Revista AlembrA

Journal Information
EISSN : 2596-2671
Total articles ≅ 28
Filter:

Latest articles in this journal

Maria Cleunice Fantinati Da Silva, Marinei Almeida
Revista AlembrA, Volume 2; doi:10.47270/ra.2596-2671.2020.v2.n4.id735

Abstract:
Este trabalho propõe apresentar uma leitura de alguns poemas da poeta moçambicana. Noémia de Sousa do livro Sangue Negro (2001). Também serão analisados alguns poemas do livro A dolorosa raiz do micondó (2006), da poeta são-tomense Conceição Lima na perspectiva de averiguar, eventuais semelhanças e divergência no processo de construção estética e temática das citadas poetas africanas. Pretende-se analisar os pontos em que a história dos países de origem dos sujeitos - poéticos influenciaram nas temáticas individuais e/ou coletiva do corpus selecionado referente a reconfiguração da memória.
Sandra Maria Souza De Carvalho
Revista AlembrA, Volume 2; doi:10.47270/ra.2596-2671.2020.v2.n4.id842

Abstract:
As poesias falam das belezas do estado do Espírito Santo e das aventuras e desventuras da alma e do amor. Mudanças metamorfoses com o tempo.
Guilherme Sachs
Revista AlembrA, Volume 2; doi:10.47270/ra.2596-2671.2020.v2.n4.id840

Abstract:
Poema que aborda a discriminação de gênero e a humilhação por que passam profissionais do sexo até pelos que usam seus serviços.
Edson Flávio Santos
Revista AlembrA, Volume 2; doi:10.47270/ra.2596-2671.2020.v2.n4.id864

Rogério Makino, Hérica Makino
Revista AlembrA, Volume 2; doi:10.47270/ra.2596-2671.2020.v2.n4.id624

Abstract:
Essa pesquisa tem o objetivo de descrever a homossociabilidade no mundo virtual dos usuários da região de Confresa - MT, com base em dados coletados em um aplicativo de namoro – o Grindr. O número de usuários nessa região é extremamente limitado e uma parte dele é constituída de transeuntes, ou seja, a homossociabidade de residentes da região pelo aplicativo não é um fenômeno significativo do ponto de vista quantitativo, comparado a outras cidades de Mato Grosso. A maioria dos usuários evita expor o rosto, o que sugere um ambiente muito heteronormativado. Ninguém assumiu uma sorologia positiva nos 100 perfis mais próximos, embora estatisticamente seja provável que haja soropositivos nesse grupo social.
Célia Ferreira De Sousa, Maria Do Rosário Soares Lima
Revista AlembrA, Volume 1; doi:10.47270/ra.2596-2671.2019.v1.n3.id586

Andressa Bessa Machado Lima, Eliete Nunes Da Silva, Sara Mainardi, Suzely Ferreira Da Silva
Revista AlembrA, Volume 1; doi:10.47270/ra.2596-2671.2019.v1.n3.id591

Abstract:
Este artigo busca analisar, através da obra de Simone de Beauvoir: O segundo sexo, o espaço da mulher na sociedade. A obra foi estudada na disciplina de Filosofia Contemporânea do curso de Licenciatura em Filosofia pela Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT. Tem por objetivo expor as dificuldades enfrentadas pelas mulheres no decorrer da história até a contemporaneidade, com a intenção de destacar a luta e sua coragem frente a uma sociedade construída pelos homens e para os homens, destacando o nascimento de muitos direitos conquistados pelo sexo feminino. Sendo assim, a pesquisa aborda o movimento feminista e a sua importância diante de todo processo de busca por respeito pelo segundo sexo, expondo um olhar sobre o que significava ser mulher, sob a ótica de como a mulher era vista e o que esperavam dela, comparando-se com os dias atuais. Usando Simone de Beauvoir como referência de personalidade feminina, como alguém que alcançou um espaço valioso para todas as mulheres.
Guilherme Sachs
Revista AlembrA, Volume 1; doi:10.47270/ra.2596-2671.2019.v1.n3.id461

Abstract:
Poema que aborda o atual contexto de recrudescimento de preconceitos e perseguições a minorias no Brasil.
Ionice Barbosa De Campos, Carlos Augusto De Melo
Revista AlembrA, Volume 1; doi:10.47270/ra.2596-2671.2019.v1.n3.id552

Abstract:
Este texto apresenta a obra O caminho de Trombas (1966), do escritor goiano José Godoy Garcia, com o objetivo central de refletir acerca das intersecções tensas entre práticas do autoritarismo político brasileiro e os fluxos migratórios, em Goiás, da década de 1960. Nessa narrativa, marca-se um posicionamento crítico em relação às lutas de classes, tendo como eixo central uma multidão de trabalhadores rurais goianos em movimento de idas e chegadas a espaços desconhecidos em busca de sobrevivência e, também, de existência. A metodologia empregada aqui é qualitativa, de cunho bibliográfico, a partir dos das leituras teóricas oriundas dos textos de, por exemplo, Brito (2017) e Figueiredo (2017), os quais possibilitaram melhor compreensão sobre o contexto social, político e histórico brasileiro, bem como o Neorregionalismo e a prosa literária de viés sociológico. Com isso, contribui-se para as frequentes possibilidades de revisitar o passado literário e perceber a potência de escritores, como Garcia, que, por meio da literatura, trouxeram leituras engajadas de seu tempo a favor da minoria social.
Back to Top Top