Linhas Crí­ticas

Journal Information
ISSN / EISSN : 1516-4896 / 1981-0431
Published by: Universidade de Brasília (10.26512)
Total articles ≅ 747
Current Coverage
DOAJ
Archived in
SHERPA/ROMEO
Filter:

Latest articles in this journal

Linhas Crí­ticas, Volume 26, pp 1-22; https://doi.org/10.26512/lc.v26.2020.36176

Abstract:
Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa realizada com um grupo de crianças entre 7 e 9 anos, na cidade de Belo Horizonte, MG, cujo objetivo foi compreender, a partir dos seus pontos de vista, como foram as experiências cotidianas no contexto pandêmico provocado pela COVID-19. A investigação contou com estratégias metodológicas que envolveram a criação de espaços de narrativas, nos quais as rodas de conversa e as produções multimodais ganharam destaque, permitindo compreender como as crianças lidaram com o tempo das incertezas, dos medos, como se sentiram e compreenderam a complexidade da realidade vivida, como se relacionaram com as escolas e reorganizaram seus mundos.
Linhas Crí­ticas, Volume 26; https://doi.org/10.26512/lc.v26.2020.36262

Abstract:
Este artigo tem como objetivo lançar um olhar para o trânsito da escola de educação infantil para o modo remoto emergencial em função da pandemia de Covid-19. Partindo da compreensão de que esta condição não pode ser considerada educação infantil em sua integralidade, analisaram-se os usos de recursos tecnológicos e as estratégias adotadas por escolas a partir de discussão teórica e entrevistas com gestoras. A solução circunstancial remota buscou garantir a manutenção de vínculos afetivos e da escola como projeto, além de conexões com a cultura e o conhecimento. A análise revelou possibilidades e limites da relação com as tecnologias e iluminou aspectos das relações entre escola e famílias.para o modo remoto emergencial, em função do contexto da pandemia de Covid-19. Busca-se levantarelementos para as pesquisas sobre as relações entre educação e tecnologias a partir de revisão bibliográfica,análise de contexto e entrevistas realizadas com gestoras de escolas públicas e privadas do Estado de SãoPaulo. Pretende-se caracterizar estes trânsitos a partir de uma reflexão sobre as ferramentas tecnológicasadotadas e seus usos. A hipótese é de que buscou-se garantir a manutenção da escola como projeto, com apromoção dos vínculos afetivos e a produção de conhecimento.
Published: 28 April 2021
Linhas Crí­ticas, Volume 26, pp 1-14; https://doi.org/10.26512/lc.v26.2020.36330

Abstract:
Este estudo teórico objetiva examinar os impactos da racionalidade tecnológica sobre a educação dos corpos infantis em tempos pandêmicos. Parte da recomposição do processo de escolarização, ocasionada pela crise sanitária gerada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2), para avaliar possíveis repercussões sobre a formação corporal no contexto de ensino remoto. Baseia-se nas contribuições da Teoria Crítica da Sociedade e, embora reconheça a importância de futuros cotejamentos com dados empíricos, já identifica indícios da persistência de uma lógica produtiva, típica do mundo administrado, uma vez que o corpo continua sendo convocado a se submeter e a se sacrificar.
Published: 28 April 2021
Linhas Crí­ticas, Volume 26, pp 1-18; https://doi.org/10.26512/lc.v26.2020.36298

Abstract:
El artículo reflexiona sobre el impacto de la pandemia de COVID19 en la niñez migrante latinoamericana, desde la Sociología de la Infancia y un marco global de crisis. Mediante análisis documental, los resultados muestran que el confinamiento ha afectado negativamente la salud mental infantil, aunque también se pueden contagiar del virus; si bien, la mayoría de los países implementó programas de educación a distancia, las familias excluidas no disponen de condiciones materiales (como acceso a internet o computador), enfatizando las desigualdades sociales. Se concluye que la pandemia ha alterado la vida de la infancia migrante y se recomiendan mayores estudios científicos y políticas públicas.
Published: 18 January 2021
Linhas Crí­ticas, Volume 26, pp 1-20; https://doi.org/10.26512/lc.v26.2020.33976

Abstract:
O artigo apresenta reflexões iniciais de pesquisa que discute a categoria conceitual bebês na área da Educação. O recorte emerge da leitura de entrevistas semiestruturadas realizadas com um grupo de mulheres-mães e indaga: o que suas narrativas permitem compreender sobre olhares e concepções sobre ser bebê? Escutar mulheres-mães mobiliza a circularidade de sentidos e apostas que apontam a necessidade da sociedade, de modo mais estrutural, assumir a prerrogativa de que é preciso incluir os bebês (Ploennes, 2014). Gottlieb (2012), Scavone (2001; 2004), Rezende (2015), referendam a tessitura do trabalho.
Published: 16 December 2020
Linhas Crí­ticas, Volume 26, pp 1-20; https://doi.org/10.26512/lc.v26.2020.34110

Abstract:
A Covid-19 impactou quotidianos familiares, econômico-laborais, socioculturais, incluindo a infância. Focadas no período de confinamento e em dois estudos qualitativos no Brasil e em Portugal, analisamos: i) medidas e recomendações oficiais da COVID-19 para a educação infantil (pesquisa documental); ii) como o currículo e as práticas pedagógicas foram reconfigurados por educadoras brasileiras (entrevistas) e educadoras portuguesas (publicações no Facebook). Não generalizando ou comparando realidades sociopolíticas, educativas e profissionais diferentes, reflete-se sobre o valor da educação infantil no bem-estar infantil e discute-se as (im)possibilidades de desenvolver o currículo e as práticas pedagógicas a distância e na impessoalidade tecnológica.
Published: 14 December 2020
Linhas Crí­ticas, Volume 26, pp 1-15; https://doi.org/10.26512/lc.v26.2020.34605

Abstract:
El presente artículo expone cómo la escritura de cuentos constituye una estrategia para desarrollar el proceso escritor de niños y niñas. El estudio tiene un método mixto, alcance descriptivo, y se realizó desde el análisis de los escritos elaborados por un grupo de 28 estudiantes de tercer grado de básica primaria de una Institución Educativa en Chía, Cundinamarca, Colombia. Para ello, se diseñaron dos unidades didácticas con el fin de implementar la escritura de cuentos como estrategia metodológica, y se elaboró una rúbrica de evaluación como instrumento de análisis y seguimiento del proceso escritural. El proceso implementado se reflejó en el mejoramiento de la calidad de los escritos.
Published: 9 December 2020
Linhas Crí­ticas, Volume 26, pp 1-19; https://doi.org/10.26512/lc.v26.2020.34075

Abstract:
O artigo problematiza a experiência de pesquisar os arquivos de Michel Foucault, depositados na Biblioteca Nacional da França. Relata como se tornaram Tesouro Nacional e explica como estão organizados. Junto a essa experiência, apresenta o Foucault pesquisador e suas incursões pelas bibliotecas e o seu fascínio pelos arquivos. Localiza as fontes usadas para algumas de suas obras a partir de entrevistas, livros, apresentações, introduções escritas por ele mesmo, pelo biógrafo Didier Eribon, por seus debatedores e por declarações daqueles que o conheceram. Constrói um retrato do Foucault pesquisador e seu minucioso trabalho com os arquivos que resultou em sua produção teórica. O trabalho recebeu financiamento da CAPES ”“ Brasil. Código de Financiamento 001.
Published: 8 December 2020
Linhas Crí­ticas, Volume 26, pp 1-15; https://doi.org/10.26512/lc.v26.2020.34246

Abstract:
O presente artigo resulta de um estudo teórico sobre a avaliação. Partiu de pesquisadores que constituem leitura clássica sobre a temática e produções recentes que apresentam uma visão crítica sobre o ato de avaliar. Propôs-se compreender o significado da avaliação com aporte na Teoria Histórico-Cultural que tem no Materialismo Histórico-Dialético os fundamentos para compreender a constituição da psique humana. Constatou-se que o significado da avaliação é proveniente dos processos de trabalho - atividade que marca o desenvolvimento humano. A avaliação educacional é condizente com os fins estabelecidos para a educação e a concepção de avaliação é definidora dos procedimentos avaliativos.
Published: 1 December 2020
Linhas Crí­ticas, Volume 26, pp 1-13; https://doi.org/10.26512/lc.v26.2020.32969

Abstract:
O artigo discute a obrigatoriedade da educação infantil no Brasil, apresentando um panorama da oferta de matrículas nas creches e pré-escolas no período de 2014-2018. Como a obrigatoriedade na educação infantil tem se consolidado na política nacional? Há vagas no segmento da educação infantil para todas as crianças brasileiras? Para responder a estas questões, realizamos uma pesquisa utilizando dados divulgados pelo Inep e pelo IBGE. Apesar da obrigatoriedade escolar na pré-escola estar próxima de atingir as metas estabelecidas pelas políticas públicas, os dados indicam a necessidade de investimentos significativos no segmento creche.
Back to Top Top