Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC)

Journal Information
ISSN / EISSN : 19818610 / 19818610
Total articles ≅ 413
Current Coverage
DOAJ
Archived in
SHERPA/ROMEO
Filter:

Latest articles in this journal

Arianne Raquel Axiole De Souza Câmara, Clayton Levy Lima De Melo, Andersol Luiz Rezende Mol, Magaly Aparecida Galvão Dantas De Melo
Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Volume 14; doi:10.17524/repec.v14i1.2474

Abstract:
Objetivo: analisar se o modelo de satisfação European Customer Satisfaction Index (ECSI) representa os determinantes da satisfação dos estudantes dos cursos de pós-graduação stricto sensu em Ciências Contábeis do Brasil. Método: Trata-se de uma pesquisa do tipo survey com estudantes dos 29 programas stricto sensu em Ciências Contábeis em funcionamento no ano de 2017 que são avaliados pela CAPES. Foram coletadas 331 respostas de 26 PPGs que, após o tratamento dos dados, resultaram em 311 dados válidos, alcançando cerca de 90% dos programas ativos. As análises dos dados foram desenvolvidas mediante utilização da Modelagem de Equações Estruturais. Resultados: O estudo atendeu aos critérios estatísticos para sua validação e com as reespecificações realizadas, o modelo conceitual de satisfação discente alcançou adequados índices de ajustamento de qualidade e se mostrou estável, e adequado diante da amostra estudada, explicando 96,6% da variação da lealdade e 80,6% da satisfação dos pós-graduandos. Contribuições: Almeja-se que, ao apresentar o modelo estrutural que retrata os determinantes da satisfação discente, contribuir para que os discentes vivam o aprendizado acadêmico com elevado grau de satisfação, obtenham um bom desempenho e que isso reflita em uma avaliação positiva para a instituição, bem como para área de ensino da Contabilidade.
Kleyverson Leonardo Dos Santos, Renan Bittencourt Guerra, Vagner Antônio Marques, Elizeu Maria Júnior
Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Volume 14; doi:10.17524/repec.v14i1.2432

Abstract:
Objetivo: Analisar a relação entre os Principais Assuntos de Auditoria (PAA´s) reportados e o nível de gerenciamento de resultados das empresas brasileiras. Método: A amostra de pesquisa foi composta por 96 empresas listadas no IBRX 100 cujos dados foram coletados na CVM – Comissão de Valores Mobiliários e na base de dados ComDinheiro, no período compreendido entre 2016 e 2017, utilizando estatística descritiva, testes de diferenças entre as médias e análise de regressão com dados em painel. Resultados: Os tipos de PAA´s predominantes foram: Recuperabilidade dos ativos, Contingências e Reconhecimento de receitas, respondendo, conjuntamente, nos anos de 2016 e 2017, por 58% e 66%, respectivamente. Observou-se uma associação positiva e significativa entre a quantidade de PAA´s e os accruals e receitas discricionárias e uma associação negativa e significativa entre a quantidade de PAA´s reportados e a proxy de gerenciamento de resultados pelas operações através das despesas discricionárias. Contribuições: Os resultados têm implicações no debate sobre o tema, afetando as práticas de contadores, auditores e reguladores, pois apresenta insigths relevantes sobre a associação entre a divulgação de PAA´s e as proxies de Gerenciamento de Resultados pelos accruals e pelas operações reais, evidenciando a importância da divulgação dos PAA´s como red flag para manipulação de dados contábeis.
Guilherme Cardoso, Dannie Carr Quirós, Guilherme Santos Souza, Kárem Cristina De Souza Ribeiro
Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Volume 14; doi:10.17524/repec.v14i1.2041

Abstract:
Objective: The inventory management faces a trade-off which affects firms in the relationship between whether maintaining high inventories and decreasing the probability of stock-outs or keeping inventory levels lower and applying the excess cash to other investments. Thus, this paper investigates the relationship between inventory management and performance. Method: The sample is comprised of non-financial Brazilian firms listed in the BM&FBovespa from 2010 to 2016, and due to inventory is not to be a relevant factor in the revenues of all the firms of the initial sample, it was applied a procedure to refine the sample through a simple linear regression to only comprise firms with a significant relationship between inventory and sales. To test the assumptions declared by the study, we used a quantitative approach based in a regression analysis. Results: The results indicate that the model which considers value added measurement of performance shows that there is no relationship between inventory and performance. However, a robustness check was done using the ROA to measure the performance and, in this scenario, there was a statistically inverted U-shaped relation between the profitability, the net trade cycle and its square. This means that a non-linear relationship between the variables were found, which follows the idea of an optimal level of inventory and performance. Contributions: To the best of the author’s knowledge, this is the first study that investigates an inflection point between inventory management and performance in Brazilian firms. The findings have relevant practical guidelines to the Brazilian firms and researchers in the analysis of the performance related to the net trade cycle, which it can be suggested that the Brazilian shareholders are not concerned about internal factors, as the inventory management, but if the firm is being managed profitable.
Deivson Vinicius Barroso, Sheizi Calheira De Freitas, José Sérgio Casé De Oliveira
Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Volume 14; doi:10.17524/repec.v14i1.2470

Abstract:
O objetivo do presente estudo foi verificar quais características das Instituições de Ensino Superior estão relacionadas à aprovação dos seus alunos de Contabilidade no Exame de Suficiência da Profissão. Método: Foram analisadas características institucionais de 741 instituições que tiveram ao menos dez estudantes realizando o Exame na 1ª e 2ª edições do ano de 2017. Para o tratamento dos dados foi utilizada a análise de Regressão Beta Inflacionada. Resultados: Os principais resultados da pesquisa mostram que características como: bom desempenho no ENADE, melhores avaliações no IGC, o fato do curso pertencer a uma universidade pública, estar localizado em capitais dos estados brasileiros, ser citado no Ranking Universitário da Folha e possuir programas de Pós-graduação em Contabilidade, possuem significância estatística e coeficiente positivo para explicar o desempenho das IES no Exame. Contribuições: A expansão de cursos de graduação em contabilidade no país não pode estar dissociada da obtenção do conhecimento mínimo necessário ao desenvolvimento da atividade profissional, portanto, a partir dos resultados encontrados pretende-se possibilitar que os gestores das IES conheçam quais atributos institucionais contribuem para o bom desempenho no Exame, propiciando a melhor gestão dos fatores passíveis de modificação, o que se espera resultar em melhoria da formação contábil.
Doutor Andson Braga De Aguiar, Ricardo Suave
Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Volume 14; doi:10.17524/repec.v14i1.2565

Abstract:
Criatividade representa fonte de vantagem competitiva para organizações e, por esse motivo, tem sido tema amplamente pesquisado em psicologia e administração (Speckbacher, 2017). Apesar da importância do tema, a ênfase predominante da pesquisa em contabilidade gerencial tem sido em examinar efeitos de sistemas de controle gerencial sobre desempenho dos indivíduos em tarefas rotineiras, ou seja, tarefas programáveis e repetítiveis (Brüggen, Feichter & Williamson, 2018). Apenas recentemente, a pesquisa em contabilidade gerencial começa a se preocupar com o efeito de controles gerenciais no desempenho em tarefas criativas as quais são de mais difícil previsibilidade e são não repetítiveis (Shields, 2015). No contexto brasileiro, em particular, estudos em contabilidade gerencial com ênfase em criatividade ainda são inexistentes. A importância em se entender o papel de controles gerenciais para estimular criatividade no ambiente de trabalho é permitir que sistemas de controle gerencial sejam desenhados de modo apropriado ao nível de criatividade desejado pelas organizações. O propósito deste editorial é oferecer uma visão geral da pesquisa sobre criatividade em contabilidade gerencial e discutir oportunidades para pesquisas futuras no contexto brasileiro. Em particular, pretende-se abordar às seguintes questões: Como criatividade tem sido definida e operacionalizada na pesquisa em contabilidade gerencial? Controle e criatividade representam objetivos conflitantes? Quais controles gerenciais são examinados para explicar criatividade? Quais oportunidades de pesquisa existem sobre o tema no Brasil? A discussão em torno dessas questões é feita a partir de pesquisadores que têm dedicado particular atenção ao tema de criatividade, tais como, Michael Williamson, Isabela Grabner e Gerhard Speckbacher, em contabilidade gerencial, e Teresa Amabile e Robert Eisenberger, em psicologia e gestão.
Luis Paulo Guimarães Dos Santos, Sheizi Calheira Freitas, José Maria Dias Filho
Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Volume 14; doi:10.17524/repec.v14i1.2479

Abstract:
Objetivo: o estudo procurar verificar se a compreensão do conceito de lucro e valor manifestada pelos indivíduos está associada ao nível de aprendizado formal de contabilidade. Metodologia: A pesquisa consiste em um estudo de comparação de grupos, mediante a qual foram analisadas três amostras de sujeitos com diferentes níveis de aprendizado em contabilidade. Através de um modelo logístico, investigou-se ainda outros fatores que podem influenciar no entendimento subjacente ao conceito de lucro. Resultados e contribuições: os resultados sugerem que não existe relação significativa entre a compreensão do conceito de lucro e o nível de aprendizado formal de contabilidade. Entretanto, observou-se que o fato de o sujeito pertencer ao gênero feminino pode exercer influência na maneira como o lucro é compreendido. Esses achados contribuem para a compreensão de como o processo formal de ensino está relacionado ao aprendizado de conceitos contábeis fundamentais e podem ser pode úteis para orientar estratégias de ensino e até mesmo os projetos político-pedagógico dos cursos de Ciências Contábeis.
Kelmara Mendes Vieira, Daniela Pegoraro, Monize Sâmara Visentini
Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Volume 14; doi:10.17524/repec.v14i1.2375

Abstract:
Objetivo: Muito se avançou na construção de indicadores que analisam a transparência das instituições públicas e governos tendo como base os aspectos legais. Entretanto, ainda há uma carência de estudos que avaliem a transparência a partir da percepção dos atores sociais, ou seja, da sociedade para a qual os esforços de transparência são praticados. Assim, este trabalho propõe um instrumento de avaliação da transparência ativa e passiva em instituições de ensino, na percepção dos atores sociais. Método: A validação do modelo teórico proposto, aplicado com 1070 atores de uma instituição federal de ensino, foi conduzida a partir da utilização de técnicas para a análise da validade convergente e discriminante, da confiabilidade e da unidimensionalidade do instrumento. Resultado: Os resultados indicaram a adequação dos três construtos propostos (Gestão Institucional, Acesso à Informação e Transparência Passiva) e confirmaram as três hipóteses. Contribuições: Uma metodologia de aplicação e uma classificação são sugeridas, visando permitir que qualquer instituição de ensino possa avaliar a percepção de transparência Ativa e Passiva dos seus atores sociais.
Doutor Gerlando Augusto Sampaio Franco De Lima
Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Volume 14; doi:10.17524/repec.v14i1.2599

Cláudio De Araújo Wanderley
Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Volume 13; doi:10.17524/repec.v13i4.2397

Abstract:
This paper aims to theorise the complexities of the process of management accounting change from an institutional perspective. Institutional theory has been widely used to study management accounting change. However, the institutional literature on management accounting change is fragmented and disjointed, providing an unstructured picture of dynamics and outcomes of the process of management accounting change. This situation makes the task of explaining the complexity of management accounting change extremely difficult. In this paper we argue that the complexity of management accounting change comprises four key elements: (1) the internal and external pressures for change and the interplay between them; (2) the role of agency; (3) the idiosyncratic internal elements; and (4) the process of institutionalisation. Drawing on institutional theory and these four elements of management accounting change, we developed an integrated framework that is able to capture and examine the macro and micro level dynamics in management accounting change.
Karla Luisa Costa Sabino, Jacqueline Veneroso Alves Da Cunha, Romualdo Douglas Colauto, José Roberto De Souza Francisco
Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC), Volume 13; doi:10.17524/repec.v13i4.2382

Abstract:
Objetivo: Buscar evidências que permitam identificar a relação existente entre o desempenho acadêmico de alunos de graduação em ciências contábeis e sua percepção de justiça acadêmica, segregadas nas dimensões distributiva, procedimental e interacional. Método: Consiste em uma abordagem qualitativa e quantitativa, que teve como amostra 534 alunos de graduação de Ciências Contábeis de nove universidades federais mineiras. Para abordagem quantitativa foram aplicados questionários que buscaram captar a percepção de justiça em suas três dimensões (variáveis dependentes), o desempenho acadêmico (variável explicativa) e oito variáveis de controle. Para abordagem qualitativa foram realizadas entrevistas. Resultados: As análises quantitativas indicam que das nove variáveis testadas, apenas três variáveis se mostraram estatisticamente significativa: a variável gênero para a justiça procedimental, a variável turno para justiças procedimental e interacional e a variável reprovação para todas as três dimensões de justiça. Em termos qualitativos, os achados mostram que os alunos associam a justiça no ambiente de aprendizagem, de maneira geral, principalmente à figura do professor. Contribuições: O estudo contribui para a literatura no sentido de identificar como se dá o ambiente acadêmico pela ótica dos alunos, no que tange sua percepção de justiça, concluindo, que o relacionamento com o professor, influencia na sua percepção de justiça.
Back to Top Top