New Search

Advanced search
Export article
Open Access

Sucessão nas empresas familiares e o impacto no endividamento. Evidência para as PME da região de Leiria

Inês Lisboa
Revista de Gestão dos Países de Língua Portuguesa , Volume 17, pp 24-42; doi:10.12660/rgplp.v17n2.2018.78223

Abstract: As empresas familiares estão presentes mundialmente, contribuindo positivamente para a economia, criação de riqueza e emprego. A continuidade destas empresas depende essencialmente da sua sucessão. Neste trabalho é apresentado um enquadramento teórico sobre a sucessão das empresas familiares, o que deve ser feito e os principais erros. Posteriormente, é feito um levantamento sobre a sucessão das empresas familiares da região de Leiria, em Portugal. Por fim, é analisado o impacto da geração da empresa e da existência de gestores não familiares no endividamento destas empresas. Os resultados evidenciam que a maioria das empresas se encontra na geração do fundador e que os gestores são maioritariamente familiares. Porém, uma percentagem de 45% dos inquiridos já se preocupou com a sucessão e elaborou um plano, embora o tenha feito maioritariamente sem o apoio de especialistas na área. Por fim, a geração da empresa e o tipo de gestor não tem impacto no endividamento destas empresas.
Keywords: Empresas Familiares / gestores / feito / destas

Share this article

Click here to see the statistics on "Revista de Gestão dos Países de Língua Portuguesa" .