Comunicação & Educação

Journal Information
ISSN / EISSN : 0104-6829 / 2316-9125
Total articles ≅ 1,166
Filter:

Latest articles in this journal

Os Editores
Comunicação & Educação, Volume 24, pp 3-3; doi:10.11606/issn.2316-9125.v24i2p3

Roseli Fígaro, Maria Aparecida Baccega
Comunicação & Educação, Volume 24, pp 7-11; doi:10.11606/issn.2316-9125.v24i2p7-11

Abstract:
Apresentação do número especial, 25 anos, retoma a apresentação publicada no número 1 de Comunicação & Educação, de autoria de Maria Aparecida Baccega.
Roseli Fígaro, Claudia Nonato, Ismar De Oliveira Soares
Comunicação & Educação, Volume 24, pp 88-93; doi:10.11606/issn.2316-9125.v24i2p88-93

Abstract:
Nos primeiros dias de janeiro de 2020, ano em que a revista Comunicação & Educação completa 25 anos, uma de suas principais idealizadoras, primeira editora e mentora, nos deixou. A professora Maria Aparecida Baccega perdeu a batalha para uma série de problemas de saúde, mas não sem deixar um legado invejável, que está registrado nas milhares de fotografias e mensagens deixadas nas redes sociais de alunos, orientandos, colegas de trabalho, amigos e admiradores. Sua trajetória foi marcada por firmeza de princípios e coragem, fraternidade e luta, como é possível observar na homenagem a seguir.
Adilson Odair Citelli, Ismar De Oliveira Soares, Maria Immacolata Vassallo De Lopes
Comunicação & Educação, Volume 24, pp 12-25; doi:10.11606/issn.2316-9125.v24i2p12-25

Abstract:
Este artigo procura elaborar uma reflexão acerca de desafios teóricos e metodológicos impostos à educomunicação. Enquanto área cujas práticas já estão consagradas nas inúmeras experiências levadas a termo em salas de aula, organizações não governamentais, iniciativas de grupos de pesquisa, publicações acadêmicas e livros, a educomunicação requer atenção mais detida no sentido de pensar seus próprios fundamentos. Nesse sentido, os autores indicam caminhos que podem contribuir para levar adiante essa tarefa.
Lucilene Cury, Marciel Consani
Comunicação & Educação, Volume 24, pp 78-87; doi:10.11606/issn.2316-9125.v24i2p78-87

Abstract:
Este artigo propõe o início de uma discussão ampla e aberta sobre as questões que afetam a educação hoje por conta dos impactos das mídias digitais num contexto de permanente conexão com o processo de ensino-aprendizagem. A premissa básica é que as demandas e os desafios da educação a distância (EaD) são, em princípio, os mesmos que afetam a educação como um todo, ambas profundamente impactadas pelo paradigma da complexidade em dimensão planetária – conceitos iluminadores abordados na obra de Edgar Morin. Ao final desta série de reflexões, almeja-se pontuar a necessidade de um olhar que transcenda as questões puramente tecnológicas e operacionais, ao mesmo tempo que reafirme a importância e a pertinência da abordagem educomunicativa.
Irene Machado, Daniela Osvald Ramos
Comunicação & Educação, Volume 24, pp 38-53; doi:10.11606/issn.2316-9125.v24i2p38-53

Abstract:
Neste artigo, abordamos as mudanças sociotécnicas na contemporaneidade a partir de uma abordagem histórica advinda da introdução da internet na cultura. Posteriormente, investigamos a importância do conhecimento dos códigos informático- -digitais neste contexto. Desenvolvemos a hipótese de que é necessário enfrentar a complexidade do entendimento da infraestrutura técnica da rede para que possamos formar cidadãos, e não usuários que consomem toda sorte de códigos a partir de dinâmicas complexas e constantes de codificação e recodificação, sem a competência semiótica adequada para a interpretação crítica a partir da autorreferencialidade que a linguagem nos impõe neste novo quadro histórico. Concluímos que é necessário um projeto de alfabetização que contemple o entendimento do uso dos códigos na comunicação.
Cláudia Lago, Ferdinando Martins, Cláudia Nonato
Comunicação & Educação, Volume 24, pp 54-65; doi:10.11606/issn.2316-9125.v24i2p54-65

Abstract:
A questão da alteridade se consolida no campo da Educação a partir da década de 1990, e aparece como essencial no campo da Educomunicação. Este artigo parte do conceito de alteridade, relacionando-o aos Estudos de Gênero, de Performatividade e ao conceito de interseccionalidade. O objetivo é apresentar chaves que permitam pensar as diferenças que constituem as relações sociais, aproximando estes conceitos da perspectiva educomunicativa. Espera-se, assim, caminhar no sentido de ampliar a compreensão da Educomunicação em sua relação com a emancipação dos sujeitos, em um mundo marcado pelos conflitos com o Outro.
Maria Cristina Castilho Costa, Vinícius Romanini
Comunicação & Educação, Volume 24, pp 66-77; doi:10.11606/issn.2316-9125.v24i2p66-77

Abstract:
Este artigo trabalha com dois conceitos fundamentais, a educomunicação e a desinformação, procurando mostrar que a manipulação de informações e a influência das tecnologias de comunicação sobre a opinião pública têm sido uma preocupação central dos filósofos e estudiosos da comunicação humana. Assim, analisando a desinformação como fenômeno da atualidade, são apresentadas as principais teorias das ciências da comunicação que trazem subsídios para estudá-lo – de perspectivas diferentes, mas complementares. A partir dessa abordagem, questões como democracia, ideologia e poder se tornam elementos aglutinadores dessas análises.
Claudia Nonato
Comunicação & Educação, Volume 24, pp 1-2; doi:10.11606/issn.2316-9125.v24i2p1-2

Roseli Fígaro, Claudemir Edson Viana, Maria Cristina Palma Mungioli
Comunicação & Educação, Volume 24, pp 26-37; doi:10.11606/issn.2316-9125.v24i2p26-37

Abstract:
Este artigo discute a Educomunicação como perspectiva formativa e competência necessária para o enfrentamento dos desafios contemporâneos em meio às transformações recentes no mundo do trabalho. O profissional de Educomunicação é formado para buscar de forma criativa as oportunidades de promoção das práticas comunicacionais com intenção educativa, de maneira crítica e com potencial transformador. Com esse objetivo, o artigo está estruturado em dois eixos: (1) o diagnóstico sobre as transformações no mundo do trabalho no contexto digital e suas implicações na formação profissional; (2) a proposta da licenciatura em Educomunicação como formação capaz de oferecer perspectivas de trabalho para um novo profissional que poderá contribuir para a educação das novas gerações.
Back to Top Top