Revista Insignare Scientia - RIS

Journal Information
EISSN : 2595-4520
Published by: Universidade Federal da Fronteira Sul (10.36661)
Total articles ≅ 490
Current Coverage
DOAJ
Filter:

Latest articles in this journal

Celestina Cruz Pedroni Fonseca, Simone Munafó Tostes Gonçalves, João Batista Dos Santos Jr
Revista Insignare Scientia - Ris, Volume 5, pp 226-242; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2022v5n3.12742

Abstract:
Nesta investigação apresentamos os resultados de como a colaboração favorece o desenvolvimento profissional de um grupo de professoras dos anos iniciais de uma escola pública que se propuseram a implementar a alfabetização científica em suas aulas. As docentes se reuniram virtualmente em função da pandemia com o objetivo de discutir e propor soluções para trabalharem a alfabetização científica. Neste processo, emergiram questões que se relacionavam com a sua formação inicial, sua identidade profissional e a suas respectivas práticas pedagógicas, entre outros aspectos. O grupo colaborativo mostrou-se efetivo para fomentar novas aprendizagens e visões fundamentais para o processo de desenvolvimento profissional. Tentou-se localizar quais elementos deste processo forma mais valorizados pelas professoras. Neste sentido utilizamos um modelo analítico que relaciona o desenvolvimento profissional com reflexões alinhadas a oito contextos formativos que, por sua vez, dialogam com a academia, a escola e a sociedade. Nossos achados apontam que tais reflexões foram favorecidas em função do engajamento das professoras na cultura colaborativa.
Manoel Leão Lopes Júnior, Solange Barbosa Quaresma, Hellen Do Socorro De Araújo Silva, Gabriel Dante da Silva Monteiro, Railda Neyva Moreira Araújo, Lourivaldo Da Silva Santos
Revista Insignare Scientia - Ris, Volume 5, pp 23-48; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2022v5n3.12383

Abstract:
O presente trabalho busca analisar, debater e traçar metodologias que visam contribuir para o processo de ensino e aprendizagem em sala de aula. Dessa forma, a pesquisa foi realizada nos meses de agosto de 2018 a julho de 2019, com análises qualitativas e pesquisa-ação, em que, no primeiro momento, foi realizado o levantamento do quantitativo de alunos surdos em 12 escolas do município de Igarapé Miri, pesquisas bibliográficas para a fundamentação teórica, aplicação de questionários, elaboração de materiais pedagógicos, atividades experimentais e jogo lúdico. Através dos resultados obtidos, foi identificado o aumento do índice de evasão escolar de alunos surdos nas escolas do campo e da cidade, devido à falta de acessibilidade, cuidador, laudo médico ou até mesmo do apoio do Departamento Pedagógico da Secretaria Municipal de Educação. A elaboração de recursos pedagógicos juntamente com os sinais científicos da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) proporcionou momentos de afetividade e maior compreensão dos conteúdos científicos em sala de aula. Desta forma, as falas dos entrevistados, no que diz respeito às práticas apresentadas, relataram que as atividades realizadas auxiliaram de forma significativa e melhoraram o entendimento dos alunos em relação à disciplina de química, proporcionando a inclusão dos alunos deficientes no meio escolar.
Cristiana Maria dos Santos Silva, ,
Revista Insignare Scientia - Ris, Volume 5, pp 243-263; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2022v5n3.12664

Abstract:
Este artigo tem como objetivo compreender as potencialidades da utilização de simulações computacionais, descrevendo características apontadas a partir da análise de produções científicas que despertem o interesse do aluno e facilite o processo de aprendizagem no ensino de Física. Para tanto, foi utilizada uma metodologia fundamentada em uma Revisão Sistemática de Literatura (RSL), com abordagem qualitativa descritiva, a partir da leitura e consultas em artigos, dissertações e trabalhos publicados em anais de congressos. A coleta de dados foi realizada através do Portal Periódicos da CAPES e Google Acadêmico. O período de busca foi de 2015 a 2021. Para filtrar as pesquisas, foram utilizadas palavras-chave como: “Simulações computacionais - Ensino de Física” (145); “ Simulações computacionais “PhET - Ensino de Física” (05) e “Tinkercad - Ensino de Física” (47). Foi possível identificar 197 trabalhos iniciais, somente 19 representaram uma amostra significativa, porém apenas 10 publicações objetivaram mapear as intenções pedagógicas da pesquisa com trabalhos publicados dos últimos cinco anos. Conclui-se que as simulações virtuais podem ser uma alternativa para respeitar o ritmo de aprendizagem dos alunos, permitindo que estes consigam um feedback rápido e que possam avançar no processo de aprendizagem de acordo com o desenvolvimento das suas competências e habilidades.
Gabriela Peccin De Oliveira,
Revista Insignare Scientia - Ris, Volume 5, pp 192-211; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2022v5n3.12662

Abstract:
Esta pesquisa teve como objetivo inicial analisar o que tem sido publicado sobre o ser professor de Ciências/Química no contexto por meio de uma revisão em artigos de periódicos de Ensino/Educação no período de 2017 a 2020. A pesquisa de caráter qualitativo teve a análise dos dados realizada com base nos procedimentos da análise de conteúdo. Os resultados apontam para a necessidade de investimento em qualificação e capacitação dos educadores tanto na formação inicial, como também, na formação continuada, visto que a principal dificuldade delineada pelos professores é o pouco conhecimento prévio ofertado nas instituições de ensino sobre a educação inclusiva. Desta maneira, sugere-se que a partir desse olhar, será possível criar condições favoráveis à aprendizagem e ao desenvolvimento dos estudantes com ou sem dificuldades de ensino num ambiente escolar inclusivo. Além disso, observou-se que o tema do ser professor inclusivo na área de Ciências/Química necessita maior dedicação em estudos que representem reflexões sobre esse contexto, uma vez que não foi identificada nenhuma publicação nesta área nas revistas selecionadas.
Marllon Moreti De Souza Rosa, Ana Luíza Ávila, , Marina Battistetti Festozo
Revista Insignare Scientia - Ris, Volume 5, pp 329-349; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2022v5n3.12665

Abstract:
O presente trabalho tem como objetivo analisar o curta-metragem A Ilha das Flores (1989) de Jorge Furtado, buscando identificar potencialidades da obra para o desenvolvimento de uma prática de Educação Ambiental em diálogo com a História e a Filosofia da Ciência (HFC). Para atingir tal objetivo foi desenvolvida uma análise fílmica qualitativa. Após análise, percebemos que o curta apresenta potencialidades para uma Educação Ambiental Crítica em diálogo com a HFC, uma vez que apresenta não só a questão ambiental, mas também elementos históricos, filosóficos, culturais e sociais. Entendemos que a forma com que o ser humano age sobre o ambiente tem relação com sua Visão de Natureza, sendo que a principal visão no curta é a concepção mecanicista cartesiana, consequente do avanço capitalista. Apesar da concepção cartesiana ser predominante, é possível discutir diferentes visões que surgiram ao longo da história, rompendo com a ideia de uma suposta inexorabilidade da realidade. Portanto, para uma análise crítica da questão ambiental, é importante compreender as relações sociais que permeiam os discursos e, a HFC auxilia nessa compreensão, oferecendo instrumentais teórico-metodológicos para tal.
Marília Marinho Ariston, Alessandra Alexandrino Aquino, Gilberto Dantas Saraiva, Antônio Joel Ramiro de Castro, Maria Sônia Silva De Oliveira Veloso
Revista Insignare Scientia - Ris, Volume 5, pp 105-124; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2022v5n3.12659

Abstract:
O uso de smartphones como ferramentas experimentais oferecem uma versatilidade inspiradora para o Ensino de Física. Isso porque os sensores desses aparelhos fornecem várias possibilidades de medições. Com o objetivo de ratificar o uso de smartphones como ferramenta aliada ao processo de ensino e aprendizagem nas aulas de Física, o trabalho consistiu no compartilhamento de uma experiência de uso de smartphones durante aulas de Física do Ensino médio, realizada com alunos de uma escola pública do Ceará. A metodologia consistiu inicialmente numa pesquisa sobre sensores que podem ser aplicados para medir grandezas físicas, seleção de experimentos, realização dos experimentos durante as aulas e análise dos resultados. A partir dos dados obtidos, foi possível observar que o uso do smartphone foi eficaz na simulação de experimentos, proporcionou uma participação ativa dos alunos e medidas que trouxeram uma maior convergência entre a teoria estudada e o cotidiano do aluno. Palavras-chave: Práticas Laboratoriais. Experimentos de Física. Smartphones. Sensores.
Deyla Paula de Oliveira, Beatriz De Souza Fernandes, Débora Dos Santos Pereira, Michele Ribeiro Ramos, Eder Caglioni
Revista Insignare Scientia - Ris, Volume 5, pp 212-225; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2022v5n3.12827

Abstract:
Este estudo objetivou relatar a opinião de estudantes de Licenciatura em Ciências Biológicas de uma universidade pública brasileira acerca do ensino-aprendizagem de Embriologia no Ensino Médio e no Ensino Remoto Emergencial (ERE) em decorrência da pandemia da COVID-19. A partir dos relatos dos estudantes, constatou-se que o ensino-aprendizagem dos estudantes, tanto no Ensino Médio quanto no ERE, apresentou algumas problemáticas, como a falta de infraestrutura, tempo de aula, recursos didáticos adotados e ausência de aulas práticas. Dessa forma, recomenda-se que os professores adotem novas metodologias e usem recursos didáticos alternativos para o ensino de Embriologia, o que facilitará o ensino-aprendizagem dessa área do conhecimento, tanto no Ensino Médio quanto no Ensino Superior.
Anderson Claiton Ferraz, Jean Louis Landim Vilela, Alex Paubel Junger, Mauro Sérgio Teixeira de Araújo
Revista Insignare Scientia - Ris, Volume 5, pp 264-287; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2022v5n3.12522

Abstract:
O objetivo principal desta pesquisa, de cunho qualitativo, realizada em uma escola pública do interior do Estado de Minas Gerais, foi investigar como a Educação Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) contribuirá para o desenvolvimento dos alunos portadores do TDAH que estão inseridos nas salas de aula regulares da Educação Básica. Como aporte teórico, utilizou-se dos teóricos da Educação (CTS). Participaram da pesquisa 25 alunos do Ensino Fundamental e Médio. Foram elaboradas atividades de ensino, com duração de 45 minutos, durante as quais foram coletados os dados através de questionários abertos e fechados e de gravação em áudio. A análise de conteúdo de Bardin e os teóricos da Educação CTS foram utilizados para examinar os dados. Os resultados indicam que questões ligadas a Educação CTS é um caminho promissor para o maior desenvolvimento e participação dos alunos durante as aulas, na maioria das vezes os portadores do TDAH são pouco participativos, retraídos e não gostam de interagir. Por fim, entendemos e esperamos que atividades diferenciadas e que levam a maior participação do portador do TDAH poderá facilitar o trabalho do professor e proporcionará uma maior participação e interesse pelos assuntos abordados no decorrer das aulas.
Thiago Borges Pinto,
Revista Insignare Scientia - Ris, Volume 5, pp 125-143; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2022v5n3.12363

Abstract:
Este artigo tem como objetivo investigar as produções e a incidência de trabalhos na área de Ensino de Astronomia que perpassem ou utilizem como referência principal a teoria da aprendizagem significativa e os estudos do enfoque Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS). Para tanto, foi realizada uma pesquisa de cunho quali-quantitativo de caráter bibliográfico, comumente chamada de estado da arte ou estado de conhecimento, em três bases de referência no Ensino de Ciências e Ensino de Astronomia com um recorte temporal de dez anos (2010 a 2019). As bases consultadas foram a Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD), o Banco de Teses e Dissertação sobre Educação em Astronomia (BTDEA) e a Revista Latino-americana de Educação em Astronomia (RELEA). Foram selecionadas dezenove dissertações e oito artigos para análise teórica e metodológica mais profunda, o que resultou na composição de um quadro geral das pesquisas na área além de um enriquecimento teórico a partir do contato com as diversas práticas e contextos pedagógicos descritos. Percebe-se, porém, um número baixo de trabalhos que efetivam o cruzamento dos temas pesquisados. O que aponta a necessidade de novas pesquisas, principalmente na relação do Ensino de Astronomia com o enfoque Ciência, Tecnologia e Sociedade. Uma tentativa de suprir esta necessidade será a subsequente dissertação produzida a partir deste trabalho e novas pesquisas futuras.
Fernanda Monteiro Barbosa, , Leossandra Cabral De Luna
Revista Insignare Scientia - Ris, Volume 5, pp 369-391; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2022v5n3.12750

Abstract:
A presente pesquisa teve como objetivo relacionar os saberes populares de agricultores familiares, pais de alunos do 9º ano, a partir do tema gerador agrotóxicos, para a introdução do conteúdo substância e mistura. Tratou-se de um estudo qualitativo, caracterizado como pesquisa participante. Participaram do estudo, agricultores familiares e alunos do 9º ano de uma escola pública dos anos finais do Ensino Fundamental do município de Riachão do Bacamarte-PB. O instrumento para a coleta de dados foi um questionário composto por questões subjetivas. Os alunos participantes, além de responderem ao questionário, foram envolvidos durante a intervenção pedagógica em atividades coletivas, leitura, discussão de textos, resolução de problemas e pesquisas com os agricultores do município. Os dados foram analisados com base na análise de conteúdo proposta por Bardin (2011). O resultados mostraram avanço e um bom desempenho por parte dos estudantes, quanto à resolução de problemas com o assunto substância e mistura. Após a aplicação da proposta, observou-se também que os alunos perceberam as implicações sociais e ambientais provocadas pelo uso inadequado dos agrotóxicos e apresentaram maior compreensão sobre o tema, evidenciando a importância de introduzir questões socioambientais no Ensino de Química em uma perspectiva interdisciplinar. A presente pesquisa teve como objetivo relacionar os saberes populares de agricultores familiares, pais de alunos do 9º ano, a partir do tema gerador agrotóxicos, para a introdução do conteúdo substância e mistura. Tratou-se de um estudo qualitativo, caracterizado como pesquisa participante. Participaram do estudo, agricultores familiares e alunos do 9º ano de uma escola pública dos anos finais do Ensino Fundamental do município de Riachão do Bacamarte-PB. O instrumento para a coleta de dados foi um questionário composto por questões subjetivas. Os alunos participantes, além de responderem ao questionário, foram envolvidos durante a intervenção pedagógica em atividades coletivas, leitura, discussão de textos, resolução de problemas e pesquisas com os agricultores do município. Os dados foram analisados com base na análise de conteúdo proposta por Bardin (2011). O resultados mostraram avanço e um bom desempenho por parte dos estudantes, quanto à resolução de problemas com o assunto substância e mistura. Após a aplicação da proposta, observou-se também que os alunos perceberam as implicações sociais e ambientais provocadas pelo uso inadequado dos agrotóxicos e apresentaram maior compreensão sobre o tema, evidenciando a importância de introduzir questões socioambientais no Ensino de Química em uma perspectiva interdisciplinar.
Back to Top Top