Significação: Revista de Cultura Audiovisual

Journal Information
ISSN / EISSN : 1516-4330 / 2316-7114
Total articles ≅ 618
Current Coverage
DOAJ
Archived in
SHERPA/ROMEO
Filter:

Latest articles in this journal

Mayara Araujo, Krystal Urbano
Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Volume 48, pp 273-293; doi:10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.165175

Abstract:
O artigo discute a instrumentalização do soft power japonês através dos discursos veiculados sobre o Japão e seu relacionamento com os países vizinhos encontrados no reality show Ainori Love Van: Asian Journey (2017-2019), disponível na Netflix. Para tanto, damos enfoque ao caso de Taiwan, um dos destinos turísticos visitados pelos participantes da primeira temporada do referido programa. Os resultados da pesquisa apontam que o programa tenta desconstruir a memória negativa associada ao imperialismo japonês, iniciado no século XX, na medida em que reforça a ideia amplamente difundida de que o Japão é cool.
Erika Amaral
Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Volume 48, pp 294-300; doi:10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.169598

Abstract:
Nos últimos anos, no Brasil, o cinema dirigido por mulheres tem sido reconhecido em sua importância por meio de publicações como Mulheres de cinema, organizado por Karla Holanda. Majoritariamente escrita por pesquisadoras brasileiras, a coletânea de 22 artigos se volta para o cinema de autoria feminina em sua riqueza de origens, temporalidades, gêneros e temáticas, de modo a contribuir para o aprofundamento do conhecimento sobre filmes escritos, dirigidos, estrelados e produzidos por mulheres no campo de estudos de cinema.
Maria Helena Braga E Vaz Da Costa
Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Volume 48, pp 74-95; doi:10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.171895

Abstract:
Este artigo propõe investigar as particularidades das representações do espaço urbano e da paisagem arquitetônica da cidade do Recife nos filmes Deserto feliz (2008), de Paulo Caldas, Um lugar ao sol (2009), de Gabriel Mascaro, e Aquarius (2016), de Kleber Mendonça Filho. Discute-se aqui sobre como essas representações servem como estruturas que delineiam a imaginação geográfica sobre o espaço e a paisagem recifense, atribuindo significado à experiência de vivência do lugar e à correlação existente entre as paisagens real e fílmica da cidade, contextualizadas em uma ordem socioespacial que se institui como heterotópica.
Vitor Cerqueira Dassie
Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Volume 48, pp 96-117; doi:10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.171041

Abstract:
Ventos de Agosto, de Gabriel Mascaro, retrata a luta de uma pequena comunidade de pescadores de Alagoas ao tornar-se consciente das diversas correntes que a invadem. Representadas pelo avanço do mar sobre o cemitério local, a força descomunal destas correntes vem erodindo seus espaços de memória e ameaçando sua sobrevivência como sociedade. A ideia de entrelugar, debatida no Brasil como um espaço de afirmação e resistência ao apagamento social, encontra em Mascaro um ponto de transição em que a disparidade observada entre as forças em questão aponta para uma interculturalidade precária diante de tal desproporcionalidade e para uma ansiedade por sobrevivência e memorialização.
Mariana Amaro, Suely Fragoso, Fabiana Freitas
Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Volume 48, pp 250-272; doi:10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.168642

Abstract:
Este artigo aborda o impacto das imagens dos mundos de jogo sobre as práticas espaciais dos jogadores. Inicia lembrando que as imagens não são ingênuas e passa à revisão da literatura sobre a carga ideológica de dois tipos de imagens comuns em jogos digitais: mapas e projeções em perspectiva. Considerações sobre o papel mediador das imagens dos mundos de jogo destacam a interdependência das práticas espaciais conhecidas como mapeamento e percurso. Mapas e perspectiva reificam os valores e crenças Modernos, mas sua ocorrência conjunta destaca o hibridismo da experiência espacial. Nos games, esse potencial é intensificado pela aparente liberdade de controle do ponto de vista.
Leonardo Bomfim Pedrosa, Cristiane Freitas Gutfreind
Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Volume 48, pp 153-170; doi:10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.167447

Abstract:
A partir da ideia de configuração (Badiou, 1998) de imagens de primeiros planos frontais, observados em filmes de John Ford, Alfred Hitchcock, Major Thomaz Reis, Julio Bressane e James Williamson, o artigo investiga de que forma “os sinais instáveis da imagem cinematográfica” (Lindeperg, 2013) são capazes de introduzir uma contradição e, por vezes, confrontar diversos tipos de discursos de autoridade que podem existir em um filme, a partir de um acontecimento disruptivo.
Sebastian Jorge Morales Escoffier
Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Volume 48, pp 171-189; doi:10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.165686

Abstract:
La instauración del digital ha llevado al cine a una crisis identitaria. Lo digital pone en cuestión los modos de producción, distribución y consumo del cine institucional o clásico. De ahí que algunos autores han proclamado la muerte del cine como se lo ha conocido a lo largo del siglo XX. El propósito de este artículo es discutir los alcances teóricos que implica la aceptación de esta crisis identitaria. Así, se revisitan los conceptos clásicos del cine a la luz de los cuestionamientos propuestos por el digital.
Liciane Timoteo de Mamede
Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Volume 48, pp 231-249; doi:10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.168468

Abstract:
O artigo aproxima dois filmes de compilação, Paris 1900 (Nicole Vedrès, 1946) e Le souvenir d’un avenir (Chris Marker e Yannick Bellon, 2001), propondo-se a fazer uma análise comparativa a partir da forma como, a fim de tratar de uma mesma temática (tal seja, a guerra enquanto evento traumático e o dever de memória), eles acabam por adotar estratégias enunciativas parecidas, que consistem principalmente em criar um efeito de sentido de dupla temporalidade das imagens, de maneira a congregar presente e futuro diegéticos num único bloco de significação. A metodologia centra-se na análise fílmica, na análise do discurso, além dos pensamentos de Bazin, Didi-Huberman e Rancière, entre outros.
Cláudia Mesquita, Roberta Veiga
Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Volume 48, pp 17-35; doi:10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.168457

Abstract:
Retomamos o primeiro longa-metragem dirigido por uma mulher negra em Cuba, De cierta manera (1974-1977), de Sara Gómez, apostando na dialética e na potência da separação (ficção, documentário) como condições de expressão de um cinema político engajado na transformação sócio-histórica e na produção de consciência crítica. Concebemos a dialética e a figura da limiaridade a partir de três pares fundamentais que se desmembram e se atravessam: ficção-documentário, que estrutura o mecanismo do filme; revolução-marginalização, fundante do argumento e assumido como temática central; e o par machismo-feminismo, que analisamos mais detidamente a partir da narrativa, do mise-en-scène e da montagem.
Eduardo Victorio Morettin
Significação: Revista de Cultura Audiovisual, Volume 48, pp 12-16; doi:10.11606/issn.2316-7114.sig.2021.180986

Abstract:
Resumo Apresentação da edição 55
Back to Top Top