Journal Information
ISSN : 1678-3549
Current Publisher: Faculdade de Letras da UFMG (10.17851)
Total articles ≅ 16
Filter:

Latest articles in this journal

Wilton Cardoso
Published: 18 April 2016
Phasis, Volume 1; doi:10.17851/1678-3549.1.1.10-53

Abstract:
Resumo O tema, provavelmente pouco claro para os não familiarizados com a Literatura Portuguesa em geral e os estudos camonianos em particular, não é original nem se exprime com o intuito de dizer com palavras difíceis coisas que são medianamente simples. Pertence à problemática dos estudos a respeito de Luís de Camões e sua obra e se notabilizou assim mesmo, em expressão que veio a ser consagrada: o cânon da Lírica de Camões.
Hélio Simões
Published: 30 September 1973
Phasis, Volume 1; doi:10.17851/1678-3549.1.1.54-69

Abstract:
Resumo A lírica camoniana, composta de acordo com o cânone estabelecido pelo Prof. Costa Pimpão para a sua edição monumental da Companhia Editora do Minho (Barcelos, 1944), de 327 poemas entre Redondilhas (118), Sonetos (166), Canções (10), Elegias (7), Odes (13), oitavas (4), Sextinas (1) e Éclogas (8), constitui senão a mais numerosa seguramente a mais importante e perfeita realização poética de quinhentos, em língua portuguesa. Haverá mesmo quem alargue a âmbito europeu essa importância e perfeição.
Maria José De Queiroz
Published: 30 September 1973
Phasis, Volume 1; doi:10.17851/1678-3549.1.1.126-130

Abstract:
Resumo Resenha de El oro de los tigres por Maria José de Queiroz.
Edição Completa
Published: 30 September 1973
Phasis, Volume 1; doi:10.17851/1678-3549.1.1.1-142

Joel Pontes
Published: 30 September 1973
Phasis, Volume 1; doi:10.17851/1678-3549.1.1.101-109

Abstract:
Resumo Nas comemorações tetracentenárias de Os Lusíadas, lembro dois folhetos de cordel circulantes no Nordeste do Brasil: As Perguntas do REI a CAMÕES e O Filho de Camões. Trata-se de poesia rústica, feita por e para gente semi-alfabetizada, e para analfabetos, por isso mesmo representativa da simpatia de uma parte do povo - aquela que não tem voz nos meios literários propriamente ditos, e que constitui parcela ponderável, ainda, na população brasileira, que atualmente se alfabetiza e se torna, cada vez mais, urbana.
Maria José De Queiroz
Published: 30 September 1973
Phasis, Volume 1; doi:10.17851/1678-3549.1.1.121-124

Abstract:
Resumo Resenha de L'hexagonal tel qu'on le parle por Maria José de Queiroz.
Maria José De Queiroz
Published: 30 September 1973
Phasis, Volume 1; doi:10.17851/1678-3549.1.1.124-126

Abstract:
Resumo Resenha de Geografia infructuosa por Maria José de Queiroz.
Cleonice Berardinelli
Published: 30 September 1973
Phasis, Volume 1; doi:10.17851/1678-3549.1.1.70-100

Abstract:
Resumo Na lírica de Camões, uma bipartição se faz evidente, à mais superficial abordagem: de um lado, os poemas da medida velha; de outro, os da medida nova. Naqueles, mais facilmente se encontra a dimensão tradicional, que é o que nos cabe aqui tratar, ainda - com o risco de repetir do muito já dito, pois que a matéria está longe de ser nova ou pouco explorada.
Maria José De Queiroz
Published: 30 September 1973
Phasis, Volume 1; doi:10.17851/1678-3549.1.1.110-113

Abstract:
Resumo Resenha de Baú de ossos por Maria José de Queiroz.
Maria José De Queiroz
Published: 30 September 1973
Phasis, Volume 1; doi:10.17851/1678-3549.1.1.118-120

Abstract:
Resumo Resenha de Russian formalist theory and its poetic ambiance por Maria José de Queiroz.
Back to Top Top