Revista @mbienteeducação

Journal Information
EISSN : 1982-8632
Published by: Cruzeiro do Sul Educacional (10.26843)
Total articles ≅ 208
Current Coverage
DOAJ
Archived in
SHERPA/ROMEO
Filter:

Latest articles in this journal

Anne-Sophie Jurion, Camila Aloisio Alves
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 731-744; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1121.p731-744

Abstract:
O presente artigo apresenta os resultados de um trabalho de produção narrativa reflexiva, realizado com estudantes do segundo ano de graduação do curso de ciências da educação, de uma universidade pública parisiense. Este trabalho foi realizado entre os anos de 2016 a 2018, no escopo do curso “redação de textos”, cujo objetivo é melhorar a capacidade de escrita dos estudantes face a certas dificuldades e bloqueios identificadas nos mesmos. Para tanto, foi implantado um dispositivo nomeado de diário “exterior-pessoal”, cuja função era servir de suporte aos alunos para exploração do cotidiano de suas vidas através de registros narrativos regulares ao longo dos meses de duração do curso. A partir de um trabalho de análise de conteúdo dos registros dos jornais, foi possível compreender as dificuldades vividas pelos alunos, as estratégias de apropriação do diário e os efeitos positivos do mesmo nos processos de formação formal e informal vivido na universidade.
Ana Isabel Fernandes,
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 745-761; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1140.p745-761

Abstract:
Atualmente é frequente ouvirmos falar da participação das crianças nos contextos educativos, contudo, verifica-se que nem sempre é fácil encontrar a concretização deste princípio, pelo que se torna fundamental reafirmar a compreensão das crianças como sujeitos que pertencem a um grupo social, capazes de partilharem as suas opiniões, de debaterem as opiniões dos outros e de tomarem decisões em aspetos da sua vida. O presente texto sustenta-se num estudo acerca desta temática, realizado no estágio final de um mestrado, baseado em observação participante e reflexiva de um grupo heterogéneo de crianças em idade pré-escolar, o qual nos permitiu analisar situações em que se puderam, por um lado, identificar entraves à participação das crianças e, por outro, potenciar novas oportunidades para a sua efetivação. A participação infantil implica a escuta atenta das crianças, reconhecendo e dando sentido ao que as mesmas dizem. A aceitação pelo adulto de que a criança é um sujeito capaz de tomar decisões, escolher e dar opiniões, faz com que este adapte as suas práticas educativas promovendo situações de aprendizagem reais e mais significativas. No desenvolvimento do estudo foi utilizada uma escala de análise da qualidade do contexto referente à implicação da criança (PORTUGAL; LAEVERS, 2010, p. 24), uma vez que esta ajuda o educador a questionar-se acerca da pertinência das atividades, ajudando-o a colocar-se no lugar das crianças, tendo que ter em conta os indicadores de envolvimento, como a concentração nas atividades, a energia, a persistência, entre outros. O texto apresentará as condições de realização do estágio, bem como a fundamentação teórica do estudo, e a descrição e análise do projeto decorrente do processo de investigação que acompanhou toda a intervenção pedagógica. Para além disto, serão abordados contributos centrais desta experiência para a construção da identidade profissional.
, Cinthia DA Rocha Azevedo, Cristiane Nobre Nunes, Felipe Luiz Moreira, Priscila Lima Pio
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 518-536; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1057.p518-536

Abstract:
A educação como um processo, organizado, sistemático e intencional exige uma dinâmica complexa que envolva os alunos, os professores, os diretores, os coordenadores, os orientadores educacionais. os funcionários, os pais e a comunidade local. Um ambiente propício favorece o ensino aprendizagem, estimula o engajamento e fortalece os laços de pertencimento da comunidade escolar. O estudo tem o objetivo de identificar se a mediação escolar utilizada como ferramenta da gestão democrática pode colaborar para a melhora do clima organizacional da instituição escolar. Como estratégia de pesquisa, optou-se pelo Estudo de Caso e como objeto de estudo as ETECs. Foram entrevistados 05 Diretores e 05 Orientadores Educacionais. A pesquisa constatou que os princípios de gestão democrática estão presentes e alinhados com os propostos por Libâneo (2018). O estudo demonstrou que a presença do Orientador Educacional como Mediador contribui para a qualidade da educação e melhora o clima organizacional da instituição.
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 631-665; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1103.p631-665

Abstract:
O artigo apresenta uma revisão do conceito de política pública, abrangendo diferentes definições presentes na literatura, com destaque aos elementos centrais do conceito. A partir dessa revisão o artigo propõe um conceito-síntese que incorpora esses elementos. Em seguida, o artigo traça um panorama das teorias de política pública, estruturando tal panorama segundo diferentes etapas do ciclo de política pública. Embora, como se procura argumentar, o processo de política pública não ocorra como uma sequência de etapas que se sucedem de forma linear, a organização da exposição por etapas foi adotada como um recurso heurístico. O artigo se baseou na análise da literatura teórica do campo de política pública, e, na discussão das teorias, teve por objetivo destacar as questões centrais envolvidas no estudo da agenda e da formulação e da implementação de políticas públicas.
Natalino Neves da Silva, Laura Rodrigues Paim Pamplona
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 611-630; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1098.p611-630

Abstract:
Este artigo busca compreender as repercussões da aquisição do curso magistério na vida de mulheres negras na cidade de Muzambinho, Minas Gerais. Para tal, dialogamos com três mulheres normalistas negras as quais vivenciaram a sua formação do magistério em uma instituição secular. Fez parte dos procedimentos metodológicos utilizados: entrevistas, análise de fontes documentais, levantamento bibliográficos, entre outros. Os resultados apontam que a formação adquirida por meio do Curso Normal é avaliada positivamente pelas normalistas negras.
Eric Ferdinando Kanai Passone, Angela Maria Martins, Sanny Silva Rosa
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 580-598; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1077.p580-598

Abstract:
O objetivo deste estudo foi inventariar e analisar trabalhos científicos sobre gestão escolar, a fim de responder à seguinte questão: quais aspectos e dimensões são privilegiados nesses trabalhos que podem nos fornecer uma visão abrangente sobre o grau e alcance do interesse acadêmico sobre esse tema? Este artigo apresenta e discute uma das dimensões relevantes abordadas no estudo, que diz respeito à avaliação educacional e autoavaliação. Nesta etapa do estudo, o conteúdo de 28 artigos, publicados entre 2009 e 2020, foi sistematizado nos seguintes eixos de análise: avaliação de desempenho e gestão de sistemas de ensino; avaliação institucional, autoavaliação e democratização escolar; efeito escolar e / ou características efetivas das escolas; avaliação de desempenho de estudantes e modelos de gestão.
Juliano Mainardes Waiga,
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 501-517; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1055.p501-517

Abstract:
Este trabalho teve como objetivo elaborar um mapeamento de estudos produzidos na Pós-Graduação brasileira localizados na interface Educação e Psicologia Transpessoal. As informações históricas e os dados geográficos apresentados contribuem para uma percepção panorâmica da constituição e desenvolvimento no Brasil da linha de pesquisa denominada “Educação Transpessoal”. O percurso metodológico pautou-se em uma revisão de escopo, juntamente, com o uso da ferramenta Cmap Tools. Os trabalhos que compõem a amostra desta investigação estão inseridos no recorte temporal que abrange o período de 1994 a 2019, classificados em: a) lócus de pesquisa continuada ou b) lócus de pesquisa inconstante. É possível considerar que o cumulativo dos trabalhos produzidos, apesar da tímida progressão numérica, constitui um rico acervo de estudos. Entretanto, um dos desafios atuais da pesquisa em Educação Transpessoal é multiplicar o número de lócus de investigação. Considera-se também a necessidade de progressão na proposição de indicações metodológicas e didático-pedagógicas alinhadas à tese de uma educação do ser integral.
Júlio César Pereira
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 762-766; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1109.p762-766

Abstract:
A proposta da obra Construção e Validação de Instrumentos de Avaliação: da teoria a exemplificação prática é apresentar produtos do Programa de Pós-Graduação em Avaliação (PPGA) da Fundação Cesgranrio. A intenção das pesquisas copiladas na obra é demonstrar a amplitude de possibilidades da ação de avaliar, validar e reavaliar instrumentos para coleta de dados. O leitor poderá conhecer aspectos da teoria que embasam o tema avaliação, bem como explorar os componentes que cercam o planejamento do trabalho, a aplicação de instrumentos, a própria ação de avaliar e a devolutiva dos resultados.
Dayse Gonçalves Fontenelle,
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 666-686; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1116.p666-686

Abstract:
A pesquisaformação apresentada toma como referencial teórico-metodológico a abordagem narrativa (auto)biográfica, e, o foco principal são as experiências de vida e a formação dos sujeitos, entrelaçadas às memórias e a histórias da escola. O objetivo do trabalho é compreender, por meio das narrativas das professoras e diretoras lotadas desde o início do processo de municipalização da escola Municipal Antinéia Silveira Miranda, de que maneira foi construído o projeto de jornada ampliada da primeira escola de 3º e 4º ciclos da Rede Municipal de Educação de Niterói. Outras questões de estudo surgiram a partir desse tema inicial: Quais mediações políticas possibilitaram a implantação do projeto? Como se relacionam as histórias de vida das professoras/diretoras com as memórias da escola? E ainda, como a prática docente contribui para a (trans)formação dos mesmos? O trabalho desenvolvido aponta para a pesquisaformação como uma abordagem potente que valoriza a escuta e dá espaço para que novas versões de si mesmo possam ser construídas em um diálogo entre memórias pessoais e institucionais.
Rejane Maria Emilio, Maria De Fátima Barbosa Abdalla
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 700-730; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1119.p700-730

Abstract:
Este texto, resultado de pesquisa de Doutorado em Educação, que tratou do processo de implantação da BNCC, tem por objetivo analisar os contextos de sua formulação, em dois enfoques, destacando: 1º o processo de elaboração das recentes políticas educacionais brasileiras; e 2º os discursos sobre a BNCC, que circularam na mídia durante as audiências públicas do CNE. A abordagem teórico-metodológica se fundamenta no campo da sociologia política e da psicologia social. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cujos dados foram analisados a partir das dimensões do contexto de produção do texto político, realizando-se uma análise documental dos textos que geraram o PNE, e do contexto de influência, quando se realizou a análise temática de produções orais obtidas em audiências públicas do CNE e de análise reflexiva do conteúdo de artigos jornalísticos. Os resultados demonstraram, de um lado, que os anseios sociais de busca da qualidade educacional foram frustrados, visto ter se concretizado uma visão tecnocrática e de ênfase nos mecanismos de controle na versão homologada do documento; e, de outro, que as fundações empresariais pressionaram o CNE pela aprovação da BNCC por meio de discursos persuasivos, contrariando os alertas da comunidade acadêmica sobre as fragilidades do texto da BNCC. Os dados corroboram para a ideia defendida na tese de que é preciso entender como o conhecimento sobre a política é gerado, para que os efeitos, causados pelo conhecimento produzido por estas mesmas políticas, possam ser compreendidos.
Back to Top Top