ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA

Journal Information
EISSN : 19811179
Total articles ≅ 1,797
Filter:

Latest articles in this journal

Paulo Cézar Da Silva Souza, Antoniel Dos Santos Gomes Filho
ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, Volume 14, pp 737-745; doi:10.14295/idonline.v14i49.2127

The publisher has not yet granted permission to display this abstract.
Débora Aparecida Beneval Bento, Mardja Keyla Alencar De Oliveira, Maria Clara Torres E Souza, Renata Francy Lucena Senhor, Patricia Ferreira Alves, Maria Do Socorro Vandelande De Araujo, Elizangela Beneval Bento
ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, Volume 14, pp 725-736; doi:10.14295/idonline.v14i49.2390

The publisher has not yet granted permission to display this abstract.
Charles Gomes De Souza, Patrícia Maria Coelho, Carolina Souza Almeida
ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, Volume 14, pp 340-359; doi:10.14295/idonline.v14i49.2340

Abstract:
As próteses provisórias são dispositivos que tem por objetivo auxiliar o tratamento de reabilitação oral. Para esta finalidade, a resina bisacrílica tem se destacado por ser um produto com muitas características positivas como menor percentual de contração de polimerização, maior resistência a flexão e melhor adaptação marginal. Neste contexto, o objetivo deste estudo foi realizar uma revisão bibliográfica acerca da resina bisacrílica, destacando pesquisas sobre sua resistência com base na literatura recente. Foram pesquisados estudos que tenham relação com o tema selecionado em diversas bases de dados, e incluídos estudos dos últimos 10 anos. Diante dos padrões normativos das restaurações provisórias, a resina bisacrílica se mostra capaz de ser seguramente utilizada nestes procedimentos. No entanto, ainda há uma ausência de consenso no que diz respeito à sua superioridade em relação a outros materiais, quando avaliada a resistência dos mesmos.
Rayanne De Lima Santos, Clarissa De Pontes Vieira Nogueira
ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, Volume 14, pp 64-81; doi:10.14295/idonline.v14i49.2311

The publisher has not yet granted permission to display this abstract.
Fábia Janaína Marciel Da Silva, Aldenir De Araujo Saraiva
ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, Volume 14, pp 427-435; doi:10.14295/idonline.v14i49.2346

Abstract:
Este artigo traz uma pequena análise das dificuldades verificadas no cotidiano do trabalho do professor, desde os contextos pessoais, como aqueles que podem ser analisadas nas práticas do processo educacional, mais especificamente no ambiente de planejamento, de formação e de sua prática pedagógica, analisando alguns aspectos voltados à sua atuação, bem como a relação que existe entre o trabalho do professor com seu perfil pessoal, que engloba aspectos individuais, sociais, ligados à sua profissão, descrevendo como o empenho pessoal e a luta pela valorização da sua profissão influencia seu reconhecimento profissional. Da mesma forma que destaca a relação entre sujeito de aprendizagem com o ensino de forma a melhorar o andamento deste processo que não é unilateral, e sim, dinâmico e coletivo.
Yuri Lopes Nassar, Andrea Marques Da Silva Pires, Igor Marcelo Castro E Silva
ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, Volume 14, pp 671-676; doi:10.14295/idonline.v14i49.2364

Abstract:
O uso de drogas psicotrópicas na sociedade brasileira mostra-se uma verdadeira epidemia Estima-se que 12,3% da população seja dependente de álcool e 10,1% de tabaco, evidenciando, também, que o uso de outras drogas corresponde a 22,8% da população, índice bem superior a outros países da América do Sul. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão de literatura do uso de drogas psicotrópicas em meio acadêmico médico, com enfoque em nas diversas pesquisas realizadas pelo Centro Brasileiro de Informações de Drogas Psicotrópicas. Os estudos sobre os hábitos de consumo de drogas psicoativas por estudantes de medicina tornam-se fundamental para estabelecer medidas em prevenção de agravos, promoção de saúde e transformação de mentalidade desses estudantes.
Maria Nizete Tavares Alves, Julio César Cardozo Rolón, Márcia Cristina Moraes Cotas Videira
ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, Volume 14, pp 652-670; doi:10.14295/idonline.v14i49.2383

The publisher has not yet granted permission to display this abstract.
Débora Duarte Corrêa Ferreira Maia, Leinad De Carvalho Silva
ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, Volume 14, pp 588-600; doi:10.14295/idonline.v14i49.2373

The publisher has not yet granted permission to display this abstract.
Gustavo Wadson Vieira Dos Santos, Raimundo Nonato Lima Filho, Agnaldo Batista Da Silva
ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, Volume 14, pp 170-183; doi:10.14295/idonline.v14i49.1808

The publisher has not yet granted permission to display this abstract.
Francisco Marcôncio Targino De Moura, Albanisa Gomes De Moura Carvalho, Maria Auxiliadora Cavalcante Ventura Sá, Kemilly Mendonça Maciel Ventura De Vasconcelos
ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, Volume 14, pp 248-256; doi:10.14295/idonline.v14i49.2319

Abstract:
As críticas às escolas trazem ao docente o desafio de reinventar-se para que a função do professor encontre-se em sentido e valor, atuando como mediador na promoção do equilíbrio do ensino e aprendizagem. As questões norteadoras dessa pesquisa foram: a) Como os professores planejam a gestão do tempo pedagógico de aula na perspectiva de melhoria de aprendizagem? b) Quais desafios apresentam os professores quanto ao redesenho da gestão do seu tempo pedagógico de aula? e c) Quais sugestões apontam os professores para melhorias do redesenho do tempo pedagógico de aula? Nosso objetivo geral nesta pesquisa foi investigar o redesenho do tempo pedagógico de aula do Ensino Médio de um Colégio Jesuíta, a partir do discurso docente quanto à execução, desafios e possibilidades para a melhoria da aprendizagem discente. Mais especificamente pretendemos: a) Analisar como os professores planejam a gestão do tempo pedagógico de aula na perspectiva da melhoria de aprendizagem discente; b) Identificar os desafios apresentados pelos professores para o redesenho do tempo pedagógico da aula no Ensino Médio e c) Apresentar as sugestões apontadas pelos professores para a melhoria do projeto do redesenho do tempo pedagógico de aula. Nossa pesquisa teve uma abordagem qualitativa, onde o método escolhido foi o Estudo de Caso. Nesse primeiro momento trabalhamos apenas com a coleta de documentos como instrumento de pesquisa. Assumir o redesenho do tempo de aula, pelas análises preliminares do planejamento e plano de aulas, nos levaram a observar que a resignificação desse ato e instrumento citado proporcionou também que o professor passasse a refletir sobre sua prática de forma a proporcionar ao aluno assumir o protagonismo de sua aprendizagem.
Back to Top Top