of Economic Botany, Royal Botanic Gardens, Kew, as well as with contemporary reports from Guyanese Amerindian. By doing this, a more precise image of this less known rubber material from Guyana came forth, as well as the issues and histories behind it, namely the cross-cultural encounters, the objects significance and their context, and how the colony was managed. Despite the fact that balata was seen, during the last years of the 19th century, as an alternative commodity and a possible answer to the sugar crisis, not much was done to improve its trade.
Ananda Helena Nunes Cunha, Eliana Paula Fernandes Brasil, Rafael Batista Ferreira
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Volume 7; doi:10.21664/2238-8869.2018v7i1.p341-347

Abstract:Objetivo deste estudo foi aferir o crescimento de mudas de aroeira produzidas com vermicomposto de lodo de curtume destinadas a recuperação de áreas degradadas no Cerrado. Foi realizado experimento em delineamento Inteiramente Casualizado 4x3+testemunha com 3 repetições, sendo quatro tipos de vermicomposto (V1- 25% L1 + 75% C2; V2- 50% L1 + 50% C2; V3- 25% L2 + 75% C2; e V4- 50% L2 + 50% C2) e 3 doses de aplicação (D1- 5g; D2- 15g; e D3- 30g). A altura e o diâmetro do coleto das plantas foram realizados aos 30 e 60 dias após a semeadura. A dose 1 dos três vermicompostos (V1, V2 e V3) foram melhores que as demais doses para os 30 DAS. A melhor dose utilizada deve ser a de 5 g. Na obtenção de plantas maiores na produção de mudas florestais, podem ser utilizadas menores doses de vermicomposto de lodo de curtume.
Thomaz Figueiredo Lobo, Fernando Carvalho Oliveira, Bruna Tavares Morgado, Marcos Vinicius Bohrer Monteiro Siqueira
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Volume 7; doi:10.21664/2238-8869.2018v7i1.p326-340

Abstract:Tibouchina granulosa (Quaresmeira) é utilizada em projetos de reflorestamento devido ao seu crescimento rápido. Para garantir melhores resultados, alternativas viáveis como o lodo de esgoto vêm sendo procurada, pois oferece qualidade às mudas, além disso, contribui para o ambiente por ser uma substância reutilizada. Avaliamos aqui os efeitos do substrato com lodo de esgoto. No delineamento experimental foram utilizados 5 tratamentos com diferentes misturas de substratos de lodo de esgoto compostado e comerciais e 4 repetições. A irrigação foi realizada 3 vezes ao dia, por período de 2,5 minutos. Os resultados revelaram que os melhores tratamentos em altura foram 75% LC + 25% SC, 50% LC + 50% SCe 25% LC + 75% BSC para o diâmetro do coleto foram 75% LC + 25% SCe 50% LC + 50% SCe na avaliação nutricional 75% LC + 25% SC. Para a produção de mudas de T. granulosa é recomendado a utilização da combinação de lodo de esgoto e substrato comercial.
Ana Margarida Dias Da Silva, António Carmo Gouveia
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Volume 7; doi:10.21664/2238-8869.2018v7i1.p84-123

Abstract:Em 1880 Júlio Augusto Henriques, diretor do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (UC) (1873-1918), funda a Sociedade Broteriana, cujo fim era o estudo da flora portuguesa, e em 1883 cria o Boletim da Sociedade Broteriana, que divulgava as pesquisas realizadas no Jardim e Instituto Botânico da UC e artigos de botânica de investigadores nacionais e estrangeiros. O objetivo principal deste trabalho é perceber que publicações periódicas científicas entraram nas permutas com a 1ª série do Boletim da Sociedade Broteriana (1883-1920) e contribuíram para a construção da biblioteca de botânica da UC. Das 301 publicações periódicas entradas por permuta, 79% eram revistas estrangeiras. Conclui-se que o sistema de permutas com outras revistas da especialidade, nacionais e estrangeiras, foi preponderante para o crescimento da biblioteca de botânica e para a atualização científica dos temas botânicos na Universidade de Coimbra.
Wesley Oliveira Kettle
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Volume 7; doi:10.21664/2238-8869.2018v7i1.p58-83

Abstract:As monarquias ibéricas, a partir da assinatura do Tratado de Madri em 1750, contrataram e enviaram para a Amazônia homens de ciência capazes de realizar os trabalhos de demarcação dos limites entre as possessões de Espanha e Portugal. Os relatos elaborados por eles se constituem como um importante conjunto documental para a história da ciência na Amazônia colonial. Dessas fontes, selecionamos os trabalhos de Ignácio Szentmartonyi e João Ângelo Brunelli, astrônomos membros da Comissão Demarcadora, para analisarmos como esses personagens descreveram a natureza utilizando à linguagem científica, participando da rede de informações sobre os territórios de conquista do Império Ultramarino português.
João Guilherme Da Trindade Curado
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Volume 7; doi:10.21664/2238-8869.2018v7i1.p37-57

Abstract:Em 1819 dois viajantes europeus, o austríaco Johann Emanuel Pohl e o francês Auguste de Saint-Hilaire, passaram por Meia Ponte registrando observações sobre o antigo arraial. Disponibilizaram informações que compuseram as obras denominadas “Viagens”: relatórios oficiais que contemplam descrições acerca das inúmeras localidades visitadas no Brasil por eles. Objetiva-se investigar as relações entre a História, a Ciência e a Natureza meiaponteses tendo as narrativas dos viajantes mencionados como diretriz. Metodologicamente a análise bibliográfica envolve os dois viajantes e autores diversos que analisaram as duas obras referenciais, buscando análise comparativa entre Meia Ponte (1819) e Pirenópolis (2018).
Gerd Kohlhepp
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Volume 7; doi:10.21664/2238-8869.2018v7i1.p348-352

Abstract:As históricas da expansão das frentes pioneiras, sobretudo no Estado de São Paulo e no Norte do Paraná, bem como nas atuais fronteiras de ocupação na Amazônia, já haviam sido objeto de importantes estudos científicos. Agora, o historiador Sandro Dutra e Silva apresenta de forma expressiva um livro sobre a expansão da fronteira agrícola no Cerrado e na região de floresta tropical conhecida historicamente como “Mato Grosso de Goiás” no período dos anos 1930 até 1950. Sob o ponto de vista da história ambiental, as pesquisas analisam a ocupação da paisagem natural do Planalto Central e os diversos ciclos da expansão da fronteira agrícola nas três décadas antes da fundação de Brasília, capital federal do Brasil.
Marcos Vinicius Bohrer Monteiro Siqueira, Thiago Philipe De Camargo E Timo, Juliana De Paula-Souza, William Balée
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Volume 7; doi:10.21664/2238-8869.2018v7i1.p249-264

Abstract:Theoretical concepts of Historical Ecology were used to assess the traditional knowledge at one coastal region of São Paulo State, Pedro de Toledo Nucleus, at Serra do Mar State Park. Free listing exercises accessing semantic domains considered relevant to traditional knowledge were applied to local settlers. Forty-two interviews were carried out with adults (between 18 and 75 y.o.) regarding information on cultivated plants and trees that were part of the interviewees’ knowledge and data were analyzed through Smiths’ S, an index of data frequency. Results show that “cultivated plants” and “trees” are high psychological reality domains for that community. Methodological resources of cognitive anthropology which apply to the understanding of historical ecology showed to be high value multidisciplinary tools of easy and broad applicability on ecological studies.
Patrícia Dos Santos Mesquita, Melissa Volpato Curi, Marcel Bursztyn
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Volume 7; doi:10.21664/2238-8869.2018v7i1.p306-325

Abstract:A cidade de Brasília, localizada em um bioma em crescente processo de degradação, além de contribuir com a emissão de gases de efeito estufa, apresenta visíveis modificações ambientais devido às mudanças climáticas (MC). Nesse contexto, o artigo teve o objetivo de analisar a percepção de estudantes de graduação de diferentes áreas da Universidade de Brasília sobre as mudanças climáticas, de modo a se discutir a importância do ensino superior sobre as necessárias mudanças comportamentais e sociais em prol do meio ambiente. A aplicação de questionários (N=1526), estruturados em quatro conjuntos de questões (concepção sobre MC; conhecimentos climáticos; a UnB e a MC; e visões pessoais), permitiu a observação de que alunos de cursos multidisciplinares apresentaram maior conhecimento sobre a temática do clima, bem como sobre as causas antropogênicas das mudanças climáticas. A interdisciplinaridade é então discutida como um método de suma importância para uma melhor percepção dos estudantes sobre as mudanças ocorridas no ambiente e no clima, podendo impulsionar estratégias de mitigação e adaptação, e a consideração sobre o clima em contextos dentro e fora da universidade.
Robert W. Wilcox
Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science, Volume 7; doi:10.21664/2238-8869.2018v7i1.p229-248

Abstract:Beginning in the late nineteenth century a promising ranching sector developed on the Mato Grosso frontier with Paraguay. The most lucrative markets for cattle products were in neighboring Paraguay, Uruguay, and in the southeast of Brazil. For the most part markets were distant from the region of production, while fiscal revenues were always limited, hence the state attempted to impose its regulations and taxes as it could. Residents found their incomes were constrained at the best of times, and any “outside” impositions were simply obstacles to the prosperity of their communities and businesses. The result was that like similar regions across the globe cattle and cattle product smuggling became normal. The profits were significant enough that even local government officials were involved. The result was a long-running “battle” between the state and local producers to tap the potential promised by ranching that simultaneously promoted and inhibited the development of the region. This article explores these contradictory aspects of ranching settlement along the Brazil-Paraguay border.
Page of 28
Articles per Page
by

Refine Search

Authors

New Search

Advanced search