Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática

Journal Information
EISSN : 2594-4673
Published by: Universidade Federal de Juiz de Fora (10.34019)
Total articles ≅ 40
Current Coverage
DOAJ
Filter:

Latest articles in this journal

Vanessa Neto, Weverton Ataide Pinheiro
Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, Volume 5; https://doi.org/10.34019/2594-4673.2021.v5.33216

Abstract:
Os livros didáticos, que ainda são uma das ferramentas mais utilizadas na sala de aula de matemática em todo o mundo, têm um impacto substancial na produção de subjetividades dos alunos. Nesse sentido, apesar das pesquisas mostrarem a necessidade de eliminação do preconceito de gênero nos livros didáticos de matemática, eles ainda reproduzem o retrato do que significa ser menina/mulher ou menino/homem na sociedade atual. Portanto, este estudo oferece uma comparação entre os dois livros didáticos de matemática do 6º ano mais utilizados no Brasil e nos Estados Unidos, a fim de desvelar as formas de apresentação das questões de gênero. Esta análise concluiu que os livros didáticos de matemática ainda são ferramentas importantes para reproduzir e criar posições de gênero estereotipadas para meninas e meninos, influenciando na criação de subjetividades dos alunos em ambos os países.
Maicon Quevedo Fontela,
Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, Volume 5; https://doi.org/10.34019/2594-4673.2021.v5.33499

Abstract:
Este estudo intenta analisar as práticas de pesquisa com alunos referente à área e perímetro na Educação Básica, quanto aos seus objetivos, metodologias de ensino e de pesquisa e suas inferências. Para tanto, analisamos três bases de dados: (a) Biblioteca Digital brasileira de Teses e Dissertações (BDTD); (2) Catálogo de Teses e Dissertações da Capes (CTD) e últimos dez anos do Encontro Nacional de Educação Matemática - ENEM. Perante essa investigação, evidenciamos que os estudos estão concentrados na região Sudeste do país; em sua maioria, são dissertações; e que não há elementos para suscitar um crescimento ou decrescimento das pesquisas nos últimos anos. Elencamos, ainda, a forte ênfase nas compreensões e manifestações dos alunos quanto aos conceitos de área e perímetro, bem como o foco em tarefas e atividades na configuração de metodologias de ensino e de pesquisa. Além disso, apontamos que muitos avanços são descritos de forma genérica, o que inviabiliza nossas considerações e produções na temática. Por fim, consideramos que este mapeamento pode contribuir para pesquisadores e docentes que ensejam adentrar na temática área e perímetro na Educação Básica, potencializando que diferentes formas de pensar tais conceitos possam vir à tona em pesquisas futuras.
Rodolfo Chaves, Tiago Magno De Souza Dutra, Filyppe Neves de Andrade
Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, Volume 5; https://doi.org/10.34019/2594-4673.2021.v5.33323

Abstract:
No presente artigo apresentamos e discutimos algumas ideias e noções categoriais, relativas ao método de análise de produção de significados, como procedimento adotado pelo Modelo dos Campos Semânticos, a partir de resíduos de enunciação produzidos a partir de uma reunião do Projeto “Pitágoras: em (e além do) teorema”, desenvolvido por integrantes do Grupo de Estudos e Pesquisas em Modelo dos Campos Semânticos e Educação Matemática, ao tratarem da generalização de números tetraédricos, como uma categoria de números figurados, objeto de estudo da escola pitagórica, que produziu fascínio em diversos matemáticos ao longo da história da humanidade. O objetivo principal é apresentar essas ideias básicas do Modelo epistemológico em questão e aplicá-las nos resíduos de enunciação expostos, nas formas de diálogos, tabelas, figuras e outros textos utilizados, efetuando leituras acerca da produção de significados para o problema proposto.
Antonia Naiara De Sousa Batista, ,
Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, Volume 5; https://doi.org/10.34019/2594-4673.2021.v5.31426

Abstract:
A partir de estudos e seminários realizados na disciplina intitulada, Teorias da Educação e Formação de Professores, realizada na Pós-graduação em Educação na Universidade Estadual do Ceará, no semestre 2020.1, tivemos o contato com diferentes estudos realizados por teóricos no âmbito da Educação, como Piaget, Saviani, John Dewey, Paulo Freire, entre outros. No entanto, nesse estudo vamos dar ênfase, ao estudo da Teoria de Vygotsky (TV), principalmente, porque a partir de pesquisas, percebemos que poderia existir uma relação com a Teoria da Objetivação (TO), desenvolvida por Luis Radford, a qual estamos trabalhando no momento. Assim, nos empenhamos nesse estudo, com vista a conhecer as relações existentes entre a TV e a TO como base para o ensino e aprendizagem de Matemática. Esse estudo se caracteriza como qualitativo, envolvendo aspectos exploratórios e descritivos. E por meio desse processo realizado foi possível perceber que ambos consideram elementos como, a linguagem (signos), artefatos, interiorização e semiótica, no processo de ensino e aprendizagem. Todavia, na TV esses termos são levados para uma esfera mais psicológica, enquanto que, na TO, Radford procura vincular esses elementos ao processo de ensino e aprendizagem numa concepção mais pedagógica. Desta forma, esse estudo visa contribuir para as pesquisas que vem sendo realizadas com o intuito de compreender como as teorias estão articuladas no processo de ensino e aprendizagem, principalmente, no campo da Educação Matemática.
Luara Zwiernik,
Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, Volume 4; https://doi.org/10.34019/2594-4673.2020.v4.32230

Abstract:
Malba Tahan é um personagem-autor que ficou famoso por seus contos ambientados em cenários árabes, muitos deles apresentam elementos matemáticos, o que o torna um dos primeiros escritores brasileiros a aproximar Literatura e Matemática. Neste artigo analisamos quatro contos: O conto dos camelos; O conto das irmãs e da venda das maçãs; O conto da verdade e da mentira; e O conto da divisão do reino, localizados nos livros O livro de Aladim, 1ª edição, e O homem que calculava, 8ª edição, ambos publicado em 1943 pela editora Getúlio Costa. A questão que norteou o processo de análise dos contos é como e quais elementos matemáticos emergem e são abordados em contos de Malba Tahan? No processo de análise procurou-se identificar e compreender que elementos matemáticos aparecem nos textos de forma explícita ou implícita, ou seja, que lugares matemáticos emergem na construção das narrativas, com o intuito de melhor compreender a articulação entre literatura e matemática que caracterizam tais textos.
Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, Volume 4; https://doi.org/10.34019/2594-4673.2020.v4.32047

Abstract:
A educação financeira é um dos conhecimentos relevantes na vida pessoal e profissional, visto que se aplica em diversas áreas e pode ser entendida como o processo de ensino e aprendizagem para o desenvolvimento da consciência crítico-reflexiva diante das questões financeiras dentre as quais destacam-se o consumo, o planejamento, o investimento. Nesse sentido, pode-se pensar nessa temática aplicando uma sequência didática com o uso de um aplicativo que busque a motivação para aprendizagem da educação financeira em uma turma de ensino médio no Estado do Ceará. Os resultados revelam que os alunos estão disponíveis para um diálogo de aprendizagens e que ao serem submetidos a novos conhecimentos, mostraram-se motivados pelas tecnologias adquirindo a percepção do consumo consciente e planejamento financeiro. O objetivo desse trabalho é encorajar a reflexão e prática docentes para incluir situações favorecedoras da educação financeira mediada por recursos tecnológicos que estimulem a tomada consciente de decisões.
Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, Volume 4; https://doi.org/10.34019/2594-4673.2020.v4.32717

Abstract:
Este trabalho trata de uma pesquisa sobre o ensino de Matemática no primeiro ano do Ensino Fundamental, mais especificamente sobre o ensino do conceito de número. O objetivo da pesquisa consiste em analisar intenções e problematizações na docência de uma (1) professora que atua no 1° ano do Ensino Fundamental na cidade de Arroio Grande/ RS sobre o conceito de número. O referencial teórico traz o entrelaçamento dos conceitos de Alfabetização Matemática, Letramento Matemático e Numeramento, bem como problematiza o conceito de número. A metodologia é de abordagem qualitativa, considerando que as ideias da docente promovem uma amálgama capaz de pensar elementos do ensino de número no primeiro ano do Ensino Fundamental. A coleta de dados foi realizada mediante entrevista com a professora e sua análise elaborada a partir dos referenciais da Análise de Conteúdo. Como resultados, elencaram-se três categorias da fala docente: (a) Letramento Matemático, Alfabetização Matemática e o conceito de número; (b) conhecimentos básicos e (c) a prática da docente de matemática. Com a pesquisa, conclui-se que a docente aponta elementos da questão social do letramento matemático, com uma visão aos processos sobre o assunto e os desdobramentos na prática no ensino do conceito de número.
Amanda Maria Diniz,
Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, Volume 4; https://doi.org/10.34019/2594-4673.2020.v4.32265

Abstract:
O Brasil é constituído por uma multiculturalidade vinculada a um complexo processo de miscigenação de povos originários e migrantes de diversos continentes, entre os quais estão os grupos étnicos provindos da África, cujos descendentes compõem uma grande parcela da população. Em reconhecimento ao expressivo contingente e pelas circunstâncias históricas de exploração e degradação por que passam afrodescendentes ao longo de séculos, o Brasil reconheceu e implantou a Educação Quilombola. Neste artigo são discutidos aspectos de uma pesquisa realizada com estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental de uma escola quilombola de Pernambuco. O estudo teve como objetivos analisar como a aprendizagem da disciplina de Matemática interessa a estudantes quilombolas; refletir sobre como estudantes quilombolas concebem a importância de aprender Matemática na escola e identificar, sob a perspectiva da Educação Matemática Crítica, como a Matemática está presente nos planos desses estudantes. No recorte teórico utilizado elegeu-se o conceito de foreground relacionado com as oportunidades sociais, políticas, econômicas e culturais de cada indivíduo e suas perspectivas futuras em relação à aprendizagem de Matemática. Os foregrounds possuem dimensões externas e subjetivas, sendo, a primeira, relacionada ao contexto em que o indivíduo está situado, e a segunda está ligada a maneira de como cada um percebe essa realidade em que está inserido, de forma libertadora ou limitadora. Sob esta perspectiva, o foreground pode se expandir e se moldar. O estudo teve um cunho qualitativo e os dados de pesquisa foram gerados por entrevistas e observações. As análises dos resultados indicaram que os participantes atribuem importância à identidade quilombola para a afirmação de suas origens, estabelecendo relações entre a Matemática e as situações da vida cotidiana. Neste sentido, a escola desempenha importante papel na formação dos foregrounds, favorecendo a formação positiva, sendo que os conteúdos e conhecimentos de Matemática têm importante papel nesse processo.
Ana Paula Teles Oliveira
Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, Volume 4; https://doi.org/10.34019/2594-4673.2020.v4.31035

Abstract:
A finalidade deste artigo é apresentar um recorte dos resultados da pesquisa “Um estudo sobre educação financeira” que tem como um dos seus objetivos traçar o panorama dos assuntos tratados sobre esta questão. Metodologicamente, consiste em um trabalho documental. Após estudar o modelo conceitual do letramento financeiro apresentado por Hung, Parker e Yoong, fizemos uma análise no livro Educação Financeira nas Escolas, Bloco 3, Ensino Médio que pertencente ao programa do governo, para entender quais são os conteúdos tratados e quais as competências propostas pelos autores. Aqui apresentamos a categoria denominada Sistema financeiro nacional e as três competências recomendadas por eles. Como concluímos existir uma limitação das competências que poderiam ser desenvolvidas, adaptamos outras três competências do material do Jump$tart relacionada à literacia financeira pessoal.
Revista de Investigação e Divulgação em Educação Matemática, Volume 4; https://doi.org/10.34019/2594-4673.2020.v4.31153

Abstract:
Neste artigo, objetiva-se sintetizar discussões que ocorreram durante uma palestra proferida no III Encontro de Mestrados e Doutorados Profissionais em Educação e Ensino de Minas Gerais, em 2019, na Universidade Federal de Juiz de Fora, em relação a origens, dilemas e caminhos para a formação continuada de professores em cursos profissionais de pós-graduação. O texto apresenta os primeiros passos dados para os estudos de pós-graduação no Brasil, no século passado. Optou-se pela análise documental em levantamento inicial da origem da pós-graduação institucionalizada no Brasil, de modo a trazer luz à contemporaneidade. Propõe-se ainda pensar a pesquisa e o produto educacional sobre a prática pedagógica, sob perspectiva da construção de identidade de projetos, para a incessante consolidação desses cursos de pós-graduação stricto sensu profissional neste país. Por fim, o manuscrito ancora-se na experiência vivenciada e em bases teóricas para chegar à concepção que atualmente estamos a estabelecer: o Doutorado Profissional como a mais nova fronteira de pós-graduação.
Back to Top Top