Refine Search

New Search

Advanced search

Results in Journal Revista Científica ANAP Brasil: 228

(searched for: journal_id:(973650))
Page of 23
Articles per Page
by
Show export options
  Select all
Marllon Moreti De Souza Rosa, Julia Amorim Monteiro, Antonio Fernandes Nascimento Junior
Revista Científica ANAP Brasil, Volume 12; doi:10.17271/19843240122520192221

Abstract:
O trabalho tem como objetivo apresentar e discutir uma experiência realizada no âmbito da disciplina de Metodologia do Ensino de Biologia, ofertada no quarto período do curso de licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Federal de Lavras – MG. O professor responsável pela disciplina pediu para que os discentes assistissem ao filme “Sonhos Tropicais” e a partir dele, criasse uma sequência de aulas. Dessa maneira, a sequência foi estabelecida e esse trabalho a analisa e discute a última aula dessa sequência, afim de entender como a Metodologia da Problematização aliada a uma sequência didática previamente estabelecida é eficiente para retomar os conceitos que perpassam os fatores constituintes das Políticas para Saúde Pública. Após a ministração da aula, foi pedido aos estudantes que escrevessem uma avaliação, avaliação essa que foi analisada e discutida a luz da Metodologia Qualitativa e mais especificamente a categorização. Foi possível perceber que a Metodologia da Problematização possibilitou uma maior interação entre as partes envolvidas e, esse caminho aliado a sequência didática, tornou possível uma edificação maior dos conceitos, além de tornar a aula mais dinâmica e prazerosa. PALAVRAS-CHAVE: Políticas para a Saúde Pública. Metodologia da Problematização. Formação inicial de professores.
João Vitor Meneguetti Berti, Gean Pereira Da Silva Júnior, Jorge Luís Akasaki
Revista Científica ANAP Brasil, Volume 12; doi:10.17271/19843240122620192228

Abstract:
O estudo acerca de manifestações patológicas na construção civil vem evoluindo na medida que se deseja identificar os fatores relacionados às anomalias para reduzir incidências e aprimorar as metodologias de diagnóstico e reparo. O objetivo do presente trabalho foi fazer um levantamento bibliográfico para se discutir problemas patológicos em edificações, analisando sua origem dentro do processo construtivo, os sintomas mais recorrentes e incidências. Por fim são feitas algumas considerações finais abordando os resultados obtidos do levantamento bibliográfico e a importância de fatores que buscam a redução de anomalias em edificações, bem como aperfeiçoar as metodologias de diagnóstico e correção existentes. PALAVRAS-CHAVE: manifestações patológicas no concreto; sintomas; incidências.
Elisa Ferreira Bertão, Amanda De Moraes Ricardi, César Gustavo Da Rocha Lima
Revista Científica ANAP Brasil, Volume 12; doi:10.17271/19843240122720192240

Abstract:
O presente trabalho teve como objetivo mapear e analisar a evolução do potencial de suscetibilidade a degradação do solo sob influência do uso e cobertura da terra, entre 1995 a 2015, na microbacia do Córrego Laranja Azeda, município de Pereira Barreto - SP. Para tanto, utilizou-se de técnicas de sensoriamento remoto e álgebra de mapas processadas em ambiente SIG. A área da microbacia apresenta dois tipos de solos, Latossolo vermelho-amarelo e Argissolo vermelho-amarelo, e quatro unidades litoestratigráficas, sendo as seguintes formações: Vale do Rio Peixe, Serra Geral, Santo Anastácio e Rio Paraná. Considerou-se cinco classes de declividade e quatro classes temáticas de uso e cobertura da terra: área urbana, solo (exposto), mata e agricultura, além da inserção das áreas de reservatório da U.H.E. de Três Irmãos. A ponderação entre essas informações gerou os mapas temáticos de potencial à degradação da área estudada. Os resultados mostraram que houve um crescimento das áreas de alta suscetibilidade ao longo dos anos estudados, atingindo 16,28% em 2015, concentradas a nordeste do mapa. Se for considerada apenas os aspectos físicos do meio, as áreas mais suscetíveis representaram 35,64%, tendo como fator fundamental o tipo de solo. Tal fato mostrou que a ocupação da microbacia é fator de grande peso tanto para o aumento quanto para diminuição do potencial a suscetibilidade. As áreas de maior suscetibilidade, a norte da microbacia, devem ser alvos de planejamento específico quanto ao uso e ocupação e de acordo com as características físicas do meio. PALAVRAS-CHAVE: Sistema de Informação Geográfica (SIG), potencial de suscetibilidade ambiental, microbacia hidrográfica, álgebra de mapas
Juliana Caroline Colusse, Ricardo Da Fonseca, Rafael Simões Tomaz
Revista Científica ANAP Brasil, Volume 12; doi:10.17271/19843240122720192243

Abstract:
Objetivou-se nesse trabalho avaliar as características fenotípicas e genotípicas de populações de ovinos da raça Santa Inês e Morada Nova, com a finalidade de estimar valores genéticos diretos e indiretos e selecionar indivíduos. Foram considerados dados de 429 animais provindos do Programa de Melhoramento Genético da raça Santa Inês, parceria entre a Associação Sergipana dos Criadores de Caprinos e Ovinos (ASCCO) e a Universidade de São Paulo (USP). A estimação dos parâmetros genéticos das características peso ao nascimento (PN), ganho de peso médio diário (GPMD) e peso ao desmame (PD) foi realizada por meio de modelos mistos, e a seleção, por meio das estimativas dos valores genéticos preditos. A seleção direta proporcionou ganhos genéticos a todas as características avaliadas e ainda à medida que a porcentagem de animais selecionados aumentou, o ganho com a seleção diminuiu. O contrário ocorreu na seleção indireta, no qual não foi observado ganho com o processo seletivo. A seleção genética intra-populacional mostrou-se viável para a melhoria das características avaliadas, visto que dentro de cada população existiam animais com maiores valores genéticos que puderam ser acasalados entre si buscando aumentar o ganho genético. Além da seleção intra-populacional, o ideal seria o cruzamento de ambas as raças visando a melhoria da raça Morada Nova por meio de heterose. PALAVRAS-CHAVE: Melhoramento. Modelos mistos. Raças de ovinos.
Andreza Cristina Teixeira Garcês, Milena De Moura Régis
Revista Científica ANAP Brasil, Volume 12; doi:10.17271/19843240122620192232

Abstract:
Estudos anteriores apontam lacunas no conhecimento dos adolescentes sobre fertilidade e contracepção, além de apontarem a importância do diálogo. Pois, quando os jovens são instruídos e têm acesso aos pais ou educadores, para discutir esses assuntos, eles apresentam menor comportamento de risco. Tais aspectos justificam o desenvolvimento deste estudo, que teve por objetivo verificar o conhecimento de adolescentes do Ensino Médio, de uma Escola Estadual da Zona Norte do Município de São Paulo/SP, sobre sexualidade e métodos contraceptivos, por meio da técnica de transposição didática. A coleta de dados foi realizada por meio de atividades desenvolvidas em três etapas, durante os horários destinados às aulas de Biologia. A análise dos resultados demonstra que a transposição didática é uma técnica eficiente nos processos de ensino e aprendizagem. Pois, ao longo da realização da apresentação e posterior compilação dos resultados obtidos ficou claro que os alunos estão absorvendo toda informação transmitida a eles. Além disso, fica claro o quão importante é o diálogo entre as famílias e promoção de atividades abertas a discussão desse tema, que ainda é um TABU, mas que precisa ser discutido. PALAVRAS-CHAVE: Transposição Didática; Sexualidade; Gravidez na Adolescência; Contracepção.
Matheus Henrique Magagnato, Paula Mayumi Hatano, Paulo César Lodi
Revista Científica ANAP Brasil, Volume 12; doi:10.17271/19843240122520192220

Abstract:
Devido à necessidade de impermeabilização de determinadas obras no contexto geotécnico e ambiental, torna-se necessária a criação de mecanismos de controle de parâmetros como o coeficiente de permeabilidade uma vez que este é responsável pelo controle do fluxo que poderá migrar para o subsolo e/ou lençol freático. Nesse sentido, este trabalho avaliou a determinação do coeficiente de permeabilidade de solo arenoso de Bauru (SP) na condição natural e com adição de diferentes percentuais de cimento (2, 4, 6, 8 e 10%). Os ensaios foram conduzidos com permeâmetro de carga variável de acordo com a NBR 14545. O solo utilizado é uma areia média à fina pouco argilosa retirado da Faculdade de Engenharia (FE) na profundidade de 0,95m. Foram utilizadas amostras deformadas e os corpos de prova foram moldados com grau de compactação de 95% e umidade de 10,8%. A moldagem foi realizada em função dos parâmetros ótimos (Proctor Normal) obtidos: massa específica seca máxima 1,955 g/cm3 e umidade ótima 10,8%. Os percentuais de cimento foram adicionados em relação à massa seca do solo. Os principais resultados mostram que a adição de cimento no solo diminui o coeficiente de permeabilidade. Essa diminuição é proporcional ao aumento do teor de cimento. A adição de 2%, por exemplo, apresentou um valor de 2,2 x 10-4 cm/s. Aumentando-se o teor para 6%, esse valor alterou-se para 9,0 x 10-6 cm/s. Finalmente, com 10% de cimento, o valor obtido foi de 2,3 x 10-6 cm/s. Os resultados obtidos estão em concordância com a literatura técnica. PALAVRAS-CHAVE: Impermeabilização. Solo-cimento. Ensaio de laboratório.
Cleyton Luiz Da Silva Rosa, Frederico Braida, Natália Cobucci
Revista Científica ANAP Brasil, Volume 12; doi:10.17271/19843240122520192224

Abstract:
O presente artigo tem como objetivo discutir os resultados do projeto de extensão “Diretrizes para projetos de Acessibilidade no Interior dos edifícios da Universidade Federal de Juiz de Fora, financiado pela Pró-reitoria de Extensão da própria universidade. O projeto, iniciado em 2015, foi constituído por uma equipe interdisciplinar, contando com a participação de professores e alunos das Faculdades de Arquitetura e Urbanismo e de Engenharia e do Instituto de Artes e Design. O objetivo das ações era contribuir com diretrizes para o território da universidade e, partindo de uma perspectiva da indissociabilidade entre ensino-pesquisa-extensão, sensibilizar os estudantes para as agendas da acessibilidade no ambiente construído com vistas ao fomento da cultura da inclusão social. As ações priorizaram o envolvimento de diversos agentes — instituições de pesquisas, comunidade, associações, representações da administração municipal — como um caminho para a construção do conhecimento por meio da extensão universitária. Palavras-chave: Acessibilidade; Inclusão social; Extensão universitária; Universidade; Cultura.
Pedro Henrique Valença Ferreira, Jônatas Souza Medeiros Da Silva, Onilda Gomes Bezerra
Revista Científica ANAP Brasil, Volume 12; doi:10.17271/19843240122520192223

Abstract:
O presente trabalho tem como objetivo compreender a paisagem de Vila Velha, situada no município da Ilha de Itamaracá, Pernambuco, onde ainda hoje se descobrem sítios arqueológicos que datam desde a colonização da costa brasileira, no século XVI. O povoado de Vila Velha é tombado em instância estadual pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE), e compreende-se dentro dos limites da APA de Santa Cruz, Unidade de Conservação da Natureza do Estado de Pernambuco, daí serem analisados de forma conjunta. Neste artigo, busca-se entender como se encontra o povoado de Vila Velha quanto a sua conservação, já que se insere numa sobreposição de proteção institucioanal em dois campos distintos do patrimônio, de modo a buscar soluções para enfrentar o desafio que é a conservação integrada do patrimônio cultural e natural. Objetiva-se ainda caracterizar seus atributos patrimoniais, que contribuem para a fundamentação do processo de reconhecimento oficial desse patrimônio natural e cultural. Como resultado, tem-se o conhecimento patrimonial do bem que, consequentemente, serve para embasar a construção de instrumentos operacionais voltados à gestão da conservação integrada do sítio. PALAVRAS-CHAVE: Conservação da Natureza. Patrimônio Cultural/Natural. Gestão da Conservação.
Gean Pereira Da Silva Junior, João Vitor Meneguetti Berti, Jose Antonio Armani Paschoal
Revista Científica ANAP Brasil, Volume 12; doi:10.17271/19843240122520192219

Abstract:
O objetivo deste trabalho é apresentar um estudo experimental desenvolvido em trabalho de conclusão de curso, com a utilização de fuligem escura como material (agregado) secundário na produção de concreto para construções. A utilização da fuligem tem como base fundamental aumentar a resistência do concreto ao atingir a cura, evitando-se a utilização maior de agregados e de cimento, além de que, o uso dessa fuligem é de grande importância para a preservação da natureza, pois, este produto é descartado na natureza sem nenhum tipo de tratamento, o que resulta em prejuízos ambientais. PALAVRAS-CHAVE: Fuligem escura. Concreto. Sustentabilidade. Substituição.
Sherington Augusto Milani Bigotto, Camila Cassola Assunção, Mariana Trevisan, Marco Antonio De Morais Alcântara
Revista Científica ANAP Brasil, Volume 12; doi:10.17271/19843240122520192218

Abstract:
Com o contexto atual de elaboração de políticas e incentivos para o uso de meios sustentáveis de produção, o objetivo do trabalho foi a produção de argamassas com resíduos de PET triturados em granulometria suficiente para substituírem o agregado miúdo, a areia. Foram feitos quatro traços com 0, 5, 10 e 15 % de substituição de areia natural por resíduo de PET e a avaliação foi feita a partir das resistências a compressão axial e tração à compressão diametral, além da comparação em relação a sua trabalhabilidade e absorção de água. A utilização de PET indicou uma diminuição nos parâmetros de resistência em função do acréscimo da porcentagem de resíduo de PET e também uma queda de trabalhabilidade da argamassa. PALAVRAS-CHAVE: Argamassa. Resíduos de PET. Trabalhabilidade.
Page of 23
Articles per Page
by
Show export options
  Select all
Back to Top Top