Revista Pesquisa e Debate em Educação

Journal Information
ISSN / EISSN : 2237-9436 / 2237-9444
Current Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (10.34019)
Total articles ≅ 35
Filter:

Latest articles in this journal

Ana Paula Alves, Vantoir Roberto Brancher
Revista Pesquisa e Debate em Educação, Volume 11, pp 1-20; doi:10.34019/2237-9444.2021.v11.31685

Abstract:
A Educação Profissional e Tecnológica (EPT) mobiliza um expressivo número de professores, caracterizados pelo saber técnico e científico, são eles: bacharéis e tecnólogos. Este estudo buscou compreender as representações docentes de professoras não licenciadas através de suas narrativas de formação. Foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa com a aplicação de entrevistas semiestruturadas, com sete professoras bacharéis e tecnólogas. Constatamos que as representações docentes permeiam a busca pelo conhecimento pedagógico, a experiência e a docência como espaço de conquista das mulheres.
Ivani Maria de Souza Gonçalves, Genilda Maria da Silva, Odair França de Carvalho
Revista Pesquisa e Debate em Educação, Volume 11, pp 1-16; doi:10.34019/2237-9444.2021.v11.31901

Abstract:
A interdisciplinaridade é uma proposta que visa a ruptura do ensino fragmentado. Assim, discute-se, que a reflexão sobre essa proposta, no contexto de ensino técnico, consiste em um processo de grande complexidade. Nesse sentido, objetiva-se compreender, como a interdisciplinaridade é desenvolvida e entendida pelos professores que atuam como docentes em uma escola técnica no município de Petrolina – PE. Dessa forma, destaca-se que estes debates se apoiam em Fazenda (2001 – 2008), Japiassu (1994), Morin (2015), na LDB/1996. Para tanto, realizou-se uma pesquisa qualitativa, a qual contou com a participação de quatro professores do curso de enfermagem, que responderam a um questionário aberto. Os dados revelam, que os professores fomentam a importância da interdisciplinaridade e a compreendem como possibilidade de ruptura de uma ação educativa fragmentada. Assim, conclui-se que, existe uma relação entre o ensino técnico e o fazer interdisciplinar dos docentes, que atuam com educação técnica no lócus de estudo.
Víviam Carvalho de Araújo, Núbia Aparecida Schaper Santos
Revista Pesquisa e Debate em Educação, Volume 11, pp 1-16; doi:10.34019/2237-9444.2021.v11.31547

Abstract:
O objetivo deste artigo é apresentar um levantamento bibliográfico acerca da produção acadêmica sobre o Programa Proinfância, considerando as publicações a partir de 2007, ano em que o Programa foi instituído, até o ano de 2017. Ao buscar compreender as concepções que atravessam a implementação de um programa que faz parte de uma política mais ampla no campo da educação, foi preciso dimensionar os aspectos que constituem o modelo federado em nosso país. Realizar um mapeamento da produção teórica da situação do Proinfância possibilitou conhecer como esse programa repercute diante da realidade brasileira, que tem características muito próprias em relação à sua organização social.
Anderson Do Espírito Santo da Silva,
Revista Pesquisa e Debate em Educação, Volume 11, pp 1-19; doi:10.34019/2237-9444.2021.v11.31691

Abstract:
O presente trabalho, realizado em período de pré-pandemia do COVID-19, aborda a modalidade Educação a Distância, de modo a enfatizar a sua qualidade de ensino. Para tanto, a referência utilizada para observar esse aspecto é a análise das respostas de 95 professores, de distintas redes de atuação, os quais, por meio de questionário, responderam a questionamentos pertinentes ao uso e à influência dessa modalidade de ensino em suas rotinas pedagógicas. A referida pesquisa tem como base epistemológica, para tal finalidade, a abordagem cartesiana-quantitativa para se fazer o levantamento de dados, e, por meio da análise estatística, entender essa incidência investigatória. A proposta do presente estudo objetiva, além disso, trazer à tona a influência da tecnologia na educação de forma geral, visando, por meio desta, ampliar um diálogo integrador e estável com todos os pesquisadores interessados na área.
Adriana Nunes Zandonadi, Júlio César Zandonadi,
Revista Pesquisa e Debate em Educação, Volume 11, pp 1-16; doi:10.34019/2237-9444.2021.v11.31849

Abstract:
O artigo discute a relação entre TDIC, empoderamento e formação de professores mediante pesquisa exploratória de quatro programas federais voltados à promoção da inclusão digital: Banda Larga nas Escolas, PROINFO-Integrado, Portal do Professor, TV Escola. Buscou-se uma abordagem metodológica dialética, com o intuito de identificar convergências e divergências, limites e possibilidades, permanências e rupturas desses programas em tela, com vistas a aprofundar a discussão sobre inclusão digital e formação de professores. Os resultados sinalizam que, apesar das históricas dificuldades dos programas investigados, eles contribuem parcialmente para o empoderamento de estudantes e professores das escolas públicas brasileiras, na medida em que concorrem para inclusão digital destes atores sociais. A promoção de políticas públicas de inclusão digital nas escolas é fundamental, desde que tais políticas estejam imbricadas ao projeto pedagógico das escolas e que a formação de professores assuma centralidade nesse processo.
Vívian Helene Diniz Araújo, Juliana Cristina Tristão, Leandro Jose dos Santos
Revista Pesquisa e Debate em Educação, Volume 11, pp 1-23; doi:10.34019/2237-9444.2021.v11.31604

Abstract:
Neste trabalho foi utilizado uma sequência didática investigativa para contribuir na significação de conteúdos e na reflexão das dificuldades de inserção de conceitos de Química no ensino de Ciências. A sequência foi aplicada em turmas do 6o ano do Ensino Fundamental, abordando o tema “Água". A análise qualitativa, de natureza interpretativa, foi utilizada para abordagem metodológica. Serão apresentadas as observações, o planejamento e os resultados da aplicação da sequência. As atividades realizadas contribuíram para uma maior compreensão e significação dos conceitos trabalhados.
Priscila Daniele de Oliveira, Jacks Richard de Paulo
Revista Pesquisa e Debate em Educação, Volume 11, pp 1-12; doi:10.34019/2237-9444.2021.v11.31618

Abstract:
O presente artigo apresenta reflexões a respeito da necessidade de abordar os conceitos geográficos de forma significativa ao promover os ensinamentos para crianças. Nesse sentido, o objetivo principal desta investigação consistiu em refletir sobre as contribuições para a aprendizagem de crianças ao se abordar os conceitos geográficos vinculados as Histórias em Quadrinhos. Para tal, nessa pesquisa de cunho eminentemente qualitativo, apoiou-se nos preceitos da pesquisa colaborativa e da pesquisa-ação. Os dados da investigação evidenciaram que as Histórias em Quadrinhos escolhidas e trabalhadas possibilitaram a aprendizagem significativa dos fatos e fenômenos geográficos pelas crianças, representando uma estratégia facilitadora para abordar conceitos geográficos que fazem parte das relações cotidianas dos alunos, demonstrando suas contribuições para o processo de ensino, de aprendizagem e de produção de conhecimento.
Olavo Leopoldino Da Silva Filho, , Antony Marco Mota Polito, André Luís Miranda de Barcellos Coelho
Revista Pesquisa e Debate em Educação, Volume 11, pp 1-33; doi:10.34019/2237-9444.2021.v11.32564

Abstract:
Na literatura brasileira relacionada com aplicações didáticas em ciências, frequentemente se verifica que os fundamentos teóricos alegadamente empregados são escolhidos exclusivamente dentre teorias psicológicas de aprendizagem, sem, contudo, que elas sejam utilizadas com a devida propriedade. É possível que esse fenômeno seja uma consequência de um fato evidente: teorias psicológicas estão muito distantes da prática de sala de aula, pois elas foram desenvolvidas para cumprir uma função descritiva e não normativa. Neste trabalho, revisamos esse problema, defendendo a tese de que teorias psicológicas de aprendizagem jamais devem ser utilizadas fora do contexto de alguma teoria da educação, de modo que os fundamentos normativos sejam providos e a conexão com o contexto prático seja alcançada. Como exemplo, construímos uma relação entre a teoria de aprendizagem de David Ausubel e a teoria de educação de Matthew Lipman, mostrando como sua mútua articulação permite alcançar um referencial teórico mais eficiente. Analisamos, por fim, a importância da dimensão psicométrica como concretizadora do nexo entre uma teoria educacional e a(s) teoria(s) psicológica(s) de fundo.
Francisco Reginaldo Linhares, Letícia Bezerra França, Maria Da Conceição Costa
Revista Pesquisa e Debate em Educação, Volume 10, pp 1259-1273; doi:10.34019/2237-9444.2020.v10.31724

Abstract:
Neste trabalho relatam-se experiências durante o desenvolvimento de uma pesquisa que objetivou identificar concepções e práticas docentes com registros da avaliação da aprendizagem, qual a periodicidade em que são elaborados e que instrumentos avaliativos são utilizados. De cunho qualitativo, desenvolveram-se estudos bibliográficos, pesquisa documental, trabalhos de campo através de encontros com docentes e equipe pedagógica que atuam nos anos iniciais do Ensino Fundamental, de escolas municipais do estado do Rio Grande do Norte. Ao final deste trabalho, evidenciaram-se apontamentos acerca das concepções e práticas avaliativas com os registros da avaliação da aprendizagem discente, apontando para a necessidade de formas coletivas de avaliação, respeitando as especificidades dos alunos.
Felipe Pereira De Melo, Fabrício Ricardo Tomaz Bernardelli, Bruna Hernandes Scarabelli, Fernanda Crocetta Schraiber, Luis Augusto Sautchuk Marchi, Arthur Gualberto Bacelar Da Cruz Urpia
Revista Pesquisa e Debate em Educação, Volume 10, pp 1383-1395; doi:10.34019/2237-9444.2020.v10.31437

Abstract:
As constantes transformações no cenário social, proporcionaram um grande acúmulo de conhecimentos e informações por parte dos indivíduos, não se trata apenas de possuir a informação, mas saber de que forma torná-la valor e potencializar em oportunidades. Assim sendo, utilizar os recursos tecnológicos disponíveis para o compartilhamento do conhecimento torna-se essencial para a ampliação do conhecimento como um todo, diante da perspectiva de que a troca de conhecimentos gera crescimento. Diante disso, o objetivo geral deste trabalho é analisar o processo de compartilhamento do conhecimento por intermédio de vídeos em uma turma de Pós-graduação stricto sensu de uma Instituição de Ensino Superior (IES) do norte do Paraná. Para tal, do ponto de vista metodológico, esta pesquisa aplicada se enquadra, quanto ao procedimento, como um estudo de caso. Como principal resultado, observa-se que, com base nas análises das interpretações pessoais dos integrantes do grupo de trabalho utilizado na pesquisa, o exercício das práticas de compartilhamento da Gestão do Conhecimento empregados na preparação e elaboração dos vídeos resumos facilitaram no processo de aprendizagem de forma a garantir que o conhecimento transpassasse muito além do que estava apenas nos textos, trazendo ricas contribuições advindas das experiências e das discussões, gerindo o conhecimento por meio da Gestão do Conhecimento e proporcionando a transformação do conhecimento tácito em explícito.
Back to Top Top