Refine Search

New Search

Results in Journal Revista Insignare Scientia - RIS: 406

(searched for: journal_id:(4319597))
Page of 9
Articles per Page
by
Show export options
  Select all
Leoni Ventura Costa, Tiago Venturi
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 417-436; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12393

Abstract:
A formação para aprendizagem autônoma, pensamento crítico de investigativo são fundamentais para atender as demandas sociais na sociedade do conhecimento. De modo a contribuir com estas necessidades formativas, por meio de uma revisão sistemática de literatura, este estudo objetiva compreender como metodologias ativas estão sendo abordadas nas pesquisas acadêmicas no ensino de ciências e biologia. Verificou-se que, apesar da variedade de metodologias ativas existentes, poucas são utilizadas e introduzidas na prática escolar. Além disso, foi possível destacar diversos benefícios da utilização destas para o processo de ensino aprendizagem. Os resultados indicam que, existe uma demanda latente na formação de professores para a utilização de metodologias ativas, assim como são necessário novos estudos que se dediquem a investigar e discutir possibilidades e abordagens para a inserção das metodologias ativas no contexto escolar e nas aulas de Ciências e Biologia.
Natany Dayani De Souza Assai, Sidney Lopes Sanchez Junior, Silvia Fernanda De Souza Lordani, Patricia Ferreira Concato de Souza, Márcia Ines Schabarum Mikuska
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 525-537; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12357

Abstract:
Este trabalho tem como objetivo investigar como as ações do PIBID impactaram na formação profissional dos licenciandos em Química de uma Instituição de Educação Superior pública localizada no Paraná. A coleta de dados ocorreu mediante uma entrevista semiestruturada, a fim de investigar a percepção dos licenciandos acerca das atividades desenvolvidas no PIBID, assim como as contribuições para sua formação. Os dados revelaram que tal política auxilia no desenvolvimento e construção de sua prática docente, contudo, apontam para algumas fragilidades, como a aproximação entre professor orientador, supervisor e licenciandos, o que evidencia a necessidade de estratégias entre os sujeitos constituintes da tríade formativa, para potencializar a formação dos licenciandos, corroborando aos objetivos do programa.
Jolúcia Santos De Jesus, Kaique Nascimento Martins, Andrei Steveen Moreno-Rodríguez, Elisa Prestes Massena
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 437-462; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.11975

Abstract:
O Estágio Supervisionado faz parte da formação docente e visa oportunizar ao licenciando uma aproximação com a realidade escolar, permitindo-lhe conhecer e refletir sobre seu ambiente profissional. Neste trabalho objetivou-se investigar o que o Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências - ENPEC vêm publicando sobre estágio supervisionado. Utilizou-se a Pesquisa Bibliográfica para mapear as produções num período delimitado de quatro anos (2016 a 2019). Os dados foram analisados tomando por base a Análise de Conteúdo. Como resultados, foram encontrados 37 trabalhos que versavam sobre estágio supervisionado, que foram agrupados em cinco categorias, a saber: Estágio: teoria e prática na ação docente; Estágio como espaço para construção de saberes e da identidade docente; Estágio como espaço para pesquisas; Estágio nas concepções de professores formadores, supervisores, pós graduandos, e Licenciandos; Estágio em espaços não formais. Concluiu-se que as publicações do evento de Ensino de Ciências aqui analisadas não diferem do que os outros eventos ou periódicos da área vêm discutindo e que o Estágio Supervisionado na formação docente é de extrema relevância por possibilitar, aos estagiários, a integração dentro do contexto escolar. Palavras-chave: Estágio Supervisionado; Formação de professores; Ensino de Ciências.
, Raquel Sales Miranda, Jarbas de Negreiros Pereira, Maria Costa De Mendonça
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 570-582; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12352

Abstract:
O fanzine é uma revista artesanal, independente e de baixo custo, o que torna possível sua utilização como um recurso didático. Dessa forma, objetivou-se relatar a atividade de elaboração de fanzines digitais por estudantes de Pedagogia como recurso didático no Ensino de Ciências, bem como refletir acerca da relevância da atividade mencionada para a formação inicial do pedagogo no que tange ao conhecimento de estratégias diversas para o ensino de Ciências. Para tanto, os discentes, em equipe, elaboraram fanzines com a temática: “A cozinha como espaço para ensinar Ciências”. Os fanzines foram confeccionados com subtemas diversos, envolvendo segurança alimentar, doenças relacionadas aos alimentos, atividades culinárias, transformações químicas, entre outros. Notou-se que alguns estudantes optaram por temas que já faziam parte do seu cotidiano ou que já haviam tido contato. Enquanto outros abordaram aspectos sociais, econômicos e ambientais em seus fanzines. Dessa forma, este trabalho evidenciou que a elaboração de fanzines que abordam temas científicos permitem a aproximação de conhecimentos do cotidiano dos estudantes aos conhecimentos científicos como também, percebeu-se que os fanzines agregam aprendizagens e posturas que beneficiam a formação inicial do pedagogo e sua atuação no ensino de Ciências.
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 538-551; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12345

Abstract:
Diante da necessidade de dinamizar o Ensino de Química, considerando a superação do ensino tradicional e passivo, urge se trabalhar com metodologias que envolvam os alunos e proporcionem uma efetiva aprendizagem. Assim, o objetivo desta pesquisa foi vivenciar o uso da metodologia da Sala de Aula Invertida (SAI) no Ensino de Química com alunos da 1ª série do Ensino Médio, de maneira a observar a percepção dos alunos quanto às contribuições dessa metodologia para aprendizagem no Ensino de Química. A pesquisa foi do tipo Qualitativa, sendo o método – pesquisa participante, com adaptações à realidade, contudo, mantendo-se a base do método, que é interação direta do pesquisador com os participantes. A experiência adquirida com o método da Sala de Aula Invertida foi satisfatória, pois ocorreu um envolvimento por completo na contribuição do processo de ensino e aprendizagem. Como aspecto positivo do trabalho, ademais de relatar o que foi utilizado com os alunos em relação à experiência vivida com o método de ensino, destaca-se uma melhora no processo de percepção dos discentes, uma vez que esta metodologia vai muito além do que é lecionado em sala de aula, levando-os, consequentemente, a obter bom desempenho nas avaliações.
Edriely Vilena de Oliveira, Klenicy Kazumy De Lima Yamaguchi
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 495-507; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12441

Abstract:
O cará-roxo (Dioscorea trifida) é um produto amazônico cultivado para alimentação e muito conhecido na região norte. O objetivo deste trabalho foi utilizar o conhecimento tradicional sobre cará roxo como ferramenta facilitadora para a construção e desenvolvimento cognitivo da aprendizagem em Ciências. Esse trabalho foi aplicado para discentes do 9º do Ensino Fundamental de uma escola rural no interior do estado do Amazonas, Brasil. A metodologia utilizada apresentou abordagem de caráter qualitativa através de observações, e quantitativa, com aplicação de questionário no início e no final. Houve aulas expositivas e aula experimental, onde os alunos relacionaram teoria com prática. Os resultados mostraram que o uso de cará roxo como indicador natural contribuiu para um aprendizado significativo, em que os alunos puderam ressignificar os conhecimentos tradicionais, despertando o interesse pela disciplina de Ciências. Todas as etapas foram executadas com êxito e contribuíram para valorização de um produto muito consumido na região e que demonstrou ser uma ferramenta eficiente para ser utilizada no ensino.
Pedro Arly De Abreu Paula, , Antônio Joel Ramiro de Castro, Maria Sônia Silva De Oliveira Veloso
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 353-373; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12211

Abstract:
A pesquisa tem como objetivo de apresentar práticas pedagógicas metodológicas para a inclusão no ensino da física da educação básica. Possibilitando reflexões para o desenvolvimento da inclusão do aluno com deficiência visual. A partir de levantamentos dos estudos vivenciados na escola por um professor de física, foram selecionadas duas turmas da escola de ensino médio de Pacoti-CE: uma de 2ª série, tendo um aluno com deficiência visual e outra de 3ª série. Algumas práticas foram realizadas apenas com o deficiente visual. Utilizando-se de uma metodologia de pesquisa-ação, qualitativa, exploratória, para a construção e análise dos dispositivos que foram aplicados aos alunos. Com os resultados obtidos por meio dos questionários e avaliações, verificou-se que os objetivos destacados para cada assunto da física estudado, foram alcançados, valendo ressaltar que os alunos (deficiente visual e videntes) descreveram que essa metodologia torna as aulas mais interessantes e fáceis de entender. Com base nos materias que foram desenvolvidos e aplicados aos estudantes, possibilitou a criação de um manual com as ideias formadas. Por fim, considera-se que as as práticas pedagógicas, devem serem sempre analisadas e modificadas conforme as necessidades, para que o processo de ensino-aprendizagem e desenvolvimento do estudante com deficiência visual tenha sucesso.
Jaqueline Godoi, Elisa Aguayo Da Rosa, Gisa Aparecida Dacorégio
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 583-596; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12271

Abstract:
No presente trabalho é apresentada uma proposta de experimento sobre a técnica enfleurage, utilizada para obtenção de óleo essencial a partir de material vegetal e gordura. O objetivo é extrair o óleo contendo limoneno, das cascas de laranja, porém por método diferenciado aos comumente divulgados na literatura e, também, apontar um modo de contextualizar essa temática. Para isso, foi adaptada uma série de materiais alternativos para facilitar o desenvolvimento do procedimento e elaboradas algumas questões para engajar alunos e professores em um processo de investigação, experimentação e reflexão, principalmente com relação à educação Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente. Os resultados da experimentação mostram-se proveitosos e, aliados à contextualização, vislumbra-se a possibilidade de ampliação da aprendizagem em Química, no Ensino Médio.
Raquel Lüdtke, Rita De Cássia Morem Cóssio Rodriguez
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 463-478; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.11799

Abstract:
A Botânica é sistematicamente negligenciada no ensino básico, reflexo de uma possível insuficiente e entediante formação que os professores tiveram no ensino superior, ocasionando na incapacidade em motivar os alunos neste assunto. Os recursos didáticos são uma das metodologias mais utilizadas para contribuir com a aprendizagem significativa de conteúdos da área de Ciências Biológicas. O presente trabalho é um relato de experiência sobre o desenvolvimento e aplicação de modelos didáticos no contexto de Desenho Universal para a Aprendizagem (DUA) para o ensino de Botânica no ensino superior. O assunto norteador dos modelos foi o Gineceu, conteúdo específico de disciplinas da área de Morfologia de Fanerógamas ministradas aos cursos de graduação de Bacharelado e Licenciatura em Ciências Biológicas e Agronomia. Nesta temática, foram desenvolvidos cinco modelos didáticos que abordam as principais dúvidas dos alunos: posição do ovário, número de carpelos e lóculos, diferença entre carpelo, lóculo e pistilo, gineceu quanto à soldadura dos carpelos e tipo de placentação. Os modelos didáticos foram utilizados também por alunos com deficiência visual, motora e de aprendizagem atingindo plenamente o seu propósito, reforçando o contexto do DUA no qual os mesmos foram concebidos e a premissa de que o ensino deve ser proposto para todos.
Gilmara Batista Souza, Cleuma Ferreira Artimandes Morais, Neide Aparecida Costa Tolentino Tiburtino, Héctor José García Mendoza, Edileusa Do Socorro Valente Belo
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 282-299; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.11328

Abstract:
A presente pesquisa surgiu a partir da experiência de um estágio de docência no ensino superior, componente curricular obrigatório do Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências, da Universidade Estadual de Roraima. O objetivo foi analisar a contribuição da Atividade de Situações Problema Docente, fundamentada na teoria Histórico-Cultural, na disciplina de Didática da Matemática, ofertada para estudantes de Licenciatura em Matemática, da Universidade Federal de Roraima. Foi utilizada a zona de desenvolvimento proximal, um dos principais elementos presentes na Histórico-Cultural de Vygotsky, assim como as teorias da Atividade de Leóntiev, da Formação por Etapas das Ações Mentais de Galperin e o ensino problematizador de Majmutov. Os procedimentos metodológicos foram divididos em quatro momentos: formular o problema docente (diagnóstico), construir o núcleo conceitual (planejamento), solução do problema docente (execução do planejamento) e interpretação da solução (retroalimentação e correção). Como resultados, constatou-se que os estudantes conseguiram realizar a sequência didática, simulando aulas contemplando um objeto de conhecimento matemático, do Ensino Fundamental Anos Finais e Ensino Médio. Como instrumento avaliativo final, os alunos apresentaram um relatório, contextualizando e descrevendo os trabalhos realizados, relacionando-os com as teorias estudadas.
Francielle Silva Gardin, Edilaine Regina dos Santos
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 300-315; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12054

Abstract:
Neste artigo tem-se por objetivo apresentar alguns resultados de uma investigação realizada em torno da temática da escrita reflexiva, que teve como uma de suas intencionalidades analisar escritas reflexivas de futuros professores de Matemática. Foram analisadas escritas reflexivas de estudantes da Licenciatura em Matemática da Universidade Estadual de Londrina, produzidas no 1º bimestre de 2019 e relacionadas a um trabalho em torno das Operações Aritméticas. Por meio desta investigação, foi possível identificar alguns aspectos que podem contribuir para o processo de formação docente: expressão de sentimentos, estabelecimento de relações entre o que já se tinha conhecimento e o que aprendeu, planejamento de estratégias diferentes após reflexão sobre determinada situação.
Leandro Martins Ramos, Douglas Pereira Castro
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 42-62; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12073

Abstract:
A busca dos jovens pelo corpo perfeito influi para o consumo de esteroides anabólicos androgênicos (EAA), entretanto o consumo desses sem prescrição médica pode acarretar efeitos colaterais graves. O objetivo do estudo foi averiguar o conhecimento de adolescentes do Ensino Médio de uma escola pública sobre os EAA. Selecionou-se 31 alunos entre 15 e 17 anos (17 homens e 14 mulheres). O instrumento utilizado se tratou de um questionário. A maioria dos alunos não havia utilizado EAA e sabiam dos possíveis efeitos colaterais (90,3%), dos que usaram os meios foram: injetáveis (3,2%), ingestão (3,2%) e ambas (3,2%). Acerca da tratativa do assunto em casa 60% responderam de forma negativa. Todos os alunos disseram conhecer sobre os EAA. Sobre a indicação dos EAA a outra pessoa, 3% responderam de forma afirmativa, enquanto 97% não indicariam o uso. Diante do uso por motivos estéticos 16% relataram o interesse e 84% responderam que não usariam. Em relação à abordagem em sala de aula 58% afirmaram terem tido aulas a esse respeito e 90% julgam necessário à presença do assunto na grade curricular. Conclui-se então a relevância da atuação docente na abordagem sobre os EAA em sala de aula.
Dieison Prestes da Silveira, Leonir Lorenzetti
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 316-335; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12060

Abstract:
Partindo da necessidade de compreender as práticas, atividades, projetos, relatos de experiências, jogos e oficinas que envolvam a educação ambiental e que foram publicados nas atas do Encontro Pesquisa em Educação Ambiental (EPEA), no período 2001 a 2019, o presente artigo buscou analisar, por meio de um levantamento, as pesquisas que foram desenvolvidas no EPEA e suas significâncias para o meio social, ambiental, político, cultural, econômico e histórico, tendo como base teórica, a educação ambiental crítica. A metodologia utilizada denomina-se estado da arte, cuja análise pautou-se na Análise Textual Discursiva. Foram mapeados 898 trabalhos, constituindo o corpus do estudo 145. Foram selecionados os seguintes termos presentes nos títulos dos trabalhos: ações, projetos, práticas, atividades, oficinas e jogos que abordam a educação ambiental. Foram construídos e analisados os seguintes descritores: ano de publicação, título dos trabalhos, instituição, autores, objeto/sujeito, nível de ensino, componente curricular, definições de EAC e referências. Para os descritores: objetivos, metodologias e resultados alcançados foram criadas as seguintes categorias: I: Representação do pensamento ecológico; II: Representação do pensamento Crítico-Transformador e III: Formação de Professores. O presente levantamento elucidou a necessidade do desenvolvimento de momentos formativos voltados a educação ambiental, contribuindo com o pensar crítico e reflexivo dos sujeitos.
Mikaelly Rafaela Mariniak, Thaís Rafaela Hilger
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 633-644; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12379

Abstract:
A partir do questionamento sobre como o conceito energia é apresentado em documentos normativos da Educação Básica e considerando a literatura já existente sobre o assunto, objetiva-se construir uma proposta didática que preencha as possíveis lacunas existentes. Para tanto, inicialmente os documentos normativos foram analisados e posteriormente a Unidade de Ensino Potencialmente Significativa foi construída à luz da Teoria da Aprendizagem Significativa. Sendo que o objetivo da proposta didática apresentada é facilitar a aprendizagem significativa do princípio de conservação de energia e de sua dependência com o conceito energia.
Guilherme Henrique Correia Domingues, Hercília Alves Pereira de Carvalho, Gisele Strieder Philippsen
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 597-613; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12152

Abstract:
Diversos conceitos em Física, dentre os quais os correlatos aos circuitos elétricos, são considerados abstratos. Tal fato dificulta a compreensão por parte dos estudantes que, consequentemente, acabam considerando-os enfadonhos e sem aplicabilidades reais, o que conduz à desmotivação para o estudo da Física. Neste cenário as tecnologias digitais constituem um importante recurso pedagógico, visto que estas oferecem ferramentas de fácil utilização, baixo ou nenhum custo e permitem o desenvolvimento de aulas mais atrativas aos alunos. Mais especificamente no tocante aos simuladores computacionais, é possível a visualização e a interação com representações de sistemas físicos, mesmo em escalas microscópicas, o que contribui para o entendimento de conceitos correlatos a estes sistemas. Diante do exposto, apresenta-se neste trabalho uma proposta didática referente aos conceitos de circuitos elétricos embasada no uso de tecnologias digitais, fundamentada na teoria da Aprendizagem Significativa e na dinâmica de ensino dos Três Momentos Pedagógicos. Espera-se que a mesma possa contribuir para o aprendizado significativo relacionado a este importante tópico da Física, bem como à motivação para o estudo desta ciência.
Raisa Krazewsky, Graziela Piccoli Richetti
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 374-394; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12098

Abstract:
A presente pesquisa teve como objetivo investigar o entendimento dos professores entrevistados sobre a utilização de textos de divulgação científica nas aulas de Química, bem como identificar se e como ocorre o uso desses textos em sala de aula. O trabalho justifica-se pela necessidade de formar estudantes alfabetizados cientificamente, capazes de olhar o mundo criticamente e provocar-lhe mudanças com posicionamentos fundamentados e responsáveis, tendo como base que o domínio do conhecimento científico e a compreensão da natureza da Ciência são necessários para entender como os conhecimentos científicos implicam nas diversas esferas da sociedade. Para isso, foram aplicados questionários e realizadas entrevistas com professores de Química atuantes na rede pública da região de Blumenau/SC, cujas respostas foram categorizadas e submetidas à Análise de Conteúdo. Verificou-se que os textos estão em sala de aula, mas não são amplamente explorados, indicando uma necessidade de complementar a formação dos docentes.
Jacqueline Silveira Brum, Ana Carolina Gomes Miranda, Ana Carolina De Oliveira Salgueiro De Moura
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 508-524; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12103

Abstract:
A pesquisa desenvolvida no presente trabalho possui caráter predominantemente qualitativo. A intervenção foi realizada numa Escola Municipal de Ensino Fundamental, em Dom Pedrito/RS, contou com vinte e um (21) estudantes do sétimo ano para participar do desenvolvimento da oficina temática: “agrotóxicos”. A partir destas considerações, tem como objetivo favorecer o conhecimento de conceitos científicos, por meio da aplicação de uma oficina temática, a fim de articular o ensino e a aprendizagem das Ciências da Natureza. Foram utilizados questionários como instrumentos para a coleta de dados. A análise de dados baseou-se através dos resultados dos questionários aplicados na pré e pós- oficina. A partir do estudo realizado, observa-se a relevância em propiciar o debate e ampliar o conhecimento acerca dos fenômenos que ocorrem no cotidiano. A oficina temática tem o potencial de despertar o interesse dos alunos e pode ser utilizada nas aulas de Ciências como apoio na construção de conhecimentos.
Andreza De Oliveira de Carvalho, Juliana Mendes da Silva, Flavia Varriol de Freitas, Gabriela Dos Santos Leite Boechat, ,
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 645-660; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.11756

Abstract:
Em um contexto de pandemia de Covid-19, no qual, por determinações sanitárias, as aulas presenciais em todo o país foram suspensas por tempo indeterminado, escolas e universidades buscaram por meio de ambientes virtuais cumprir a carga horária obrigatória. Tendo em vista esse cenário, este trabalho apresenta uma proposta empírica e interdisciplinar de implementação de uma metodologia de ensino online, que teve por objetivo ampliar o conhecimento sobre o consumo de produtos advindos da agropecuária e seus impactos. A abordagem metodológica é a da problematização, através do método do Arco de Charles Maguerez. Buscamos, nos conceitos da interdisciplinaridade e ensino online, a possibilidade de superar a fragmentação do ensino que acontece comumente mesmo diante de contextos normais. E, promover o diálogo entre as disciplinas do currículo e a realidade da comunidade escolar, e, nesse caso, uma realidade mundial ainda que remotamente, com o auxílio de recursos digitais e a interação em ambientes virtuais, ao invés de “cair no conteudismo”.
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 661-669; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12307

Abstract:
Este texto é uma resenha crítica do livro “Vidas que ensinam o ensino da vida”, organizado por Marcia Serra Ferreira, Silvia Nogueira Chaves, Antonio Carlos Rodrigues de Amorim, Maria Luiza de Araújo Gastal e Sandra Nazaré Dias Barros. O livro, fruto de reflexões advindas do VII Encontro Nacional de Ensino de Biologia (VII ENEBIO), traz dezoito capítulos que problematizam o ensino de Biologia e Ciências na medida em que aprofundam nas potências e afetos do ensino da vida.
Laís Mendes Alvarenga, Elaine Angelina Colagrande
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 395-416; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12385

Abstract:
O objetivo deste trabalho foi investigar as possibilidades didáticas da utilização de um filme comercial como recurso didático para discutir aspectos consensuais da Natureza da Ciência (NdC) em diferentes níveis de ensino. Ainda que a finalidade do filme não seja exatamente pedagógica, ele pode auxiliar uma formação cultural e social, favorecendo reflexões sobre a Ciência. Tal ideia surgiu a partir da leitura de pesquisas cujos resultados evidenciam concepções reducionistas ou equivocadas acerca do cientista e do desenvolvimento da Ciência, tanto de estudantes quanto de professores. Para identificar as possibilidades, foi selecionado um conjunto de cenas consideradas relevantes para discutir aspectos da NdC. Posteriormente foi realizada a análise fílmica, buscando pontos de diálogo com aspectos consensuais da NdC presentes na literatura. Os resultados da análise fílmica apontaram a existência de cenas que são potenciais para promover discussões e debates sobre a NdC em sala de aula.
Flávia Ferraz Acco,
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 336-352; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.11877

Abstract:
O presente texto se ocupa de discorrer sobre o entendimento de metacognição e de funções executivas como forma de verificar suas aproximações e dissonâncias, especialmente no modo como vêm sendo avaliados enquanto estrutura de pensamento e ação dos sujeitos no contexto educativo. Para tanto, toma-se como linha norteadora a descrição desses dois temas segundo alguns dos autores tidos como referência nas respectivas áreas envolvidas e a partir deles tece-se discussões às pesquisas desenvolvidas, especialmente a forma como a metacognição e as funções executivas têm sido avaliadas nos sujeitos, ou seja, os questionários ou testes tradicionalmente utilizados. No caso das funções executivas esses testes são recorrentes na literatura, todavia, em termos da metacognição eles se revelam em número escasso como evidenciado pela busca realizada em duas bases de dados na qual foi encontrado apenas dois testes.
Amanda Alves Barbosa
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 479-494; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12175

Abstract:
Devido ao cenário de pandemia atribuído ao surgimento do novo Coronavírus e ao distanciamento social adotado para minimizar sua circulação e transmissão, o ensino remoto tornou-se uma realidade na área da educação. Trabalhar de forma remota gerou a necessidade de diversas adaptações no processo de ensino e aprendizagem, tornando-se ainda mais desafiador na área da Ciência, onde professores e alunos utilizam de atividades experimentais para desenvolver maior estímulo, interesse e aprendizado, caracterizando-se como um forte aliado nas metodologias de ensino. Diante do exposto, este artigo apresenta a descrição de experimentos e sua relação com os conteúdos da disciplina de Química Geral do curso de Ciências da Natureza durante período de ensino remoto, os quais foram realizados pelos alunos a partir da adaptação de materiais e orientação do professor. Todos os experimentos foram construídos pelos estudantes em suas residências, além disso, os mesmos fizeram a gravação das etapas experimentais com as devidas explicações e seus vídeos foram então enviados para o docente para avaliação. Com base no aproveitamento dos alunos na disciplina, bem como, relatos dos estudantes a respeito da metodologia empregada, considera-se que o trabalho foi bastante exitoso.
Edemar Benedetti Filho, Alexandre Donizeti Martins Cavagis, Luzia Pires Dos Santos Benedetti
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 552-569; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12483

Abstract:
O professor está sempre buscando novas maneiras de implementar metodologias mais efetivas ao aprendizado dos alunos, principalmente as que envolvem atividades lúdicas. Neste sentido, este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento e aplicação de um jogo didático, envolvendo conceitos básicos de Química Orgânica relacionada à fórmula estrutural plana e nomenclaturas de alcanos. O jogo foi concebido para alunos do Ensino Médio, a partir de uma adaptação da tradicional “Batalha Naval”, porém utilizando um tabuleiro, e incentivando a participação de todos os alunos da turma. Este relato de experiência teve uma abordagem qualitativa e quantitativa, e a coleta de dados foi realizada por meio de duas avaliações, entrevistas com os professores e anotações em diário de campo. Chamado de “Batalha Química”, o jogo permitiu revisar, de forma lúdica, a 143 alunos de duas escolas estaduais, fórmulas estruturais planas e nomenclaturas de alcanos, propiciando um processo de ensino e aprendizagem mais prazeroso. Os alunos que participaram da atividade demonstraram grande aceitação pelo jogo, inclusive solicitando sua aplicação em outras aulas de Química, aprofundou-se a interação social e a aprendizagem da terminologia utilizada na Química de alcanos.
Antônio De Pádua Arruda Dos Santos Filho, ,
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 614-632; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12384

Abstract:
Pesquisas na área da filosofia da ciência tem evidenciado diversos obstáculos para que propostas de ensino sejam concretizadas. Diante deste cenário, o presente artigo pretende sugerir uma proposta de ensino sobre a filosofia da química para ser desenvolvida com alunos do 9.º Ano do Ensino Fundamental e 1.º Ano do Ensino Médio, tendo como ferramenta principal o livro o Mundo de Sofia. Para a construção do trabalho foi realizado um estudo bibliográfico, de caráter exploratório. O trabalho foi dividido em cinco sessões, onde a primeira conceitua e descreve como a filosofia da química tem sido construída; a segunda faz uma síntese do livro e destaca o capítulo principal a ser usado; a terceira descreve sobre quem foi Demócrito, considerado um grande filosofo e químico; a quarta explica sobre o seu conceito de atomística, e a última apresenta a proposta de ensino e como deve ser aplica. Por fim, conclui-se que a área da filosofia da química nos últimos anos vem ganhado destaque no campo da filosofia da ciência, e percebido também uma carência de pesquisas e propostas para o ensino, por ser um livro rico com bastante assuntos a serem analisados.
Ronaldo Da Silva Borges, Ézio Raul Alves De Sá,
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 205-227; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12274

Abstract:
As Histórias em Quadrinhos-HQs têm se mostrado uma estratégia interessante para o ensino Química. Partindo desse pressuposto, a pesquisa teve como objetivo efetuar um levantamento de revisão de literatura, do tipo estado da arte, sobre artigo, no ensino de Química-EQ, com enfoque nas HQs, nas bases de dados Scielo e Google Acadêmico, no recorte temporal de 2010 a 2018. Os artigos selecionados foram revisados manualmente e em seguida os dados foram tratados quantitativamente. A partir do levantamento, mostrou-se a necessidade de produção e publicação de artigos que tratem sobre a inserção de HQs ao EQ, apesar de ter encontrado um número significativo que aborda esta temática, de 36 artigos. Constatou-se uma demonstração de potencial significativo de HQs, na motivação e promoção à aprendizagem de conceitos químicos. Foi Observado que a maioria dos artigos analisados aborda sobre o ensino médio e ensino superior, e de uma maneira mais sutil, o ensino fundamental e formação de professores. Observou-se também que a maioria dos artigos analisados trabalha uma temática especifica na disciplina de Química, de forma contextualizada/cotidiana e lúdica. O levantamento realizado nos permitiu também conhecer melhor o gênero textual ao ser inserido nas diferentes áreas do conhecimento, especialmente a disciplina de Química.
Ilda de Franceschi Fellipetto, Otavio Aloisio Maldaner, Maria Cristina Pansera de Araújo
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 127-144; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.11801

Abstract:
O estudo pesquisou o estado do conhecimento da Sustentabilidade, Educação Ambiental e Agrícola no ensino de Química no Ensino Médio a partir de uma busca bibliográfica realizada no Catálogo de Teses e Dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) no período de 2015-2019. Foram localizadas algumas dissertações e Teses relacionadas a temática que reiteraram a pertinência do estudo realizado, bem como, de discussões mais amplas no meio acadêmico e científico. De acordo com o estudo, foi possível destacar que apesar da Educação Ambiental e a Sustentabilidade estarem presentes em inúmeros documentos que norteiam as diretrizes curriculares para o Ensino Médio, ainda são incipientes os estudos realizados nessa etapa da Educação, especialmente, na disciplina em análise.
Armando Vargas Fernández, Cristian Camilo Medina Rivera,
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 63-83; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12459

Abstract:
Esta pesquisa se propôs a contribuir com o processo de ensino e aprendizagem da conservação da fauna silvestre no departamento de Huila, Colômbia por meio do desenvolvimento de uma Unidade Didática com alunos da oitava (8ª) série de uma Instituição de Ensino localizada em área rural do município de Villavieja. Para isso, iniciou-se uma abordagem mista, onde foi elaborado e validado um questionário para investigar as concepções e posicionamentos dos alunos em relação à conservação da fauna presente em ecossistemas locais como a Floresta Tropical Seca de La Tatacoa. Em seguida, foi desenvolvida uma intervenção em sala de aula estruturada em quatro temas e uma viagem de campo. Assim, destaca-se que as concepções dos alunos do grupo intervenção em torno do objeto de estudo, foram mobilizadas a partir de posições iniciais reducionistas em relação ao meio imediato, onde privilegiaram o benefício econômico da região em função da atividade turística, em direção aos níveis ideais de conhecimento científico em um último momento, refletindo sobre a conservação do meio ambiente e das espécies presentes nos ecossistemas junto ao contexto escolar.
Bruno Ferreira Matos, José Jucelino Alves de Sousa, Rafaela Vieira Façanha, , Deborah Ximenes Torres Holanda
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 1-21; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12050

Abstract:
O presente trabalho tem como objetivo realizar um estudo etnobotânico sobre plantas nativas, com foco em três espécies vegetais, e fazer um paralelo entre o que a ciência diz sobre tais espécies com o conhecimento que uma comunidade escolar detém sobre elas, promovendo conexões para a contextualização no ensino de ciências. Para isso, foram selecionadas três espécies nativas da cidade de Ipaporanga-CE para identificação e estudo. Posteriormente, foi aplicado um questionário com alunos, professores e funcionários de uma escola a fim de obter informações sobre essas espécies vegetais e, assim, realizar uma comparação de dados. Por fim, foi realizado um seminário na escola pesquisada para construir com alunos e professor o conhecimento sobre as características, propriedades e utilizações desses frutos nativos, objetivando tornar estas espécies mais conhecidas, aproveitadas e dando pistas de contextualização de conteúdos nas aulas de ciências. Constatou-se que o público escolar reconhece algumas plantas vegetais nativas, porém, no que diz respeito às propriedades e benefícios, possuem pouco conhecimento.
Jéssica Mirian Sampaio Laves,
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 187-204; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.11844

Abstract:
Fundamentado no referencial teórico de Gaston Bachelard, com recorte em suas ideias sobre o erro e o espírito científico, o presente artigo visa analisar de que forma a ABP contribui para o desenvolvimento do espírito científico na formação inicial de professores de Ciências Naturais, a partir do papel do erro no processo. O estudo utiliza a abordagem metodológica qualitativa do tipo exploratória, através da observação participante. Foi realizado em uma turma do curso de Ciências Naturais de uma Universidade Pública Federal localizada na região Norte, durante uma disciplina do curso. Para a análise das respostas obtidas por entrevistas e grupo focal, foi utilizada a Análise Textual Discursiva. Foi evidenciado que o desenvolvimento da questão problema do projeto mostrou-se como característica definidora da ABP que incita o desenvolvimento do espírito científico. No entanto, o resultado central evidenciado foi o medo de errar, exposto por, aproximadamente, 40% dos discentes, o que enveredou para a discussão de como este medo pode comprometer o desenvolvimento do espírito científico na ABP. Em última análise, a ABP mostrou-se como “experiência exigente” no viés de Bachelard. Desta maneira, a metodologia promoveu ponderações sobre como futuros professores concebem o erro e como este orienta suas ações, convergindo em discussões sobre o processo de desenvolvimento do espírito científico.
Jaíra Patrinne Pereira da Silva, Wanderson Lopes Dos Santos Freitas, Breno Machado de Almeida, Maurício Dos Santos Araújo
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 265-281; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12156

Abstract:
O ensino de Virologia é desafiador no Ensino Médio devido inúmeras estruturas microscópicas e conceitos abstratos. Entretanto, há carência de metodologias e recursos didáticos para ensinar conteúdos de Microbiologia na Educação Básica. Por isso, o presente estudo teve como objetivo avaliar o jogo “Mundo da virologia” como recurso pedagógico auxiliar ao processo de ensino e aprendizagem de conteúdos de Virologia em uma escola pública do estado do Piauí. A pesquisa foi de campo, com abordagem quali-quantitativa e enfoque descritivo, no qual participaram 38 alunos da 2ª série do Ensino Médio de uma escola pública de Floriano, Piauí. A coleta dos dados foi por um questionário pré e pós-teste. Os dados qualitativos foram submetidos a análise Textual Discursiva e os quantitativos ao teste Wilcoxon para dados pareados (p < 0,05) e ganho normalizado da aprendizagem (g). Os alunos possuíam conhecimentos fragmentados e descontextualizados acerca dos componentes básicos dos vírus. Após a aplicação do recurso didático, os resultados forneceram evidências que os educandos assimilaram os conteúdos abordados, com g=0,85. Além disso, também foi observado participação ativa dos alunos durante a aplicação do jogo didático. Portanto, o jogo é uma ferramenta didática complementar importante no processo de ensino de Ciências.
Lisete Funari Dias, , Aline Souza da Luz,
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 145-166; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.11974

Abstract:
A pesquisa investigou como a formação inicial de professores da área de Ciências da Natureza para o Ensino Fundamental (EF) e Ensino Médio (EM) se apresenta no Projeto Pedagógico do Curso das licenciaturas em: Pedagogia; interdisciplinares em Educação do Campo e Ciências da Natureza; Física e Química, de uma IES do sul do Rio Grande do Sul, em relação ao previsto nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores (DCNFP 2015 e 2019) e na Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Com base teórica em integração curricular e interdisciplinaridade, foram analisados documentos de políticas curriculares e PPC dos cursos, cujos dados passaram por Análise de Conteúdo, sendo a formação de professores discutida em três categorias relacionadas aos anos iniciais e finais do EF e EM. A categoria anos iniciais do EF aponta para interdisciplinaridade como possibilidade na formação do professor multidisciplinar de Pedagogia. Para os anos finais do EF e EM, é necessária uma formação de professores para a interdisciplinaridade, pois a matriz curricular dos cursos apresenta as disciplinas lado a lado, ficando a integração da área por conta dos formadores. A formação de professores, diante da BNCC, requer a interdisciplinaridade representada pelo trabalho coletivo e integração curricular.
Nestor Barbosa de Oliveira-Junior, David Santana Lopes
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 22-41; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12059

Abstract:
O Letramento Científico vem se configurando como um importante campo de pesquisa, não só como indicador, mas também como prática no contexto do Ensino de Ciências. As definições de competências para a formação de um indivíduo cientificamente letrado têm sido adotadas por documentos orientadores como a BNCC, elevando as discussões para os diferentes campos do saber da Ciências da Natureza, como a Biologia, que traz consigo especificidades quando discutidos as complexidades conceituais que a envolvem. Atento a essa teia de relações, este trabalho tem como objetivo investigar as possíveis dimensões de Letramento Científico de estudantes de uma escola pública de Salvador a partir da compreensão de conceitos presentes nas Ciências Biológicas. A partir dos resultados, foi possível discutir as dificuldades apresentadas pelos estudantes na compreensão de termos científicos ligados a Biologia e como essa lacuna de aprendizagem reverbera na construção de argumentos e percepções dos estudantes sobre conceitos científicos para além do seu estrito significado.
Tiago Dos Santos Gonçalves, , , Luciana Dornelles Venquiaruto
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 248-264; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12195

Abstract:
O uso de planilhas de ensino-aprendizagem no ensino presencial ou remoto fornece ao aluno uma nova perspectiva de ensino. Auxilia no desenvolvimento da capacidade de avaliar as possibilidades e variáveis do estudo em diferentes situações, uma vez que a planilha é de fácil utilização e muito versátil. O objetivo do presente estudo foi demostrar de maneira simplificada como montar uma planilha utilizando os softwares Microsoft Excel ou LibreOffice Calc para a determinação do fluxo de calor em placa plana (telhado) com os efeitos da radiação na superfície externa utilizando o método numérico da Bisseção. O exercício proposto engloba diferentes disciplinas dos cursos de Engenharia e a planilha se torna uma aliada positiva para a explicação e compreensão dos assuntos abordados. Foram mostrados todos os passos que devem ser seguidos para a montagem e realização do exercício e foi obtido um fluxo de calor de 29,4335 W/m² nas condições propostas e 71 iterações foram necessárias.
Márcia Maria Braga Bantim, Alana Cecília De Menezes Sobreira, Fabrício Bonfim Sudério
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 106-126; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.11888

Abstract:
A educação sexual busca sempre ampliar os conhecimentos dos jovens sobre sexualidade. Assim, o objetivo dessa pesquisa foi adotar diferentes metodologias de ensino na abordagem da Educação Sexual com estudantes do Ensino Médio e analisar os conhecimentos dos mesmos sobre essa temática, tendo como principal foco a prevenção contra IST e gravidez não programada na adolescência. O estudo tem caráter descritivo e uma abordagem qualitativa, utilizando-se de questionário e observação direta com anotações sistematizadas como instrumentos de coleta de dados. A pesquisa envolveu as seguintes etapas em sequência: dinâmicas; aula expositiva dialogada; aplicação de questionário para análise dos conhecimentos dos estudantes sobre o tema da pesquisa; análise dos resultados; e produção e aplicação de um jogo didático. As dinâmicas “Caixa Secreta” e “Percebendo a contaminação” permitiram, respectivamente, a investigação das dúvidas dos estudantes em um ambiente confortável para exposição dos seus questionamentos e a simulação lúdica do perigo das IST. Como forma de preencher algumas lacunas de compreensão observadas na análise feita após a as dinâmicas e a aula expositiva, aplicou-se o jogo didático “Na trilha da prevenção” (produto dessa pesquisa). Por meio dessa atividade lúdica, os estudantes expressaram motivação e agiram de forma interativa na busca das respostas corretas.
João Lucas Lago Canhete, Fernanda Zandonadi Ramos
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 167-186; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12105

Abstract:
Essa pesquisa, de conclusão de curso, objetivou verificar se uma sequência didática (SD), fundamentada nas ideias de Vigotski, pode propiciar contribuições para o processo de ensino e aprendizagem sobre anfíbios e sua importância ecológica. Para tal, esse trabalho foi desenvolvido com alunos de uma turma de sétimo ano de um colégio particular localizado em um município do Estado de Mato Grosso do Sul. Os dados obtidos por registros escritos, desenhos e interações discursivas gravadas em áudio, foram avaliados mediante análise de seu conteúdo. Os resultados demonstraram que a SD contribuiu para elaboração, apropriação e evolução de conhecimentos relacionados às características diagnósticas dos anfíbios, ao habitat em que eles se encontram, assim como sua importância ecológica e a necessidade da conservação desses animais.
Sandro Roberto Cossetin, Marli Dallagnol Frison
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 228-247; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12151

Abstract:
Este artigo socializa reflexões produzidas a partir de uma pesquisa que objetivou investigar e analisar concepções de docentes de Física e de Engenharia sobre os significados produzidos por eles sobre a atividade de ensino que desenvolvem junto a estudantes de um curso de Engenharia Civil, e sobre o processo de formação de conceitos científicos. A pesquisa é de natureza qualitativa, modalidade pesquisa-ação (THIOLLENT, 1985). Os dados são oriundos de entrevistas com professores de Física e de Engenharia que, na época do estudo atuavam em uma universidade comunitária, situada no Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul. A análise e interpretação dos dados foi realizada com apoio teórico de autores da Psicologia Histórico-Cultural, dentre eles Vigotski (2008, 2008a) e Leontiev (2004). Resultados indicam compreensões sobre a atividade de ensino com características de uma racionalidade técnica, desprovida de uma contextualização mais ampla, o que fragiliza o processo de formação de redes conceituais, condição para a formação de conceitos. A superação de concepções dessa natureza indica a necessidade de uma formação docente consistente para esses professores que atuam na formação do engenheiro civil, para que tenham conhecimento suficiente sobre o processo de apropriação de conceitos.
Beatriz Aparecida De Souza, André Ferrer Pinto Martins
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 84-105; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i6.12368

Abstract:
Este artigo apresenta um panorama dos trabalhos em periódicos que empregam a epistemologia de Ludwik Fleck (1896 - 1961) como referencial teórico, investigando quais conceitos fleckianos são abordados e identificando variações e tendências na terminologia adotada e na compreensão dos conceitos nos diversos trabalhos. Para tanto, foi realizado um levantamento bibliográfico dos trabalhos publicados em periódicos brasileiros da área de ensino de ciências (Qualis A1, A2 e B1) no período de 2001 a 2020. Foi encontrado um total de 32 artigos publicados no decorrer dos últimos vinte anos. Foi identificado que os conceitos mais abordados foram: estilo de pensamento, coletivo de pensamento, círculos esotérico e exotérico, circulação intracoletiva e intercoletiva. Os conceitos de conexões ativas e passivas estão menos presentes. Foi identificado também o uso de diferentes terminologias para os conceitos de circulação de ideias e conexões e a presença de variações no entendimento acerca das categorias circulação intracoletiva e intercoletiva.
Albino Oliveira Nunes, Leonardo Alcântara Alves, Luciana Medeiros Bertini, Marcelo Nunes Coelho
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 86-104; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12559

Abstract:
É notória a expansão e interiorização dos programas de pós-graduação em ensino no Brasil nas últimas décadas. Tendo tal crescimento como ponto de partida, buscamos abordar as discussões feitas em dois programas no interior do RN, Brasil, o PPGE-UERN/Pau dos Ferros e o POSENSINO–UERN/IFRN/UFERSA-Mossoró. Com esse objetivo foi realizada uma pesquisa exploratória de natureza mista (SAMPIERI; COLLADO; LÚCIO, 2014). Compuseram o corpus trinta e nove dissertações e os textos foram codificados no software IRAMUTEQ, versão 0.7 alfa 2, desenvolvido por Ratinaud (2009). Os dados obtidos apontam resultados preliminares que indicam perfis característicos de cada um dos programas analisados. Enquanto o PPGE apresenta pesquisas com predominância no caráter disciplinar e marco teórico para aprendizagem significativa, o POSENSINO apresenta trabalhos mais interdisciplinares com dois grandes marcos de concentração teórica, a aprendizagem significativa e o enfoque CTS. Nota-se ainda que o corpus formado apresenta cinco clusters que podem indicar três grandes categorias. Assim, foi possível inferir que os programas, mesmo “jovens”, possuem uma identidade consolidada em termos de marcos teóricos e perfil disciplinar/interdisciplinar, mas também apontam para gargalos na formação dos pós-graduandos, na medida em que estão ausentes algumas perspectivas teóricas importantes para o ensino de ciências em nosso país.
Roque Ismael Da Costa Güllich
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 1-2; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12570

Abstract:
A Red Internacional de Investigación en Enseñanza de las Ciencias (RIEC), surgiu em 2017 e vem se expandindo desde então pelo esforço de pesquisadores de Programas de Pós-Graduação que fazem pesquisa na área de Ensino de Ciências e que participam por meio de suas Instituições. Atualmente a RIEC tem sede na Universidade Pedagógica Nacional (UPN), em Bogotá- CO, atua com escopo pautado por: “espaço de interação, formação de pesquisadores e produção de pesquisas de Pós-graduação que tenham interesse em temas ligados ao Ensino de Ciências” e tem como área de atuação principal a Investigação em Ensino das: Ciências da Natureza (Biologia, Física e Química), Ensino de Ciências, Educação Ambiental, Matemática, Engenharias e Tecnologias. Com o objetivo geral de “favorecer a inter-relação entre diferentes instituições e Programas de Pós-graduação e a fim de ampliar as estratégias de pesquisa, inovação, socialização, e desenvolvimento da Pós-graduação em nível internacional”, está formada atualmente por mais de 20 instituições, de diferentes grupos de pesquisa e Programas de Pós-graduação de quatro países diferentes, a saber: Argentina, Brasil, Chile e Colômbia. Um dos objetivos específicos da RIEC é desenvolver atividades de cooperação em nível de Pós-Graduação e aprofundar compreensões sobre a Pesquisa em Ensino de Ciências, e, neste sentido, temos desenvolvido pesquisas conjuntas e aberto espaços e tempos de produção coletiva. No cenário atual, também, percebemos que não se faz pesquisa em nível de Pós-Graduação sem o processo de internacionalização, que se inicia pela constituição de redes de pesquisa que ampliem estes espaços e tempos formativos para além das fronteiras de cada País e de cada Programa de Pós-Graduação. Neste contexto, uma das formas de estreitarmos laços, aproximarmos as distâncias, projetarmos a RIEC e visualizarmos seus membros, temáticas de pesquisa e suas formas de pesquisar o ensino de Ciências na Pós-Graduação é abrir espaços de divulgação das pesquisas de seus membros nos diferentes periódicos das instituições que participam da Rede. Assim, a Revista Insignare Scientia (RIS) da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) abriu uma chamada para pesquisadores membros da RIEC sobre a Pesquisa no Ensino de Ciências em nível de Pós-Graduação. Como um primeiro movimento de inter-relação entre os pares e com objetivo de tornar as produções disponíveis nos diferentes países e línguas que compõe a RIEC apresentamos esta Edição Especial: Pesquisa na Pós-Graduação em Ensino de Ciências, Volume 4, Número 5, 2021 da RIS. A chamada foi coordenada pelas pesquisadoras: Dra. Cleci Werner da Rosa – Universidade de Passo Fundo (UPF), Brasil, Dra. Diana Lineth Parga Lozano (UPN), Colômbia e Dra. Fabiane de Andrade Leite (UFFS), Brasil, todas pesquisadoras da RIEC. O volume especial da RIS apresenta 18 artigos com pesquisadores dos quatro países da RIEC que escreveram sobre temáticas relevantes à área de Ensino de Ciências, tomadas como enfoque/eixo de investigação e se apresentaram todas atravessando processos de Ensino, sendo frutos de esforços de pesquisa. São elas: meio ambiente, germinação, biomas brasileiros, tecnologias, objetos de aprendizagem, situação-problema, pandemia, negacionismo científico, pesquisa educacional, saberes docentes, formação de professores, praxeologia, formação profissional, Pós-Graduação, ensino de Ciências, políticas públicas educacionais, avaliações externas, pensamento crítico, habilidades investigativas, ambientalização curricular, desenvolvimento curricular, iniciação científica, alfabetização científica, ensino de química, educação ambiental, educação em saúde, educação STEM, ensino de Ciências Exatas, experimentação. É possível perceber com a leitura que as matizes teóricas são diversas o que implica reconhecer que são inúmeras possibilidades de perceber a pesquisa de Pós-Graduação da área de Ensino de Ciências e afins, o que nos coloca sempre no desafio de nos movimentarmos do que sabemos ao que podemos aprender e do como pesquisamos até o que os outros pesquisam. Este duplo movimento amplia as inter-relações de pesquisa e de ensino e viabiliza o diálogo entre pares, entre Programas, Países e línguas com distintas interfaces e objetivo em comum: melhorar os processos de ensinar e de aprender Ciências. Assim acreditando que na atualidade pesquisar e ensinar Ciências é entrelaçar fronteiras, convido a todos a leitura dos artigos.
Willian Da Silva Medeiros, Vantoir Roberto Brancher, Neiva Maria Frizon Auler
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 41-63; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12562

Abstract:
Esta pesquisa bibliográfica, de natureza teórica, foi realizada através de uma revisão de literatura das dissertações e teses publicadas na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações - BDTD, que teve por objetivo mapear o que tem sido pesquisado sobre os saberes produzidos e mobilizados por professores de Biologia enquanto elementos da formação desses profissionais. A partir dos critérios de busca e seleção foram encontradas 18 produções de interesse para esta investigação. Com o mapeamento e análise das dissertações e teses foi possível identificar uma grande diversidade de trabalhos, de abordagens e de propostas que emergiram deste cenário analisado. Identificamos que, em sua maioria, as produções contemplaram os processos de formação inicial de professores nas licenciaturas e espaços específicos. Salientamos a incipiência dos estudos voltados à formação do professor de Biologia para a Educação Profissional e Tecnológica[1], de modo que apenas uma produção abordou a formação do professor de Biologia neste contexto. [1] Embora este trabalho esteja incluído em uma pesquisa do campo da Educação Profissional e Tecnológica intitulada “Trajetos formativos e saberes docentes: ressignificando a docência de biologia na Educação Profissional e Tecnológica”, destacamos que na ocasião das buscas não obtivemos resultados de produções com os descritores específicos para "Educação Profissional". A única produção que problematiza a docência de Biologia na EPT emergiu quando retiramos estes descritores específicos, situação que justifica a necessidade de pesquisas que abordem temáticas nesta especificidade da atuação docente.
Cláudia Rigoli Schneider, Neusa Maria John Scheid, Noemi Boer
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 160-182; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12567

Abstract:
Este artigo é decorrente da pesquisa desenvolvida para a dissertação de mestrado da primeira autora e tem por objetivo analisar as questões da prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), no período 2015-2019. Considerando-se a extensão do conteúdo, elegeu-se, para análise, as questões relativas aos biomas brasileiros da prova de Biologia e se constatou que, no período analisado, conhecimentos de Ecologia foram frequentes nas provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, mas questões relacionadas aos biomas brasileiros são praticamente inexistentes. Com base nessa preocupante evidência, pode-se inferir que o tema sobre biomas brasileiros é considerado conteúdo secundário nas avaliações do ENEM, o que pode afetar o ensino de Biologia nas escolas do país, tendo em vista que os conteúdos eleitos no exame são, geralmente, referência ao planejamento didático-pedagógico dos professores.
Andréia De Freitas Zompero, Cínthia Hoch Batista de Souza, Bruna Lauana Crivelaro
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 183-199; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12572

Abstract:
O entendimento de procedimentos realizados em ciência pelos alunos da Educação Básica é um assunto que vem sendo debatido nos últimos anos. A identificação e o entendimento do problema a ser investigado é um dos conhecimentos fundamentais para que o estudante compreenda procedimentos da ciência e uma condição indispensável para o aluno compreender as características do conhecimento científico. Neste estudo tivemos por objetivo investigar a compreensão do problema, apresentado em determinadas situações, por alunos da Educação Básica que participaram de um projeto de Iniciação Científica Jr. durante um período de seis meses. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e para obtenção dos dados os alunos responderam uma situação – problema antes de iniciarem o projeto de Iniciação Científica Jr. e outra após encerrarem o projeto. Os dados apontam que houve uma melhora discreta na compreensão dos elementos do problema após os estudantes terem participado do projeto, pois a aprendizagem de procedimentos acontece progressivamente. Consideramos que a permanência por mais tempo nas atividades do projeto poderá contribuir progressivamente para que os estudantes melhorem a capacidade de compreensão do problema a ser investigado em uma determinada situação.
Pablo João Canal Da Costa, Bianca Possel, Armando Foscarin, Cleci T. Werner Da Rosa
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 123-139; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12563

Abstract:
A pandemia causada pelo coronavírus, durante o ano de 2020, explicitou um problema nas redes: a disseminação de notícias falsas, as chamadas fake news, informações incorretas e argumentos falaciosos que tentaram minar a opinião pública. Tais argumentos constituem-se muitas vezes como informações pseudocientíficas, ou seja, que apesar de não possuírem validade, tentam passar-se por cientificamente aceitos, bem como argumentos anticientíficos, que simplesmente negam toda à razão e bom senso visando atacar a ciência. Partindo deste contexto, é possível que o estudo de lógica argumentativa voltado à Alfabetização Científica entre os jovens, possa ser um recurso para preparar os jovens criticamente para o contato com a desinformação, ou seja, para torná-los alfabetizados cientificamente. Buscando-se discutir esse tema, o presente artigo apresenta na forma de um ensaio aspectos bibliográficos que possam estabelecer um diálogo entre a alfabetização científica e a lógica filosófica. A partir das reflexões decorrentes desse estudo, considera-se que a lógica argumentativa possa vir a colaborar com o processo de alfabetização científica em jovens e crianças, ajudando a desenvolver pensamento crítico e reflexivo frente às artimanhas pseudocientíficas tão disseminadas na contemporaneidade.
Italo Gabriel Neide, Maria Madalena Dullius, Marli Teresinha Quartieri, Andréia Spessatto De Maman, Ana Paula Krein Muller, Geovana Luiza Kliemann
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 241-256; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12578

Abstract:
Neste trabalho é apresentado de forma geral o Programa de Pós Graduação em Ensino de Ciências Exatas (PPGECE) da Universidade do Vale do Taquari (Univates) localizada em Lajeado, Rio Grande do Sul, Brasil. Após a exposição da área de concentração e das linhas de pesquisa são apresentados os quatro macroprojetos que constituem os quatro grupos de pesquisa do PPGECE bem como sua descrição. Em seguida é dada ênfase a um grupo específico, o “Tecnologias no ensino e Atividades Experimentais: Possibilidades para potencializar os processos de ensino e de aprendizagem nas Ciências Exatas”, apresentando seus aportes teóricos bem como as metodologias de pesquisa e de ensino utilizadas. Para compreender com propriedade como esse grupo realiza a construção do conhecimento científico apresenta-se de forma sintética três teses de doutorado que foram desenvolvidas pelo grupo. Ao final é apresentado quantitativos gerais do grupo, bem como seu possível impacto na sociedade.
Roberta Chiesa Bartelmebs, Tiago Venturi, Robson Simplicio De Sousa
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 64-85; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12564

Abstract:
A despeito dos avanços científicos e tecnológicos, vivenciamos o aumento dos movimentos negacionistas em nossa sociedade. Esse movimento chegou às escolas, e, neste contexto, qual será o papel da Educação em Ciências (EC)? Os professores de Ciências estão preparados? Quais as contribuições da pós-graduação na formação de professores? Para refletir sobre estas questões, este ensaio teórico tem como objetivo discutir a importância da pós-graduação para a formação de professores capazes de atuar profissionalmente no cenário atual, contribuindo com o enfrentamento e transformação da realidade. Discutimos aspectos envolvendo teoria do conhecimento científico, divulgação, notícias falsas e pós-verdade na EC. Posteriormente, refletimos acerca da Pós-Graduação em EC e suas possibilidades de fomentar o pensamento crítico-reflexivo e formar professores para lidarem com situações desafiadoras emergentes. Ao final, consideramos o desenvolvimento de conhecimentos profissionais e a postura crítico-reflexiva docente como potencializadora de mudanças na EC e, consequentemente, na relação da população com a ciência e tecnologia.
Aline Locatelli, Viviane Zanuzzo
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 3-15; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12558

Abstract:
Apresentamos aqui o relato da elaboração de uma ferramenta didática na disciplina de Energia e Meio Ambiente, em um Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, modalidade profissional, durante o segundo semestre de 2019. O presente texto descreve o processo de construção dessa ferramenta didática – denominada lapbook – por oito mestrandos com formações pedagógicas nas licenciaturas de Biologia, Física, Matemática e Química. A ideia de construção do lapbook surgiu com o intuito de elaborar um recurso que proporcione diálogo, sistematização e conhecimento a partir de um tema atual e relevante discutido na disciplina. A utilização do lapbook na sistematização dos conceitos trabalhados na disciplina apresentou potencial para se classificar como uma ferramenta didática promotora da aprendizagem significativa.
Rodrigo Sobarzo-Ruiz, José Lárez-Hernández
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 308-322; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12575

Abstract:
El presente estudio tiene por propósito diseñar una propuesta curricular desde un enfoque estratégico, orientada a fortalecer el desarrollo y consolidación de las principales habilidades investigativas, a través de la articulación del eje metodológico en los cursos de Metodología y Seminario de Proyectos de Intervención en Educación y Trabajo Final de Posgrado I y II del Magister en Educación de la Universidad Adventista de Chile. Metodología: Este estudio puede tipificarse como una investigación de tipo Proyecto Factible, sustentado en una investigación documental desarrollada bajo un diseño de tipo bibliográfico. Resultados: Es perentorio reforzar los elementos relacionados con el desarrollo de las habilidades investigativas en las cuatro Unidades Curriculares consideradas como parte del eje metodológico. Dicho fortalecimiento debe realizarse desde la perspectiva de su explicitación en el perfil de competencias para una mayor visualización de éstas y también, en la adecuación en lo atinente al alcance, organización y secuenciación de los núcleos temáticos, los resultados de aprendizaje, la adecuación de las estrategias metodológicas y de evaluación que se empleen. Conclusiones: El desarrollo de habilidades para la ubicación, selección, procesamiento y uso de información de calidad en el abordaje de situaciones problematizadas, a través de los procesos de intervención es fundamental, para contribuir en consolidar el carácter profesionalizante del magister.
Luiz Caldeira Brant de Tolentino-Neto, Jaiane De Moraes Boton
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 273-290; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12571

Abstract:
O campo de pesquisa em educação em ciências no Brasil iniciou-se na década de 1970 e passou por grandes mudanças nestes cinquenta anos, dentre elas seu espalhamento por diversas regiões do país e a ampliação das temáticas investigadas. Dentro desse contexto, esse artigo descreve e reflete, em um texto autobiográfico a quatro mãos, sobre o surgimento e atuação de um grupo de pesquisa no Rio Grande do Sul, com foco nas políticas públicas de currículo, formação de professores e avaliações externas. A formação de pesquisadores, a articulação entre campos de pesquisa e a consolidação de um coletivo de referência na região central do estado gaúcho mostram-se como principais resultados deste esforço.
María Josefa Rassetto, Julieta Farina, Daniel Peréz
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 16-40; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12560

Abstract:
Este trabajo presenta el tramo inicial de una tesis doctoral[1] que incluye el estudio de los antecedentes en investigación educativa sobre la germinación de semillas. Se expone una revisión de artículos publicados en revistas indizadas, considerando investigaciones realizadas en distintos niveles educativos. Se encontraron 25 artículos, que se estudiaron según las dimensiones analíticas: editorial, enseñanza de la germinación, procedencia biogeográfica de la planta, dormición de la semilla y tema del trabajo. Los resultados muestran que su enseñanza se basa principalmente en el uso de germinadores de semillas de Phaseolus vulgaris (porotos o frijoles), en la aplicación agrícola de semillas y en su mayoría no mencionan mecanismos de dormición o la forma de superarlos. Se concluye que el interés en los artículos analizados se centra en el proceso de emergencia de la plántula, dejando fuera las diferencias que se presentan en distintas especies, el origen biogeográfico, la relación de la germinación con las adaptaciones, los conocimientos socioculturales, o la posible aplicación a la restauración ecológica. [1] Tesis Doctoral inscripta en el Doctorado en Enseñanza de las Ciencias Exactas y Naturales de la Facultad de Ingeniería, Universidad Nacional del Comahue, Argentina. Tesista Julieta Farina; Directora Dra. María Josefa Rassetto; Co-Director Dr. Daniel Roberto Pérez.
Maria Cristina Pansera de Araújo, Vidica Bianchi, Eva Teresinha De Oliveira Boff
Revista Insignare Scientia - RIS, Volume 4, pp 291-307; https://doi.org/10.36661/2595-4520.2021v4i5.12573

Abstract:
A educação ambiental (EA) e em saúde (ES) são temáticas importantes no desenvolvimento de currículo e formação docente, pois possibilitam integração e contextualização de situações cotidianas relevantes para a vida. O objetivo foi identificar os indícios do desenvolvimento de currículo e da constituição do conhecimento de professor, na EA e ES, em dissertações e teses do Programa de Pós-Graduação em Educação nas Ciências (PPGEC-Unijuí). O estudo tem como base o referencial histórico-cultural, com sua centralidade em Vigotski (2013); Apple (2017), entre outros autores. A pesquisa é qualitativa documental, cuja análise é textual discursiva (MORAES; GALIAZZI, 2016). Foram identificadas 14 dissertações e 3 teses, no período 2010 a 2020, com os descritores EA e ES. Entre as dissertações, 9 abordaram ES (4 sobre Educação Alimentar e Nutricional, 3 sobre concepções de saúde e 2 sobre ES escolar); 3 sobre EA na Educação Básica; uma sobre as Questões Sociocientíficas e Socioambientais na formação docente; uma sobre o Ensino de Inglês com Storyline: The Neighborhood Environment and Health (Ambiente e Saúde da vizinhança), nos anos iniciais. As 3 teses analisaram EA e ES na formação de professores. As interações entre estes dois movimentos foram percebidas no material selecionado, indicando conhecimentos e estratégias produzidas na escola, na universidade e em grupos formativos.
Page of 9
Articles per Page
by
Show export options
  Select all
Back to Top Top