Principia: Caminhos da Iniciação Científica

Journal Information
ISSN / EISSN : 1518-2983 / 2179-3700
Current Publisher: Universidade Federal de Juiz de Fora (10.34019)
Total articles ≅ 65
Filter:

Latest articles in this journal

Elisabeth Andrade, Pedro Miguel Diniz Valvassori, André Coutinho Alves Mingote, Ana Lúcia De Lima Guedes,
Principia: Caminhos da Iniciação Científica, Volume 20, pp 23-23; doi:10.34019/2179-3700.2020.v20.31004

Abstract:
Introdução: A sífilis congênita (SC) ocorre através da disseminação hematogênica, do Treponema pallidum, da gestante infectada não tratada ou inadequadamente tratada para o concepto via transplacentária. Houve um progressivo aumento na sua taxa de incidência no Brasil nos últimos 10 anos, relacionado a diversos fatores. Objetivo: Investigar a distribuição espacial e temporal da incidência e da mortalidade por SC no Brasil e seus fatores associados. Material e métodos: Foi feita uma revisão sistemática da literatura,cujo protocolo está registrado na base PROSPERO (International Prospective Register of Systematic Reviews) com o número CRD42018083448. Foram pesquisadas as bases MEDLINE, LILACS, WEB OF SCIENCE e SCOPUS, com estratégias de busca que incluíram os termos sífilis congênita, epidemiologia, Brasil, alguns sinônimos e termos correlatos, em português e em inglês, no período de 2007 a 2017. O processo de seleção dos artigos e extração de seus dados foi feito por dois pesquisadores independentes. Resultados: De um total de 58 referências finais analisadas, observou-se em estudos realizados em todas as regiões demográficas do país que a incidência de SC tem crescido. Trinta e seis destes analisaram fatores de risco para a patologia destacando-se assistência pré natal inadequada, baixa escolaridade materna, raça negra, baixo nível socioeconômico, parceiro não tratado e idade materna. Os dados sobre as taxas de incidência e mortalidade de SC no Brasil foram heterogêneos em função da seleção dos trabalhos. Observamos taxas de incidência mais elevadas nos trabalhos entre 2006 a 2015 e nas regiões Centro Oeste, Sudeste e Sul. A menor taxa de incidência foi observada em estados do Nordeste, porém, nessa região foi relatada a maior taxa de mortalidade. Conclusão:Através deste estudo foi possível mapear, na literatura brasileira, alguns dos principais fatores de risco do processo saúde doença da SC nos últimos anos. Ao desdobrarmos essas variáveis, demonstramos direta correlação com condições sociais, econômicas e educacionais das gestantes e ainda, na qualidade do atendimento pré-natal. Há relatos na literatura sobre aumento da incidência de SC no Brasil, porém há poucos dados sobre a mortalidade da SC no país.
Fabiana Jacques, Juliana Simili, Júlio César Vieira, Lauany De Souza, Rodrigo Pinto
Principia: Caminhos da Iniciação Científica, Volume 20, pp 18-18; doi:10.34019/2179-3700.2020.v20.31134

Abstract:
O som, seja pela sua presença ou pela sua ausência, influência e altera a percepção que se tem de um espaço, sendo um qualificador deste espaço e contribuindo para transformá-lo ou não em um lugar. Ainda que exista um domínio da visão sob os demais sentidos, os sons, os odores e as sensações térmicas, mesmo que efêmeros e dinâmicos, não podem ser desconsiderados, haja vista que são responsáveis pela construção das ambiências e consequente construção sensível dos espaços. A Paisagem Sonora ("soundscape"), propõe o estudo do ambiente acústico de maneira sistematizada e contextualizada. Uma paisagem sonora é a extensão do território que se pode escutar, abrangendo todos os sons produzidos no ambiente, sendo também sempre uma criação cultural. O presente projeto de pesquisa propõe um estudo da Paisagem Sonora de Juiz de Fora, mais especificadamente da região do centro urbano da cidade, compreendida no recorte deste estudo como o “Triângulo Central”, espaço que detém parte significativa da história da cidade, apresentando diversos usos e formatações ao longo do tempo. O Triângulo Central representa uma parcela do território urbano dos mais importantes como portador de memória, tratando-se de um dos lugares mais pertinentes para a compreensão do desenvolvimento de Juiz de Fora. Foi proposto também um recorte temporal, datado entre as décadas de 1880 e 1940. Este recorte espacial-temporal justifica-se pela própria relevância histórico-cultural que apresenta para Juiz de Fora. Porém, tendo em vista a densidade dos resultados obtidos até o momento, abordoe-se a primeira década deste recorte, compreendida de 1880 a 1890. O objetivo geral desta pesquisa é resgatar parte da memória sonora da cidade de Juiz de Fora, categorizando os sons destacados como relevantes (histórica e/ou culturalmente) e identificando a transformação da paisagem sonora em meio às transformações dos espaços urbanos. Configura-se como tendo uma abordagem qualitativa, pois não se baseia na representatividade numérica, isto é, os dados são considerados na análise de acordo com qualidade do material coletado, sendo considerados os registros sonoros mais destacadamente relevantes para a pesquisa. Assim, ainda que sejam apresentados dados numéricos neste estudo, estes têm relevância como respaldo à análise qualitativa. Caracteriza-se como uma pesquisa documental, uma vez que trabalha com fontes primárias (jornais) que ainda não receberam um tratamento analítico com o enfoque desta pesquisa. A partir da pesquisa proposta e seus desdobramentos, gerou-se um mapa gráfico-sonoro, com indicativo de sons coletados em cada área, servindo como registro histórico-cultural das percepções sonoras no centro de Juiz de Fora, criando-se um registro da paisagem sonora em tal espaço-tempo.
, Sara Rosa Ramos Fraga, Alexandre Lúcio De Souza Pereira, Michelle Cristina Ferreira Flores Bade
Principia: Caminhos da Iniciação Científica, Volume 20, pp 11-11; doi:10.34019/2179-3700.2020.v20.30953

Abstract:
O artigo apresenta um recorte da pesquisa que teve como fonte as canções para canto e piano do compositor cearense Aloysio de Alencar Pinto. A investigação está inscrita na interface de três grupos de pesquisa que se dedicam à canção brasileira de concerto: Resgate da Canção Brasileira (UFMG), Acervo de Partituras Hermelindo Castelo Branco (UFPel/UFRJ) e Africanias (UFRJ). A metodologia do estudo procurou combinar as propostas dos grupos, visando, por um lado, a divulgação da canção brasileira de concerto e, por outro, oferecer subsídios para fundamentar as decisões interpretativas na construção da performance. O foco dado no texto foi à investigação das africanias nas canções de Aloysio, exemplificando o trabalho a partir das canções “Xangô (Invocação ao Deus do Trovão)” e “Nós viemo aqui cantá (Terno de Reis)”. Os resultados não somente contribuíram para a performance das canções, mas, também, para um verdadeiro encontro com as marcas das ricas matrizes culturais que compõem a diversidade cultural brasileira.
, Caroline Barroso dos Anjos Pinto, Isis Rodrigues Toledo Renhe, Carolina Carvalho Ramos Viana, Ítalo Tuler Perrone, Luiz Fernando Cappa De Oliveira
Principia: Caminhos da Iniciação Científica, Volume 20, pp 9-9; doi:10.34019/2179-3700.2020.v20.30977

Abstract:
Produtos lácteos zero lactose têm se tornado cada vez mais recorrentes no mercado nos últimos anos, devido a pessoas intolerantes á lactose ou mesmo aquelas que optaram por uma dieta restritiva sem este carboidrato. Na produção do doce de leite (DL), a hidrólise da lactose pode promover algumas modificações no produto, destacando-se a intensificação da Reação de Maillard, com consequente aumento da concentração de um composto intermediário desta reação, o 5-hidroximetilfurfural (HMF). Tal fato pode provocar alterações no produto como aumento da viscosidade, intensificação da cor e do dulçor. O processo de homogeneização do leite é uma etapa não obrigatória para produção de DL, e tem como objetivo modificar a microestrutura do produto, gerando uma nova organização da matriz, oriunda principalmente das interações entre os compostos lipídicos e as proteínas do leite. Diante disso, o presente trabalho objetivou a formulação de doce de leite pastoso tradicional e zero lactose, visando avaliar a influência da hidrólise desse carboidrato, assim como também o uso do processo de homogeneização do leite. Foram analisados parâmetros de processo durante a etapa de evaporação (como a taxa de evaporação e o tempo total de evaporação), além da concentração de HMF livre e o teor de lactose residual nos produtos finais. A hidrólise da lactose foi o fator principal que influenciou na cor dos produtos e a homogeneização do leite não apresentou efeito significativo sobre os parâmetros de evaporação monitorados neste estudo, demonstrando que tal operação não modifica as condições de processamento.
Maria Helena Rodrigues Gomes, , Pedro Antônio Alves Fernandes, Vivian Rezende Mota, Isabela Salgado Vargas, Ariane Alves Mendes
Principia: Caminhos da Iniciação Científica, Volume 20, pp 11-11; doi:10.34019/2179-3700.2020.v20.30995

Abstract:
Compreender a dinâmica de corpos d’água e questões pertinentes à gestão de bacias hidrográficas é essencial para atender aos usos múltiplos da água. Nesse contexto, o objetivo do estudo foi analisar a qualidade e quantidade de água no ribeirão das Rosas e mostrar a importância da área de preservação. O ribeirão foi avaliado em três pontos. Para a estimativa da vazão, utilizou-se o método do flutuador, e para a qualidade de água foram analisados quinze parâmetros, posteriormente comparados com as legislações. Identificou-se estatisticamente variabilidade sazonal para os parâmetros de cor aparente, cor verdadeira e sólidos totais. Entre os pontos houve uma notória recuperação da qualidade da água, principalmente em relação ao parâmetro de oxigênio dissolvido (OD). Os parâmetros turbidez, OD, nitrogênio amoniacal, ferro e fósforo apresentaram resultados em desacordo com as concentrações limites estabelecidos pelas legislações em mais de 50% das coletas. Ademais, coletas com maiores valores de vazão possuíam melhora dos valores dos parâmetros, causado pela diluição. Assim, conclui-se que área de preservação se mostrou fundamental para a melhora da qualidade da água. Todavia, se faz necessário o tratamento dos efluentes lançados no ribeirão das Rosas.
, Wesley Badoco Do Vale, Luiz Fernando De Paula Castro, José Martins Paravidino, Ana Luíza Fortes Da Silva, Tamires De Oliveira Prado, Fábio Jacob Da Silveira
Principia: Caminhos da Iniciação Científica, Volume 20, pp 12-12; doi:10.34019/2179-3700.2020.v20.31005

Abstract:
A pressão sobre áreas naturais tem aumentado devido ao modelo artificial disponível nas grandes cidades adensadas com concreto e asfalto e desprovidas de áreas verdes. O parque mais visitado de Minas Gerais é o Parque Estadual do Ibitipoca (PEIb), local ímpar e frágil por suas formações em quartzito e que precisa ser monitorado quanto aos impactos das visitações. Apesar da resiliência ao longo dos anos, é necessário medir a sua capacidade de suporte. Este trabalho apresenta a metodologia criada pelo NAGEA a partir da incorporação de novos elementos à Metodologia de Cifuentes (1992) com intuito de conseguir uma melhor adaptação à realidade brasileira. O novo método traz consigo a criação do fator de correção raízes expostas; alteração no fator acessibilidade através da classificação de rampas médias de 10% para 12%; acréscimo da vegetação lateral no fator de correção brilho solar; a conversão de ocorrências pontuais em lineares; e o uso da distância inclinada ao invés da horizontal. Em abril de 2019 no PEIb, foram monitorados os três roteiros disponíveis à visitação: Janela do Céu, Pico do Pião e Águas. Com o uso de receptores GNSS, as trilhas foram mapeadas e ocorrências como alagamentos, desgaste superficial do solo, raízes expostas e trechos com cobertura vegetal. Os dados foram processados, traçando a planta e o perfil longitudinal de cada trilha, determinando as rampas. Com a aplicação da metodologia, foi obtido os seguintes resultados: 959 visitantes diários em todo PEIb, sendo 152 no Circuito das Águas, 457 no Circuito Janela do Céu e 360 no Circuito Pico do Pião. Contudo, as metodologias de capacidade de suporte não são um fim em si, sendo apenas balizadora para estratégias mais abrangentes e integradas com o planejamento e o monitoramento de indicadores de impactos nas áreas protegidas.
Arthur Mesquita, , Thales Wulfert, , , , Abílio Variz
Principia: Caminhos da Iniciação Científica, Volume 20, pp 11-11; doi:10.34019/2179-3700.2020.v20.30974

Abstract:
Este artigo apresenta uma metodologia para a estimação de fontes de correntes harmônicas em sistemas elétricos de potência a partir do uso da Análise de Componentes Independentes (ICA). Através dos fasores de tensão harmônica complexa obtidos por PMUs (Phasor Measurement Units), os perfis harmônicos podem ser observados e considerados para a estimação das fontes. Um algoritmo baseado em um filtro de média móvel é responsável por dissociar as variações lentas e rápidas dos perfis harmônicos que são empregados à ICA para a estimação das fontes de corrente, rastreando-as ao longo do dia. Simulações computacionais no sistema IEEE 14 Barras são realizadas no intuito de validar a metodologia proposta.
, Tiago Da Rocha Alves, Leone Andrade Campos
Principia: Caminhos da Iniciação Científica, Volume 20, pp 11-11; doi:10.34019/2179-3700.2020.v20.31124

Abstract:
A previsibilidade da vazão disponível para as plantas hidrelétricas alguns dias a frente é de extrema importância para o planejamento e operação do sistema elétrico. É possível obter estas previsões através do uso de modelos hidrológicos que caracterizam a região de estudo. Este trabalho visa aplicar o modelo SMAP a três sub-bacias brasileiras, com o uso de algoritmos de inteligência computacional para a calibração dos parâmetros de chuva. GWO e BA foram os algoritmos utilizados. Os resultados mostraram que o GWO apresentou uma convergência mais rápida, porém os resultados obtidos pelo BA foram melhores.
Emília Marques Brovini, Guilherme Sena Veloso Stefani Moreira, Nathália Da Silva Resende, Simone Jaqueline Cardoso, Renata De Oliveira Pereira, Maria Helena Rodrigues Gomes
Principia: Caminhos da Iniciação Científica, Volume 19, pp 11-11; doi:10.34019/2179-3700.2019.v19.31209

Abstract:
O objetivo do trabalho é realizar uma análise da quantidade e da qualidade físico-química e biológica das águas de um trecho doribeirão Espírito Santo, bem como avaliar a densidade e a riqueza das espécies fitoplanctônicas nas águas e quais nutrientes são determinantes na sua limitação. Foram realizadas 10 coletas ao longo de 5 anos em 3 pontosao longo da baciahidrográfica do ribeirão Espírito Santo.O ponto 1 se encontra em ambiente rural. O ponto 2 está situado após a captação de água da Estação de Tratamento de Água. O ponto 3 transpassa o Distrito Industrial de Juiz de Fora. O ponto 1 apresentou maior influência nos parâmetros físicos e químicos com o aumento da vazão do que os pontos 2 e 3. Fato esse que pode ser explicado pela contribuição do carreamento de compostos pelas chuvas. Algumas vazões medidas apresentaramvalores menores do que a Q7,10, revelando a importância da continuidade do monitoramento.O ponto 2 e 3 são influenciados pelos despejos de efluentes. Isso faz com que suas águas sejam nutricionalmente mais ricas do que o ponto 1, formando um ambiente favorável para adominância fitoplantônica. Ainda assim, o ponto 3 é o mais degradado, possuindo mais parâmetros em desconformidade com as normas.
Rafaella De Souza Salomão Zanette, Gustavo Torres De Souza, Camila Maurmann De Souza, Claudinéia Pereira Maranduba, João Vitor Paes Rettore, Antônio Márcio Resende Do Carmo, Angelo Atalla, Fernando De Sá Silva, Marcelo De Oliveira Santos, Carlos Magno Da Costa Maranduba
Principia: Caminhos da Iniciação Científica, Volume 18, pp 10-10; doi:10.34019/2179-3700.2018.v18.30679

Abstract:
As células-tronco de dentes decíduos exfoliados, isoladas como uma subpopulação das células-tronco da polpa dentária, demonstram possuir a capacidade de se diferenciarem in vitro em neurônios, adipócitos, odontoblastos e osteoblastos. Devido a sua facilidade de obtenção, que não envolve um procedimento invasivo, esta linhagem celular é considerada uma grande promessa para a medicina regenerativa. Os objetivos deste trabalho foram estabelecer e caracterizar duas linhagens de células-tronco de dentes decíduos humanos. As linhagens foram isoladas a partir de amostras de crianças saudáveis de 6 anos de idade. Os resultados mostraram, por citometria de fluxo, que as células foram positivas para marcadores de células-tronco mesenquimais (CD105 (SH2), SH3 e SH4) e negativa para a marcação hematopoiética (CD45) e que as linhagens estabelecidaseram constituídas de uma população homogênea de células-tronco. As células obtidas foram avaliadas quanto a sua proliferação e capacidade de diferenciação osteogênica. As linhagens tiveram estatisticamente a mesma taxa de proliferação e foram capazes de diferenciação osteogênica.
Back to Top Top