PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG

Journal Information
ISSN / EISSN : 1982-9507 / 2238-2046
Total articles ≅ 31
Filter:

Latest articles in this journal

Leonardo Silva Souza
PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Volume 10, pp 232-254; doi:10.35699/2237-5864.2020.20713

Abstract:
Este artigo trata de experimentos artísticos com aparatos computacionais, apresentando a ideia de uma Poética de Heterogêneses. Neste âmbito, propomos o entendimento de modos de composição que lidam com materiais e formas de pensamento que são tratados de formas distintas pelos campos da Arte, Ciência e Tecnologia. O texto correlaciona estudos de cunho técnológico, como os de Kowalski(1970), Robinson(2008) e Fuller(2008), aos de reflexões contemporâneas sobre Arte, como os de Bishop(2012), Broeckmann(1997), Deleuze(1992;2005), Duguet(1988) e Goffey(2009) e, a partir desta correlação, desloca conceitos como Aparelho, Aparato, Algoritmo, Composição e Dispositivo, reorientando-os a fim de erguer as bases de uma poética que se coloca entre Arte, Ciência e Tecnologia.
Cássia Macieira
PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Volume 10, pp 147-161; doi:10.35699/2237-5864.2020.20652

Abstract:
Durante 22 anos o Grupo Giramundo Teatro de Bonecos firmou um convênio com a UFMG, promovendo, entre outros, convívios estéticos entre alunos e professores. Maria do Carmo Vivacqua Martins (Madu) e Terezinha Veloso, cofundadoras do grupo, atuaram como professoras-artistas na Escola de Belas Artes/UFMG, mantendo, concomitantemente, produções artísticas individuais e coletivas. A partir da imagem disparadora de um(a) boneco(a) e uma pintura como agenciadores da interdisciplinaridade, este artigo visa compreender a presença do(a) boneco(a) sob a perspectiva dos estudos interartes e da Educação e, a práxis-poiesis de ambas as professoras-artistas, mediante uma investigação qualitativa (percepções e construção social de sentido) por meio da A/R/Tografia: metodologia poética que evidencia a identidade dos artistas.
PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Volume 10, pp 21-55; doi:10.35699/2237-5864.2020.20694

Abstract:
O artigo investiga como as experiências relacionais que podem modificar a prática artística no espaço educativo. Pretendemos mostrar como os métodos interdisciplinares que integram o campo da arte, do design, da moda e da arquitetura são orientados pelas vivências das práxis interartísticas nas experiências de integração de ateliers em programas de residências inseridas no espaço escolar. Trata-se de examinar como a vivência de programas interdisciplinares estrutura as ações pedagógicas, sensibilizando os educandos para a noção da co-criação. Nosso artigo explora as ideias elaboradas por Roland Barthes a respeito do viver junto, tomando como elemento conceitual o sentido da estética da delicadeza. O propósito do texto é colocar em questão os métodos de trabalho utilizados na partilha do ato criativo.
Mariana Guimaraes, Gabriela Serfaty
PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Volume 10, pp 86-101; doi:10.35699/2237-5864.2020.20667

Abstract:
O presente trabalho apresenta algumas reflexões a partir de encontros e diálogos desenvolvidos na oficina intitulada Desbordar desenvolvida com usuários do serviço de saúde mental no Hospital-dia Casa Verde, localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro. O texto é construído a partir de uma polifonia ecoada das vozes dos pacientes e das pesquisas desenvolvidas pelas autoras frente a percepções sobre a linguagem; e a partir também do método proposto, em que as amarras da linguagem, das imagens e das palavras são liberados de uma homogeneização prisional, de um modelo único e limitante.
Lara Barbosa Couto, Elton Linton Oliveira Magalhães
PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Volume 10, pp 162-180; doi:10.35699/2237-5864.2020.19897

Abstract:
Pretende-se analisar estratégias e abordagens de cruzamento entre o jogo teatral na sala de aula e a literatura de cordel, visando o aprimoramento dos estudantes em cena e uma aproximação com o cordel e suas características. Os procedimentos têm em vista uma experiência multidisciplinar na qual alunos participantes possam vivenciar aspectos fundamentais dos jogos teatrais e da literatura de cordel tradicional. A experimentação conjunta parte de aspectos fundamentais da escrita de cordel: a métrica e a rima, que se transformam em regras de jogo nas proposições metodológicas. Da mesma maneira, os aspectos fundamentais para os jogos spolinianos – o “quem”, o “onde” e o “o quê” – podem servir de princípio para a produção de folhetos, incentivando a produção de dramaturgias em cordel.
Rita Luciana Berti Bredariolli
PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Volume 10, pp 56-71; doi:10.35699/2237-5864.2020.20643

Abstract:
Não há retrocesso, somente a constelação de tempos heterogêneos saturados de agoras. Esse texto é dedicado a atos de resistência como reação, contrariedade, oposição, insubmissão, persistência, sobrevivência. Como matéria e atributo da história e da memória, potências de reconhecimento e reverberação desses modos de existência. Formas de atuação política. Sua escrita seguiu a atualização de uma pergunta designada, em 1983, como título de um texto em defesa da história e memória para a revitalização e fortalecimento de um campo de conhecimento dedicado à investigação das delicadas e potentes relações entre arte e educação: “Para que história?”
PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Volume 10, pp 72-85; doi:10.35699/2237-5864.2020.20711

Abstract:
La relación entre artes y bienestar ha sido reconocida en numerosos estudios, incluyendo aquellos realizados en ámbitos de la salud, la terapia o la educación. Desde la música a las artes visuales, pasando por el cine o la fotografía, las artes han sido y son recursos de primer orden no solo para la curación, sino sobre todo para la prevención y promoción de la salud y el bienestar psicológico. En este artículo, partiendo del reconocimiento del valor terapéutico de las artes, identificamos sus conexiones con los cinco elementos del modelo teórico de bienestar propuesto por Martin Seligman (PERMA) y sugerimos que las artes deben ser reconocidas como intervenciones positivas bajo el amplio paraguas de la Psicología Positiva.
Peter Worrall
PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Volume 10, pp 11-20; doi:10.35699/2237-5864.2020.20724

Abstract:
This paper presents a sample of art education experiences, that I have been privileged to explore over 40 years. This has involved developing rationales that were required to apply to the new technologies emerging in art education in 1985. My research in this area included media workshops in England, Europe and South America. The new ‘cultures’ of communication and new technologies in 21st century continue to expand our understanding of both the universe and the diverse eco systems on our planet. We live in the age of interdisciplinary practice which provides new opportunities for artists to collaborate with scientists and mathematicians.
Tiago Samuel Bassani
PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Volume 10, pp 131-146; doi:10.35699/2237-5864.2020.20683

Abstract:
Este texto traça uma reflexão sobre o evento “Arte no Aterro – um mês de arte pública” realizado por Frederico Morais em 1968, a partir da relação entre arte, educação e política. Busca evidenciar ações políticas governamentais antidemocráticas e autoritárias que podem apontar caminhos para a atuação de professores-artistas em tempos de opressão. Para tanto, resvala na questão do ensino de artes visuais, e ainda, no pensamento sobre a necessidade de uma resistência política para uma permanente atuação artística e educativa.
Marilene Oliveira Almeida, Maria Do Carmo De Freitas Veneroso, Regina Helena De Freitas Campos
PÓS: Revista do Programa de Pós-graduação em Artes da EBA/UFMG, Volume 10, pp 181-215; doi:10.35699/2237-5864.2020.20508

Abstract:
O método de ensino do desenho para crianças da arte-educadora Louise Artus-Perrelet foi sistematizado no livro Le Dessin au Service de l’Éducation, traduzido e publicado no Brasil em 1930, quando a autora visitou o país para conferências. O trabalho de Artus-Perrelet é analisado como proposta de educação estética na formação de professores primários, relacionando-o aos princípios modernistas na arte e ao movimento da Escola Nova. Artus-Perrelet dialoga com processos pedagógicos e de criação de Paul Klee e Wassily Kandinsky, professores na Escola Bauhaus, e com a pedagogia ativa genebrina. Seu método foi apropriado no contexto brasileiro por meio de relatos da poeta Cecília Meireles publicados no Rio de Janeiro, e no trabalho de seu aluno Jean-Pierre Chabloz, artista plástico e educador.
Back to Top Top