Journal Information
EISSN : 2594-5033
Total articles ≅ 139
Current Coverage
DOAJ
Filter:

Latest articles in this journal

Felipe Rangel Tavares
Abstract:
Apreendemos a metropolização do espaço enquanto processo socioespacial biopolítico. A partir da análise das remoções ocorridas no Morro da Providência-RJ, no âmbito da Operação Urbana Consorciada da Região Portuária do Rio de Janeiro e do Programa Morar Carioca, objetivamos analisar a espacialidade biopolítica na metrópole contemporânea. Após relacionar o processo de metropolização às relações de poder que inscrevem a biopolítica no espaço, buscamos um diálogo entre Michel Foucault e Henri Lefebvre, em torno dos conceitos de “meio” e “espaço instrumental”. Propomos a tríade analítica inscrição-prescrição-ordenação para examinar os projetos e intervenções urbanas que promovem o “estranhamento espacialmente construído” e a “desumanização espacialmente forjada”, processos espaciais que esvaziam a substância política que constitui o ser social.
Abstract:
O espaço geográfico da cidade é uma produção coletiva, que se torna privado, (re) produzido em função de interesses, necessidades e objetivos do homem. O presente trabalho analisou a expansão e valorização imobiliária da malha urbana de Itabaiana/Se nos últimos vinte anos. Esse é trabalhado numa perspectiva empírico-analítica com foco em dados qualitativos e quantitativos. O crescimento do espaço urbano de Itabaiana teve impulso, quando do desenvolvimento econômico-industrial e da abertura da BR-235. No século XXI, Itabaiana já conta com um aglomerado urbano consolidado e em constante mutação, a partir da ação de promotores imobiliários, que justificam o fato de uma cidade nascer como obra histórica e humana, advindo de necessidades, desejos e aspirações.
Abstract:
O objetivo do artigo é apresentar o contexto histórico no qual o Zoneamento Ecológico-Econômico (ZEE) foi instituído no Brasil, os marcos legais que o regulamentam e suas diretrizes metodológicas básicas. Trata-se de uma pesquisa básica e documental cujas diretrizes metodológicas básicas partiu da elaboração dos projetos de Zoneamento Ecológico-Econômico estabelecidas pelo Decreto Federal nº 4.297/2002. O trabalho apontou que o Programa de ZEE em quase quarenta anos avançou pouco e nem todas as unidades da federação executaram seus projetos. Os poucos avanços verificados, contudo, confirmam que o ZEE é um excelente instrumento de gestão territorial, atual e relevante, podendo alavancar outros instrumentos para uma gestão territorial mais sustentável.
Alex Dias de Jesus
Abstract:
Este artigo tem o objetivo de analisar as experiências de convivência com o semiárido nas comunidades camponesas de Mumbuca e Sobrado, localizadas respectivamente nos municípios de Bom Jesus da Serra e Encruzilhada, Bahia. Tais experiências foram mediadas pela Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA). A metodologia empregada envolveu revisão bibliográfica, levantamento de dados secundários sobre estrutura fundiária e principalmente a aplicação de questionários com os camponeses residentes nas localidades. Os resultados obtidos permitem apontar que as experiências de convivência com o semiárido, mediadas pela ASA, contribuíram para maior acesso à água e para a melhoria das condições de vida da população residente nessas comunidades.
, Mabel Da Fonseca Lyra
Geopauta, Volume 5, pp 128-142; https://doi.org/10.22481/rg.v5i1.8096

Abstract:
Objetivou analisar áreas verdes em bairro turístico na cidade de Maceió, Alagoas, a partir dos critérios de espacialização e conservação destes espaços. Tomou-se o bairro Pajuçara como objeto de estudo por apresentar formas de ocupação do solo variada, apesar da sua reduzida dimensão territorial. O método consistiu na análise cartográfica das áreas verdes existentes e visitas in loco com vistas a verificar o estado de conservação das áreas verdes e da vegetação. Os resultados apontaram distribuição desigual das áreas verdes, cuja concentração está vinculada à valorização da orla marítima turística e seu entorno com edifícios de alto padrão e hotéis, contrariamente à fração interna do bairro, ocupada por população de menor poder econômico, onde as áreas verdes são inexistentes.
Nádia Sampaio, Luana de Araújos dos Reis, Luciana Araújo dos Reis Reis
Geopauta, Volume 5, pp 38-65; https://doi.org/10.22481/rg.v5i1.6192

Abstract:
Este ensaio examina os sentidos de velhice nas imagens da mulher idosa presentes em quatro contos infantis escritos pelos autores Jacob Ludwing Carl Grimm e Wilhelm Carl Grimm oferecendo uma reflexão acerca da noção sobre a velhice, diante da realidade demográfica do Brasil. Para tanto, analisamos a violência simbólica associada aos estigmas e rótulos relacionados à velhice e discorremos sobre o processo de envelhecimento populacional, notadamente, a feminização da velhice no espaço urbano e o papel social desempenhado pelas idosas. Dessa maneira, recorremos em nossa fundamentação teórica, às contribuições de autores que tratam da velhice, do poder e violência simbólicos, bem como aos aportes da Análise do Discurso de linha francesa
Thaísa Bruna Costa Nascimento,
Geopauta, Volume 5, pp 238-266; https://doi.org/10.22481/rg.v5i1.7053

Abstract:
O trabalho objetiva analisar o desenvolvimento socioeconômico do município de São Miguel/RN, localizado no Alto Oeste Potiguar e seus determinantes de (2000-2010), por meio do Índice de Vulnerabilidade Social (IVS). Utilizou-se pesquisa bibliográfica e levantamento de dados nos sites do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado mais expressivo apontou a melhoria das três dimensões e, por consequência, do índice geral, acompanhando o comportamento de outras pesquisas que fizeram uso de indicadores socioeconômicos. Não obstante, tem-se que reconhecer a condição de alta vulnerabilidade social identificada em 2010, sinalizando a necessidade de esforços continuados, especialmente por parte do Poder Público, para superação dos problemas socioeconômicos.
Jane Mary Lima Castro, Meirilane Rodrigues Maia
Geopauta, Volume 5, pp 217-237; https://doi.org/10.22481/rg.v5i1.7749

Abstract:
Este artigo tem o propósito de discutir a dinâmica do uso do solo na bacia do rio Carnaíba de Dentro - Bahia, bem como diagnosticar suas interações socioambientais. Os procedimentos metodológicos compreenderam elaboração de mapa temático; trabalho de campo (com aplicação de questionários, registro fotográfico, ficha de campo) análise de dados. Os resultados da pesquisa retrataram uma problemática socioambiental com inferências da intervenção humana para a degradação ambiental da bacia do rio Carnaíba de Dentro: desmatamento, represamento da água por meio da construção de reservatórios, resíduos sólidos e efluentes urbanos, queimadas, poluição do ar, água e solo, esgotamento sanitário, exploração mineral, uso de agrotóxicos, aterramentos de rios e lagoas, ocupação humana irregular e desordenada nas margens dos rios, compactação e impermeabilização do solo por meio da construção da ferrovia, parque eólico e barragem de rejeitos da Bahia Mineração (BAMIN).
, Lissette Vaca
Geopauta, Volume 5, pp 26-37; https://doi.org/10.22481/rg.v5i1.8173

Abstract:
Este artículo tiene como objetivo proporcionar un análisis desde el enfoque de gestión de riesgos, las acciones y decisiones tomadas, y dar una visión técnica del futuro que no se espera en relación al manejo de la pandemia, incluyendo la descripción del comportamiento social de cara de ciertas restricciones estables en el país. La pandemia provocada por el virus SARS-COV2 presenta numerosas desigualdades sociales existentes, un sistema de salud fallido y desatendido, principalmente en los países en vías de desarrollo, como es el caso de la mayoría de países latinoamericanos. Ecuador fue uno de los primeros países de América Latina en ser afectado por el Virus traído por migrantes ecuatorianos desde España e Italia, oprimidos por el contagio del Covid-19.
Silvia Heleny Gomes da Silva,
Geopauta, Volume 5, pp 66-88; https://doi.org/10.22481/rg.v5i1.7984

Abstract:
Esse artigo traz como proposta de discussão os desafios e aprendizados resultantes da experiência do Estágio Curricular em Geografia III (ECG) e o Ensino Remoto Emergencial (ERE) no contexto da pandemia da Covid-19. Tomou-se como ponto de partida as práticas realizadas pelos estudantes de licenciatura em geografia da Universidade Federal do Ceará (UFC) junto dos seus respectivos professores supervisores do estágio, que atuam na educação básica da Prefeitura Municipal de Fortaleza/CE e Região Metropolitana e no ensino privado, em específico no ensino fundamental II (6º ao 9º ano) com a geografia escolar. Foi realizada uma análise das trocas dos saberes e sentires resultantes dessa experiência atípica na realização do estágio à docência.
Back to Top Top