Revista Economia & Gestão

Journal Information
ISSN / EISSN : 1678-8982 / 1984-6606
Total articles ≅ 373
Archived in
EBSCO
Filter:

Latest articles in this journal

Suélem Viana Macedo, Josiel Lopes Valadares
Revista Economia & Gestão, Volume 20, pp 25-43; https://doi.org/10.5752/p.1984-6606.2020v20n57p25-43

Abstract:
O estudo tem como objetivo geral examinar a disponibilidade de dados abertos nos portais eletrônicos dos poderes executivos dos estados brasileiros. Com relação aos procedimentos metodológicos, a técnica de coleta de dados empregada foi a análise dos Portais de Dados Abertos e do Portal da Transparência dos vinte seis estados brasileiros e do Distrito Federal. Os dados primários foram coletados a partir de um protocolo de análise, que contemplou análise de dez itens diferentes, sendo que cada um deles foi agrupado em uma das quatro dimensões elaboradas. Os resultados sugerem que, apesar dos avanços, a publicação estruturada de arquivos em formatos abertos nos governos estaduais ainda é incipiente. As evidências empíricas também indicaram que a regulamentação local dessa política baixa, que ainda há pouco suporte ao cidadão que busca pelos dados abertos e que os dados orçamentários e financeiros são os mais divulgados em formato aberto.
Patricia Carla Reis, Anne Cavalcanti da Silva, Edvânia de Oliveira
Revista Economia & Gestão, Volume 20, pp 103-110; https://doi.org/10.5752/p.1984-6606.2020v20n57p103-110

Abstract:
O presente caso para ensino apoia-se no filme, lançado em 2001, “Uma Mente Brilhante” (A Beautiful Mind), o qual é dirigido por Ron Howard, e se baseia na história real do matemático John Forber Nash (1928-2015). Procura-se por meio do relato de duas cenas do filme, estimular os discentes a refletirem sobre os conceitos de competência e habilidade social e o papel central desses conceitos no desenvolvimento humano e nas relações interpessoais. O caso tem sua aplicação destinada às disciplinas da área de gestão de pessoas e administração que foquem competências comportamentais, e pretende auxiliar o profissional de educação no trabalho deste tema em sala de aula.
Frederico Cesar Mafra Pereira, Ricardo César Alves, Décio Ângelo Ribeiro Passos
Revista Economia & Gestão, Volume 20, pp 127-142; https://doi.org/10.5752/p.1984-6606.2020v20n57p127-142

Abstract:
Este artigo teve como objetivo principal analisar os fatores críticos necessários à implementação do modelo de negócios de uma empresa inovadora do tipo startup, tendo como foco a Ioasys Desenvolvimento de Sistemas. Através de um estudo de caso de abordagem descritiva qualitativa, foram realizadas entrevistas individuais em profundidade com os sócios, gestores e colaboradores desta startup. Os resultados demonstram que a empresa definiu seu modelo de negócio em função da demanda do mercado e que em nenhum momento elegeu um determinado modelo preconizado pela literatura. Verificou-se também que a empresa precisa ajustar alguns processos internos de gestão, formatar um plano estratégico e estipular objetivos para os próximos anos, analisando o caminho percorrido e os resultados alcançados, além de estruturar o próprio processo de inovação interno.
José Adroaldo Parcianello, Vania De Fátima Barros Estivalete, Jefferson Menezes de Oliveira
Revista Economia & Gestão, Volume 20, pp 63-80; https://doi.org/10.5752/p.1984-6606.2020v20n57p63-80

Abstract:
O presente estudo de caso buscou investigar a percepção dos servidores de uma instituição federal de ensino em relação à Qualidade de Vida no Trabalho (QVT), de forma a subsidiar o estabelecimento de estratégias de melhoria.Os principais resultados da pesquisa sinalizam que os usuários das ações de QVT avaliam positivamente os serviços prestados pela instituição. Por outro lado, uma parcela significativa dos servidores desconhece as ações de QVT oferecidas pela instituição, podendo sinalizar a necessidade de divulgações mais efetivas.Em relação à aplicação do modelo de Walton (1973), destaca-se que as principais oportunidades de melhoria estão centralizadas em torno do fator “Condições de Trabalho”, dadas as menores médias. Atenta-se para a necessidade de acompanhamentos mais efetivos junto aos diversos locais de trabalho dos servidores, de forma a oferecer melhores condições de trabalho.
Maria Elisa Brandão Bernardes, Luiz Antônio De Assis Ferreira, Carla Xavier Dos Santos Kaufmann, Vanja Abdallah Ferreira
Revista Economia & Gestão, Volume 20, pp 81-102; https://doi.org/10.5752/p.1984-6606.2020v20n57p81-102

Abstract:
O contexto pluralista concerne as organizações onde há acentuada pressão de stakeholders e reguladores, cujadistribuição de poder internamente é difusa e onde o processo de trabalho éfortemente baseado no conhecimentoespecializado. Pesquisadores tem buscado entender melhor os desafios estratégicos nessas organizações, pois nelas hágrande dificuldade de coordenação e de engajamento para a busca de resultados coletivos. Alguns estudos apontam parao impacto positivo de práticas capitaneadas pela área de gestão de RH e para o papel das lideranças, agenciadoras deestruturas de coesão, para superar as dificuldades. A pesquisa descrita neste artigo investigou o efeito da capacitação emgestão para as lideranças de uma organização pluralista, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), promovida pela área deGestão de RH com vistas a melhorar seu alinhamento estratégico. A análise dos achados, ancorada na perspectiva que foca práticas, identificou pelo menos quatro aspectos onde a capacitação contribuiu para incremento das práticas dos egressos que levam ao alinhamento: na ampliação da visão sistêmica, na adoção de práticas de planejamento e controle, na melhoria do exercício da liderança e na promoção da gestão de significados (sensemaking).
, Sandra Rolim Ensslin
Revista Economia & Gestão, Volume 20, pp 44-62; https://doi.org/10.5752/p.1984-6606.2020v20n57p44-62

Abstract:
Esta pesquisa objetiva analisar e identificar lacunas de pesquisa do fragmento da literatura de Avaliação de Desempenho (AD) dos Estilos de Liderança (EL). Portanto, utilizou-se de uma abordagem qualitativa por meio do Knowledge Development Process-Constructivist (ProKnow-C), para seleção do fragmento da literatura, bem como a identificação, análise e reflexão das características estabelecidas. A AD propicia informações para amparar as atividades dos líderes, gerar melhorias contínuas para as organizações que estes comandam, bem como possibilita a mensuração do próprio desempenho destes. Salienta-se a importância de se analisar como a comunidade científica debate esse tema. Sendo assim, identificou-se nove elementos como oportunidades de pesquisas científicas, além de onze desafios profissionais para gestores com função de liderança. Com base no conhecimento proporcionado por esta pesquisa, estudos de AD dos EL representam uma área seminal para futuras pesquisas a serem exploradas.
Edivan Alexandre Ferreira, , Antonio Messias Valdevino, Brena Carolina De Oliveira Silva
Revista Economia & Gestão, Volume 20, pp 111-126; https://doi.org/10.5752/p.1984-6606.2020v20n57p111-126

Abstract:
O caso apresenta a narrativa da Zenir Móveis e Eletros, uma rede de lojas que atua, por decisão estratégica, exclusivamente no território cearense. O enredo apresenta as decisões tomadas quanto aos métodos utilizados para a expansão da empresa, e outros aspectos relacionados à aplicação dos recursos físicos, materiais, humanos entre outros. Assim, prestes a atingir o limite de municípios no estado do Ceará que atende às especificidades da metodologia aplicada pela organização, o caso convida o aluno a elucidar a situação-problema de qual deve ser o novo ambiente de atuação da Zenir.
Matheus Campregher, Silvio Antonio Ferraz Cario, Sebastião Lauro Nau
Revista Economia & Gestão, Volume 20, pp 4-24; https://doi.org/10.5752/p.1984-6606.2020v20n57p4-24

Abstract:
Atualmente as grandes empresas estão cada vez mais próximas das startups. Para reduzir o risco do relacionamento e aumentar a segurança jurídica, entende-se que a propriedade intelectual necessita ser incorporada à tomada de decisão da empresa. Desta forma, buscou-se analisar junto às empresas de grande porte brasileiras associadas à ANPEI (Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras) se a propriedade intelectual é um fator relevante em suas estratégias de relacionamento com startups. Para tanto, uma pesquisa exploratória mista (quantitativa e qualitativa) intencional foi realizada utilizando um questionário enviado para 100% das empresas qualificadas (73) como respondentes pela associação supracitada. Com uma taxa de 26% de resposta (19), obteve-se uma amostra satisfatória neste tipo de abordagem. Os resultados mostraram que as empresas brasileiras entrevistadas consideram “Tecnologia e Inovação”, “Alinhamento entre a empresa e startup” e “Qualidade e capacidade da equipe” como os fatores mais relevantes para a tomada de decisão para firmar um relacionamento. A propriedade intelectual é caracterizada como relevante nas decisões estratégicas para um relacionamento com startup, pois é citada por 58% das empresas respondentes.
, Maria José Carvalho De Souza Domingues, Nelson Hein, Marines Lucia Boff
Revista Economia & Gestão, Volume 20, pp 203-221; https://doi.org/10.5752/p.1984-6606.2020v20n56p203-221

Abstract:
Este artigo explora os elementos que influenciam a escolha de uma Universidade por estudantes de pós-graduação e verifica a relação entre esses elementos e a lealdade dos estudantes. Uma análise fatorial exploratória agrupou as variáveis identificadas na literatura em seis dimensões, que foram classificadas como Estrutura, Curso e Carreira, Social, Influenciadores, Custo e Localização. A análise da relação entre os elementos de atração e a lealdade foi realizada por meio do teste de regressão linear múltipla. Os resultados indicam que os elementos que mais atraem os estudantes para os cursos de pós-graduação na universidade pesquisada estão relacionados à intenção de seguir carreira acadêmica, à visibilidade da instituição na sociedade e à qualidade dos cursos. Visibilidade da IES, coerência entre conteúdo do curso e necessidades do mercado, conteúdo do curso, custo de vida e oportunidade de salário melhor explicam 30,7% da variabilidade da lealdade.
Back to Top Top