Refine Search

New Search

Results in Journal Universitas: Ciências da Saúde: 245

(searched for: journal_id:(1350227))
Page of 5
Articles per Page
by
Show export options
  Select all
Celeida Belchior Garcia Cintra Pinto, Roberta Pereira Feitosa
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4292

Abstract:
Resumo A presente pesquisa objetivou o estudo do ensino da dança no ambiente escolar e a relação de gênero entre os alunos, no ensino de Educação Física. Foi desenvolvida por meio de uma pesquisa transversal de coleta única de dados, de análise exploratória, utilizando dois questionários, um com 03 professores, e outro com 24 alunos, com questões fechadas e abertas. Os dados coletados foram analisados por meio do programa estatístico SPSS 22.0. Verificou-se que 66,7% dos professores afirmaram trabalhar com a dança direcionada às festividades escolares e 100%, de forma recreativa, 66,7% a aplicam para o desenvolvimento de aspectos motores, cognitivos, perceptivos e socioafetivos, o que não foi confirmado pelos alunos. Concluiu-se que a dança não está sendo utilizada nas aulas de Educação Física devido a motivos, como: a falta de qualificação dos professores, ausência de espaço adequado e materiais de apoio, ideias sexistas diferenciando a prática e os preconceitos existentes entre os alunos, relacionados a gênero.
Eduardo Cyrino Oliveira Filho
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4708

Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4293

Abstract:
Resumo A presente pesquisa teve como objetivo de estudo investigar de que forma a Educação Física contribui para o desenvolvimento inclusivo dos alunos que apresentam necessidades educacionais especiais, junto a dez professores de Educação Física de uma escola pública do Distrito Federal. Utilizou-se como recurso um questionário com perguntas fechadas e abertas. Os dados coletados foram analisados por meio do programa Word e Excel 2010. Verificou-se que 50% dos professores consideram a inclusão uma forma gradativa respeitando a capacidade, especificidades e o processo de aprendizagem e 20% apontam como dificuldade a falta de material, monitores e falta de espaço físico. Concluiu-se que a prática de atividades físicas é considerada fundamental nos processos de inclusão de alunos que apresentam necessidades especiais, em turmas regulares, contribuindo para o desenvolvimento cognitivo, afetivo e motor, ressaltando a relevância dos professores de Educação Física nesse processo.
Lia Nara De Moraes Guazzelli, Lucas Pereira Souza, Márcio Rabelo Mota
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4275

Abstract:
Resumo Os atletas sempre buscam novas formas de aumentar o rendimento, com melhor recuperação muscular após o exercício resistido. O uso das roupas de compressão durante o exercício aumenta o fluxo sanguíneo favorecendo a ressíntese de adenosina difosfato com menores níveis de ácido lático pós-atividade. O objetivo do presente trabalho foi comparar, pré e pós o exercício de agachamento, a concentração de lactato sanguíneo utilizando e não utilizando calça de compressão. Oito sujeitos, com pelo menos 6 meses de prática de exercício, participaram do estudo. A concentração de lactato foi mensurada nos momentos Pré, Pós0’ e Pós10' de exercício. A concentração de lactato não apresentou diferença entre as intervenções no momento pré (p>0,05). Conforme os resultados obtidos e apresentados no artigo, conclui-se que comparando os níveis de lactato no agachamento, o uso de calça de compressão foi associado a níveis significativamente mais altos no teste Pós0' e no teste Pós10'.
João Batista Da Silva Soares, Lia Nara De Moraes Guazzelli, Renata Aparecida Elias Dantas, Edisio Sobreira Gomes De Matos Filho, Eduardo Silva Trindade, Rafaela Barbosa De Sousa, Sylvestre Da Silva Alberto Junior, Emerson Pardono, Marcio Rabelo Mota
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4281

Abstract:
Resumo O futebol figura entre as modalidades mais praticadas do mundo. As síndromes metabólicas, atualmente figuram em um tema de grande relevância no contexto do futebol, quando relacionadas aos problemas cardiovasculares. No futebol as capacidades físicas são importantes para suprir as necessidades do atleta. Foram analisadas as respostas da pressão arterial pré e imediatamente após exercício moderado e intenso em futebolistas adolescentes. O estudo foi realizado com 10 futebolistas (n=10) do gênero masculino de 14 a 16 anos, realizado em 02 dias distintos e intervalo de descanso de 24 horas. Exercícios de aquecimento duraram de 10 minutos de forma aguda moderada e 05 minutos aguda intensa, avaliados dois a dois. Exercícios realizados na escada coordenativa. Os dados evidenciaram que houve alteração significativa na Pressão Arterial Sistólica (PAS) entre o pré e imediatamente após exercício. Os exercícios mostraram-se como boas opções de aquecimento na preparação física do futebol juvenil.
Frederico Santiago, Mateus Medeiros Leite, Vinicius Borges Vieira, Alessandro De Oliveira Silva, Tácio Rodrigues Da Silva Santos,
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4291

Abstract:
Resumo Os índices de obesidade vêm aumentando de forma alarmante na maioria dos países e vários estudos têm encontrado em suas análises índices preocupantes de aptidão e composição física de militares. Por conseguinte, o presente estudo teve como objetivo verificar e associar as variáveis de perfil físico e cardiovascular de policiais militares ingressantes voluntários em curso do BOPE do Distrito Federal. A amostra foi composta por 25 (vinte e cinco) policias militares ingressantes e foram coletadas a força de preensão manual (JAMAR®), circunferências (Sanny®) e pressão arterial em repouso (Microlife®). Os resultados apontam que os policiais apresentam níveis de pressão arterial e força muscular desejáveis, mas composição corporal comprometida o que pode refletir na execução dificultada da atividade profissional.
Ayane Katarinne Santos Da Costa, Arthur José Medeiros De Almeida
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4263

Abstract:
Resumo Na década de 1980, o surgiram concepções pedagógicas na área da Educação Física que propiciaram diferentes maneiras de ensinar as manifestações da cultura corporal na escola. No entanto, existe um número reduzido de pesquisas que analisam a influência dessas concepções na Educação de Jovens e Adultos – EJA. Nesse sentido, o objetivo desse trabalho foi analisar a prática pedagógica do professor de Educação Física que atua na Educação de Jovens e Adultos, considerando o conhecimento do professor sobre as concepções pedagógicas. Trata-se de um estudo de caso, com abordagem qualitativa em que se utilizou como técnicas de pesquisa a entrevista estruturada e observação sistemática de aulas com o registro em diário de campo. Notou-se que o professor fundamentou suas aulas nas concepções críticas de ensino da Educação Física, porém sem distinção entre elas.
Ester Pereira, Fernanda Alvarenga, Renata Dantas
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4257

Abstract:
Resumo Sabe-se que o desenvolvimento motor do ser humano é um assunto muito estudado, inúmeras são as pesquisas realizadas com a finalidade de avaliar as fases motoras evolutivas correspondentes a sua maturação biológica. O objetivo deste estudo foi avaliar o nível de desenvolvimento motor e fazer uma comparação entre os sexos de crianças de um colégio em Brasília-DF. Aplicou-se o teste KorperkoordinationstestfurKinder (KTK), para avaliar o desenvolvimento motor das crianças de oito anos de idade e de ambos os sexos, que praticam aulas de educação física. O teste foi constituído de quatro tarefas: Trave de equilíbrio, saltos monopedais, saltos laterais e transferência sobre plataformas. Os resultados apontaram diferença significativa entre os sexos quanto á habilidade equilíbrio (p = 0,002). Conclui-se que, analisando por sexo que não houve diferença significativa nos aspectos motores quanto á força, velocidade e lateralidade (p = 0,756; p = 1,000 e p = 1,000 respectivamente).
Hetty Nunes Lobo, Renata Aparecida Elias Dantas, Marcio Rabelo Mota
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4264

Abstract:
Resumo O presente estudo teve por objetivo verificar a associação entre a pressão arterial e o nível de atividade física em escolares da rede pública e privada do DF. A amostra foi constituída por 212 estudantes (98 pública e 114 privada), na faixa etária de 7 a 10 anos. Os sujeitos foram submetidos a uma avaliação antropométrica, classificados de acordo com o IMC/idade e a um questionário de estilo de vida. A hipertensão foi definida quando a pressão arterial sistólica e/ou diastólica estavam acima do percentil 95 de acordo com a idade, sexo e estatura. Não foram evidenciados diferenças nas variáveis quando comparadas entre os quartis para o NAF. No entanto quando comparadas entre escola pública e particular e entre pares, as crianças da escola privada apresentaram maior IMC e PA elevada. As crianças da escola privada apresentaram maiores fatores de risco cardiovascular do que as crianças da rede pública.
Arthur Henrique Gomes De Lima, Hetty Nunes Lobo
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4268

Abstract:
Resumo Saúde é o completo bem-estar físico, mental e social, não podendo ser puramente considerada a ausência de doença. É fundamental que as escolas se preparem para promover a saúde de seus alunos, pois, estes passam grande parte de seu tempo nesse ambiente. Analisar os professores de educação física escolar que trabalham a promoção de saúde em suas aulas, e saber se os professores possuem conhecimento a respeito do Programa de Saúde na Escola (PSE). Foi realizada a entrevista contendo 5 perguntas a respeito do programa de saúde na escola (PSE) e promoção de saúde nas aulas de educação física. O principal achado do presente estudo foi que dois professores ainda trabalham de forma preventiva e apenas um professor que possui conhecimento da promoção da saúde na visão ampliada. Conclui-se que a superação dos desafios apontados pelos setores saúde e educação passa pelo reconhecimento de que as contradições conceituais apontadas.
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4279

Abstract:
Resumo Este estudo analisou se as aulas do professor contribui para prevenção da obesidade infantil e o Indíce de Massa Corporal (IMC) dos alunos. A amostra foi constituída por 44 crianças e um professor. Verificou-se o IMC para classificação da obesidade e aplicado um questionário para o professor para avaliar o conhecimento do mesmo sobre o assunto obesidade. Foram observadas aulas para verificar se o mesmo executava alguma ação para tratar o quadro de obesidade de seus alunos. 65,9% das crianças foram classificadas como eutróficas, enquanto 34,1% apresentavam sobrepeso ou obesidade. Não houve diferença entre meninos e meninas na massa corporal (p = 0,523), na estatura (p = 0,352) e no IMC (p = 0,897). O professor avaliado abordou que a intervenção feita por ele é apenas uma conscientização dos males causados pela obesidade. As intervenções realizadas pelo professor nas aulas não eram efetivas para combate ou prevenção da obesidade, devido à falta de aulas disponíveis para um trabalho dessa proporção.
Tallyta Gabriella De Oliveira Torres, Renata Aparecida Elias Dantas
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 15; https://doi.org/10.5102/ucs.v15i1.4247

Abstract:
Resumo As atividades circenses possuem grande potencial pedagógico dentro da Educação Física escolar. Acrobacia Coletiva é uma modalidade da arte circense onde vivencia-se uma prática corporal lúdica e agente no desenvolvimento da responsabilidade, confiança e compromisso. Este estudo analisou as impressões dos alunos sobre a Acrobacia Coletiva como possível conteúdo nas aulas de Educação Física. 23 alunos do 2º ano do Ensino Médio participaram de aulas de Acrobacia Coletiva nas aulas de Educação Física, respondendo um questionário sobre suas impressões ao final das aulas. 100% dos alunos gostaram de praticar Acrobacia Coletiva e acharam o conteúdo interessante para ser trabalhado durante as aulas. 96% afirmaram ter vontade de participar de mais aulas de Acrobacia Coletiva na escola. O trabalho em equipe foi apontado como o que mais gostaram, e nada como o que menos gostaram. A Acrobacia Coletiva mostrou ser um conteúdo interessante e possível de ser trabalhado nas aulas.
Nildo Fernando Ramos Figueiredo, Luis Fernando Da Rosa, Maria Isabel Battisti Archer
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i2.3909

Abstract:
Resumo As alterações no estilo de vida ocorridas nas últimas décadas refletiram na saúde das pessoas. O objetivo deste estudo foi analisar se o estilo de vida adotado pelos acadêmicos do 4º ano do curso de Educação Física da Universidade da Região de Joinville – Univille apresenta comportamentos que oferecem riscos à própria saúde. A amostra foi constituída de 100 acadêmicos, de ambos os sexos, com idade entre 20 a 49 anos, regularmente matriculados no 4º ano dos Cursos de Bacharelado e Licenciatura em 2013. O instrumento de pesquisa foi o “Pentáculo do Bem Estar”. Foi utilizada a estatística não paramétrica, com o Teste Qui-quadrado com nível de confiança de 95% e tabelas de contingência. Destacou-se o resultado apurado na comparação entre as habilitações do curso (Bacharelado e Licenciatura) no gênero feminino, o qual apresentou diferenças significativas com prevalência de comportamento de risco para as acadêmicas da Licenciatura no componente Nutrição.
Tatiane Abud Pimentel,
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i2.4186

Abstract:
Nos últimos anos observa-se um considerável aumento do parto cirúrgico. Dados do Ministério da Saúde afirmam que 88% dos bebês que nascem nos hospitais privados no Brasil são por cirurgia, e no setor público chega a 40% dos partos, um número elevado ante os 15% recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Diante disso, esse trabalho propôs distinguir quais os fatores que influenciam na escolha da via de parto. Trata-se de um estudo de revisão narrativa da literatura científica nacional e internacional, consultadas nas bases de dados Lilacs, Scielo, e PubMed. Concluiu-se que muitos são os fatores que influenciam o comportamento materno em relação à preferência por determinada via de parto, destaca-se entre eles o processo doloroso do parto, o desrespeito à sua autonomia, o desinteresse do profissional pelo parto normal, e o próprio sistema de saúde. Ressalta-se a relevância do acesso ao pré-natal com ações voltadas para a reeducação dos profissionais de saúde, e das próprias pacientes que incentivem o parto humanizado, e que proporcionem uma decisão com total autonomia e segurança sem riscos para a mãe e o bebê.
Cristiano Pereira De Oliveira, Marcela Alves De Moraes,
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i2.3910

Abstract:
Resumo O tratamento oncológico gera altos índices de estresse que podem causar potenciais prejuízos na vida dos pacientes, além de possíveis efeitos deletérios em variáveis biológicas relacionadas ao tratamento. O objetivo do presente estudo foi investigar quais técnicas da Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) são empiricamente testadas neste contexto. Para tal, a metodologia empregada foi a de Revisão sistemática de artigos no período de 2010 a 2015, sendo utilizadas as bases de dados: Pubmed, PsychInfo, Omnis, Scholar Google. A qualidade dos artigos foi avaliada conforme escala de JADAD por dois examinadores independentes. Os resultados obtidos foram que, dentro das técnicas da (TCC), as intervenções baseadas em Mindfullness, o protocolo biocomportamental e o relaxamento foram as mais eficazes e empiricamente testadas para gerenciamento de estresse em pacientes oncológicos.
Linconl Agudo Oliveira Benito, Eduardo Barros De Aquino
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i2.3526

Abstract:
Resumo A população idosa e o processo de envelhecimento humano vêm se tornando a cada dia mais presente no cenário mundial ao longo da segunda metade do século 20, alcançando uma verdadeira explosão gerontológico em sua última década. O objetivo dessa pesquisa foi apresentar as modalidades de atendimento ao idoso em ambientes diversos de assistência qualidade. Este estudo trata-se de uma revisão bibliográfica e para obtenção dos dados e produção da pesquisa foi realizada a verificação de fontes bibliográficas variadas disponíveis, dando foco principal em estudos extraídos de artigos de periódicos científicos. Na seleção de 12 artigos analisados, obteve-se valores médios de 25% para o trabalho desenvolvido em instituições domiciliares e 25% hospitalares, em instituições asilares 16,6% e 8,33% para todos de temática ambulatorial, pré-hospitalar, saúde bucal e a humanização cada. O poder público necessita com urgência da elaboração de projetos voltados ao idoso, criando acessibilidade ao mercado de trabalho que se encontra limitada a essa população, dando mais participação, melhorando a qualidade da assistência em saúde e garantindo assim a cidadania e vida adequada que o público da terceira idade tanto necessita e merece.
Daiane Franco Martins, Linconl Agudo Oliveira Benito
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i2.3810

Abstract:
Resumo Tratou-se de uma revisão sistemática de literatura e que analisou as contribuições de Florence Nightingale contra a infecção hospitalar. Para desenvolvimento deste estudo, foi eleito um universo de 27 publicações, adquiridas junto as bases de dados BVS, SABER-USP, e PUBMED. Por meio do presente estudo foram percebidas as contribuições de Florence Nightingale no combate e controle aos processos de infecção hospitalar, influenciando inclusive na administração e arquitetura hospitalar, inclusive em âmbito internacional, reconhecidamente por profissionais de saúde e de outras áreas do conhecimento. No qual esse trabalho permitiu identificar a importância do impacto da Teoria Ambientalista, por meio da atenção concedida ao paciente em diversas ações, no qual foi incorporada na enfermagem através de seu legado mesmo ainda em uma era pré-bacteriológica.
Marcio Rabelo Mota, Sandro Nobre Chaves, , Adriano Laboissieire Botelho, Ricardo Jacó De Oliveira
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i2.4040

Abstract:
Resumo Da evolução das bicicletas, surgiu a bicicleta estacionária, ou chamada cicloergômetros, que são voltadas para uso em salas de avaliação física. O objetivo desse estudo foi verificar a ativação dos músculos vasto lateral (VL), vasto medial (VM) e reto femoral (RF) em cinco diferentes posições de ciclismo indoor, por meio da eletromiografia (EMG). A amostra foi composta por 10 indivíduos do sexo masculino. As atividades elétricas dos músculos foram coletadas durante o movimento de pedalada em bicicleta específica de ciclismo estacionário, tendo os participantes se posicionado em cinco posições diferentes, para avaliação do VL, VM e RF. De acordo com as posições corporais foram observadas diferenças nas respostas EMG para cada um dos músculos estudados. Da análise das respostas EMG dos membros inferiores em cinco diferentes posições em ciclistas indoor foram encontradas diferenças significativas no músculo RF.
Linconl Agudo Oliveira Benito, Warlei Nunes De Souza
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i2.3811

Abstract:
Resumo A sífilis merece destaque por ser uma doença infecciosa, sistêmica de abrangência mundial e evolução crônica causada pelo Treponema pallidum. Tem o homem como único hospedeiro, transmissor e reservatório. Sua transmissão ocorre de forma sexual ou vertical. A presente pesquisa objetivou avaliar a incidência da sífilis gestacional por regiões brasileiras no recorte histórico de 2008 a 2014, descrevendo o perfil epidemiológico das gestantes que tiveram sífilis, verificando em quais regiões do Brasil tiveram maior e menor incidência e avaliando quanto à realização do pré-natal, faixa etária das gestantes, diagnóstico e tratamento do parceiro. Trata-se de estudo classificado enquanto transversal e descritivo, com abordagem quantitativa, realizado em agosto de 2015, a partir do banco de dados disponível na Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) do Ministério da Saúde (MS), onde contém informações das fichas do Sistema Nacional de Agravos de Notificação (SINAN). Foram notificados 91.466 casos de sífilis gestacional no país mostrando uma série ascendente ano a ano. A maioria das gestantes realizaram pré-natal 74.2% (n=48.990), possuíam de 20 a 29 anos 51.4% (n=47.045) e baixo nível de instrução 21,5% (n=19.730). O tratamento inadequado das gestantes e a falta de tratamento dos parceiros mostram-se como realidade no Brasil. A incidência de sífilis gestacional e congênita é indicadora da qualidade da assistência pré-natal. O aumento dos coeficientes epidemiológicos, nos últimos sete anos (07), reforça a necessidade de ações voltadas para o controle desse importante agravo.
Linconl Agudo Oliveira Benito, Pollyanna Braga Santos De Andrade
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i2.3812

Abstract:
Estudo exploratório, descritivo e de abordagem quantitativa que analisou a sexualidade de pessoas idosas portadoras de HIV/AIDS. Para aquisição dos dados foi utilizado enquanto instrumento e coleta de dados (ICD) a Escala de Atitudes e Conhecimento sobre Sexualidade no Envelhecimento (ASKAS). Foram entrevistados dez (10) idosos. Os sujeitos da pesquisa se constituíram de 70% (n=7) pessoas com 60 a 69 anos, 70% (n=7) do sexo masculino, 50% (n=5) nordestinos, 40% (n=4) se encontravam separados ou divorciados, 40% (n=4) possuíam ensino médio completo, 70% (n=7) eram tabagistas, nenhum etilista, nenhum dependente químico, 40% (n=4) possuía HA, 40% possuía DM, 20% (n=2) possuía outra enfermidade, 60% (n=6) possui HIV/AIDS a menos de 10 anos, 50% (n=5) consomem pelo menos cinco (5) ou mais medicações, 80% (n=8) possuía renda mensal de 3 ou mais salários mínimos, 40% (n=4) moram numa residência com mais de 3 pessoas, e 70% (n=7) declaram possuir filhos. Foi possível evidenciar que as pessoas idosas portadoras de HIV/AIDS possuem conhecimento em relação a sexualidade, sendo a mesma um fator relacionado a qualidade de vida (QV). Paradoxalmente aos avanços tecnológicos e a inovações científicas, ainda são percebidos por meio dos discursos, preconceitos em relação à sexualidade e medo de não serem capazes de desenvolverem a sexualidade.
Rafael Gomes De Sousa, Allison Barros Santana
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i2.3840

Abstract:
Resumo O trabalho buscou identificar o instrumento mais apropriado para avaliação do risco de úlcera por pressão (UPP) nos pacientes em terapia intensiva. Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. Foram selecionados artigos primários, disponíveis na íntegra, nos idiomas português, inglês e espanhol no período de 2000 a 2014, obtidos nas bases de dados ScIELO, MEDLINE, LILACS e IBECS, utilizando os DeCS “úlcera por pressão” and “unidades de terapia intensiva” and “fator de risco”. Aplicou-se o teste Critical Appraisal Skills Programme (CASP) para avaliar a qualidade metodológica, sendo os artigos selecionados classificados quanto ao nível de evidência, segundo Scottish Intercollegiate Guidelines Network (SIGN). Obtiveram-se 10 artigos, todos apresentando nível de evidência quatro com boa qualidade metodológica e viés reduzido. Diante dos resultados encontrados, sugere-se a necessidade de novos estudos que correlacione as diversas escalas de avaliação de risco para UPP em pacientes críticos, para que se possa determinar com precisão o melhor instrumento para avaliação dessas feridas.
, Laiza Vaz Quintanilha, Francisco De Assis Coutinho E Silva, Homero Freitas Da Rocha, Francisco Lopes Dos Santos
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i2.3847

Abstract:
A resistência microbiana aos antibióticos vem aumentando rapidamente em todo o mundo e, em particular, no ambiente hospitalar. Portanto, é notória a preocupação em métodos e ações de prevenções quanto a esta problemática. O termo superbactéria refere-se a bactérias que acumularam genes capazes de resistir à ação de muitos dos antimicrobianos utilizados nos tratamentos médicos, em especial a classe dos carbapenêmicos. Nesse contexto, o objetivo do presente trabalho foi correlacionar a prevalência de enterobactérias produtoras de carbapenemase (KPC) em UTI’s, com o adequado manejo dos pacientes internados. A pesquisa contou com uma revisão bibliográfica, onde constatou-se a prevalência de algumas espécies de Enterobactérias em UTI’s. A não utilização de medidas de contenção padrão no combate à infecção hospitalar contribui para o surgimento de superbactérias. Portanto, os profissionais da saúde podem minimizar os fatores de risco à transmissão desses microorganismos, a partir de mudanças comportamentais nas unidades de saúde
Milene Rocha Ribeiro, Simone Rodrigues Sousa, Daphne Heloisa De Freitas Muniz, Maria Claudia Silva, Eduardo Cyrino Oliveira-Filho
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 8; https://doi.org/10.5102/ucs.v8i2.1302

Abstract:
Ambientes hídricos localizados em centros urbanos sofrem intensas pressões das atividades antrópicas comprometendo sua qualidade. A criação de parques urbanos constitui uma das principais estratégias utilizadas para minimizar esses impactos e atingir proteção e conservação de ambientes naturais. Portanto, este trabalho tem como objetivo avaliar parâmetros microbiológicos e físico-químicos de águas localizadas em quatro parques urbanos no DF, que fazem parte da unidade hidrográfica do Lago Paranoá. As coletas ocorreram mensalmente nos períodos de outubro a dezembro de 2009 e março a maio de 2010. Foram analisados os indicadores microbiológicos coliformes totais e termotolerantes, por método de substrato enzimático (Colilert®) e físico-químicos temperatura, condutividade, OD e pH, através do aparelho multiparametro marca Hanna. Os resultados encontrados mostram que dos quatro parques, três (Parques Águas Claras, Parque Asa Sul e Parque Olhos D'água) apresentaram coliformes termotolerantes em concentrações crescentes nos meses de outubro a dezembro (entre 200 NMP/100 mL e 2.419,60 NMP/100 mL) e valores decrescentes em março a maio (de 2.419,60 NMP/100 mL a 344,60NMP/100 mL), indicando possível influência da sazonalidade e de contribuição difusa de poluição. Já no Parque Ezechias Heringer (Guará) a partir de dezembro o quantitativo desse indicador permaneceu constante com valor >2.419,6 NMP/100 mL, inferindo uma provável contribuição de poluição pontual. Os parâmetros físico-químicos não apresentaram variações significativas ao longo dos meses, mas foram expressivos na avaliação da qualidade da água do Parque Asa Sul.
Cristiane Caldeira, Vanessa Cristina Rezende Melandri, Gizeli Costa Faria, Octávio Augusto Presgrave
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 8; https://doi.org/10.5102/ucs.v8i2.1150

Abstract:
Todos os produtos injetáveis de uso humano devem ser livres de pirogênio. Este contaminante é considerado um grave problema de saúde pública, pois pode causar febre, podendo levar o paciente a um quadro de choque ou até a óbito. O teste de pirogênio é realizado em coelhos, principalmente no controle de soros, dos problemas éticos e do alto custo na utilização de animais, o teste em vacinas e hemoderivados, embora ensaios de LAL e MAT sejam considerados como alternativas para determinados produtos. O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão da literatura sobre a evolução do teste de pirogênio e avaliar a possibilidade de aceitação regulatória de métodos alternativos pelos laboratórios oficiais, no controle de produtos injetáveis. Conclui-se que, apesar da existência de métodos alternativos, a carência de novos estudos e a limitação da aplicação desses métodos, principalmente para imunobiológicos, não permite a substituição do teste in vivo a não ser nos casos preconizados pelas Farmacopeias. Dessa forma, apesar dos problemas éticos e do alto custo na utilização de animais, o teste em coelhos continua a ser, até o momento, o teste de escolha para garantir a qualidade de grande parte dos produtos injetáveis, até que o MAT possa ser validado e reconhecido para uma ampla classe de produtos.
, Poliana Nunes Gesteira, Hélia Carla De Souza, Luciana Farias De Miranda, Lígia Richter De Alencar Normando
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 8; https://doi.org/10.5102/ucs.v8i2.1144

Abstract:
Este trabalho tem como objetivo, dissertar sobre alguns dos fatores da qualidade, no que se refere à estrutura, processo e resultado dos serviços de enfermagem no hospital, que influenciam na qualidade da assistência prestada ao cliente. Trata-se de um estudo bibliográfico, de caráter descritivo: foram utilizados artigos científicos publicados no período de 1990 a 2009. A busca pela qualidade sempre esteve presente. O que levou as empresas industriais a optarem por serviços de qualidade foi a competição que estava acontecendo entre as mesmas. Foi criado o Programa de Gestão pela Qualidade Total para auxiliar as empresas a gerenciarem com qualidade. Os hospitais são avaliados pela Joint Commission on Accreditation of Hospitals e pela Organização Nacional de Acreditação. Ambas avaliam de acordo com o proposto por Donabedian: estrutura, processo e resultado. A acreditação inclui avaliação da qualidade da assistência de enfermagem.
Rose Gomes Monnerat, Rafael Silva Menezes, Vinícius Fiúza Dumas, Érica Soares Martins, Lílian Botelho Praça
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 8; https://doi.org/10.5102/ucs.v8i2.1142

Abstract:
Agrotis ipsilon (Lepidoptera: Noctuidae), conhecida como lagarta rosca, é uma praga polífaga e cosmopolita, causadora de sérios danos em cultivos hortícolas e em sistemas de produção de grãos. Uma das alternativas para o combate a esta praga pode ser a utilização de produtos a base de Bacillus thuringiensis (Bt), bactéria aeróbica, Gram positiva, caracterizada pela produção proteínas tóxicas a insetos. A Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia possui uma coleção de cerca de 2.300 estirpes de Bt. Neste trabalho cem estirpes desta coleção foram testadas para controle de A. ipsilon e destas, nove foram bastante tóxicas. Essas estirpes pertencem aos sorotipos kurstaki, aizawai, sotto e galleriae. A análise molecular e protéica mostrou a presença dos genes cry1Aa, cry1Ab, cry1Ac, cry1B, cry1C, cry1F, cry2 e cry11 e suas respectivas proteínas, indicando serem elas as proteínas envolvidas na atividade tóxica das estirpes selecionadas.
Rose Gomes Monnerat, Paulo Roberto Queiroz Silva, Érica Soares Martins, Lunalva Sallet
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 8; https://doi.org/10.5102/ucs.v8i2.1141

Abstract:
Alphitobius diaperinus (Panzer, 1797) é uma espécie cosmopolita originária do continente africano encontrada em grande quantidade em cama de frango causando problemas sanitários e econômicos, afetando a saúde e o crescimento das aves e atuando também como transmissor de doenças. Indivíduos A. diaperinus originários de três localidades da região sul do Brasil foram analisados molecularmente por meio da técnica de RAPD. Para isso foi adaptada uma metodologia para extração de DNA e testados os iniciadores decaméricos OPA-03, OPA-04, OPA-10, OPA-11 e OPA-13. O protocolo de extração de DNA que foi adaptado produziu fragmentos de DNA para a análise das populações de cascudinho originárias da região sul do Brasil por RAPD. Foi encontrada alta variabilidade genética entre as populações de cascudinho. Além disso, sugere-se que indivíduos de A. diaperinus ocorrendo no Paraná possam ter se deslocado para os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Paulo Roberto Queiroz, Anabele Azevedo Lima, Valdi Lopes Tutunji, Luzia Helena Corrêa Lima
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 8; https://doi.org/10.5102/ucs.v8i2.1110

Abstract:
Aspergillus e Penicillium são microrganismos capazes de provocar complicações clínicas consideráveis principalmente em pacientes imunossuprimidos. A análise molecular é uma estratégia importante para a identificação rápida e precisa desses agentes patogênicos. O objetivo desse trabalho foi descrever padrões de marcadores RAPD específicos para a identificação de isolados de Aspergillus e Penicillium causadores de doenças de interesse médico. A análise morfológica revelou que 14 isolados eram do gênero Aspergillus, 7 eram Penicillium, 1 correspondente a Fusarium e um isolado não foi identificado. A análise por RAPD com dez iniciadores produziram fragmentos de DNA característicos para cada gênero. O dendrograma revelou grupos de isolados dentro de cada gênero de fungo de acordo com perfis de marcadores específicos, identificando isolados muito semelhantes que apresentaram alto coeficiente de similaridade. Esses dados fornecem opções para o desenvolvimento de oligonucleotídios de PCR para a identificação específica de isolados específicos ocorrendo no ambiente médico-hospitalar.
Marcella Marjory Massolini Laureano, Humberto Barbosa Alcântara
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 8; https://doi.org/10.5102/ucs.v8i2.1096

Abstract:
O Cavaleiro Inexistente, de Ítalo Calvino, serve de mote ao questionamento acerca da subjetividade, tão cara à Psicologia. Descartes inaugurou a modernidade apartando em definitivo corpo e alma; de certa forma, uma reedição do dilema platônico. Sob o prisma da subjetividade, entretanto, nada é tão dicotomicamente separado e corpo e alma hão de se completar nessa construção. A Psicologia persegue dissecar o subjetivo com a objetividade que o método cartesiano impôs ao científico; mas algo parece sempre escapar da observação. Esse inconsciente que escapa retorna no sintoma e desafia a Psicologia em relances fugidios, completos na incompletude dos mecanismos de deslocamento e condensação. Não há corpo sem alma, não há uma subjetividade assepticamente objetiva e O Cavaleiro Inexistente, se é pura razão, não se sente completo sem um corpo que mostre o ser humano que nele habita. O grande dilema da Psicologia é descobrir se é possível criar caminhos que leve ao entendimento do entrelace do corpo e da mente.
Aucirlei Almeida De Sousa, Alessandro Caetano Albernaz, Hermínio Mauricio Rocha Sobrinho
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i1.3406

Giuliano Roberto Da Silva, Gerusa Dias Siqueira Vilela Terra, Cassiano Merussi Neiva, Marcelo Rodrigo Tavares, César Augusto Costa Rodrigues, Luana Machado De Carvalho, Melissa Lemes Fernandes, Roberto Vieira Da Silveira
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i1.3546

Aline Rocha De Souza, Mariene Auxiliadora De Paula, Hermínio Mauricio Rocha Sobrinho
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 14, pp 41-52; https://doi.org/10.5102/ucs.v14i1.3209

Abstract:
A estria atrófica cutânea ou striae distensae é uma dermatose muito comum durante a gestação, constituindo causa frequente de consulta ao dermatologista. Devido a seu caráter inestético, pode induzir importantes consequências psicossociais e na qualidade de vida da gestante. O objetivo deste trabalho foi descrever os principais fatores associados ao surgimento das estrias de distensão, assim como apresentar as alterações fisiopatológicas decorrentes do desenvolvimento destas e revisar as possibilidades de tratamento preconizadas na literatura para estrias recentes e antigas. Observou-se que inúmeros tratamentos para esta afecção têm sido propostos, alguns não apresentando resultados satisfatórios e que a combinação de terapias pode fornecer melhor eficácia. Os estudos destacam a importância da prevenção das estrias com uso de cremes hidratantes, dieta e atividades físicas durante a gravidez para se evitar as suas consequências na vida das gestantes. Os tratamentos com lasers e radiofrequência podem diminuir o tamanho das estrias e melhorar a sua aparência.
Marcos Gontijo Silva, Érica Eugênio Lourenço Gontijo, Dayane Da Silva Ferreira, Fernanda Soares Carvalho, Ana Maria De Castro
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13, pp 93-102; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i2.3305

Abstract:
Este artigo propôs-se a traçar o perfil clínico e sociodemográfico das gestantes atendidas pelo SUS (Serviço Único de Saúde) no Município de Gurupi, Tocantins. Foi feita uma análise retrospectiva nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) da cidade. Foram avaliadas 6583 gestantes e selecionadas 1049 mulheres. Foram coletados dados demográficos, sociais e clínicos. Os dados foram tabulados no programa Epi-Info 3.3.2 sendo aplicada estatística descritiva com IC95%. Foi observado que 47,0% não se submeteram a seis consultas pré-natais, 83,1% eram negras ou pardas e 46,4% não tinham profissão. Foi encontrada toxoplasmose aguda em 5,0% (52/1049), sífilis em 3,6% (38/1049), hepatite B em 2,7% (28/1049), herpes simplex vírus em 2,0% (21/1049), HIV em 1,9% (20/1049), hipertensão em 15,6% (164/1049), doença neurológica em 1,2% (13/1049) e diabetes em 1,1% (12/1049), cefaléia 38%, dor no baixo ventre 35,5% e leucorreia 19,2%. Concluímos que a prevalência de doenças infecciosas e não infecciosas nas gestantes foi alta.
Ana Luiza Pereira Barrozo, Karina Aragão Nobre Mendonça
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i2.3298

Abstract:
A alimentação fora de casa favorece escolhas alimentares não saudáveis e pode trazer malefícios a saúde coletiva. As Unidades de Alimentação e Nutrição (UAN) tendem a trazer qualidade nutricional adequada além de níveis de sanidade. O objetivo do trabalho foi avaliar qualitativamente as preparações de cardápios de uma UAN de Brasília utilizando o método de Avaliação Qualitativa das Preparações do Cardápio adaptado. O trabalho teve como resultados, em relação às técnicas de cocção, que a maioria das preparações dos cardápios são feitas em calor úmido. Houve presença de frituras (5,58%). Verificou-se ainda maior utilização de carnes gordurosas devido a melhor aceitação do público. As frutas e hortaliças são oferecidas todos os dias. Com relação à cor e textura das refeições, são bem harmoniosas, coloridas e sem monotonia. Foi possível concluir que a presença do nutricionista na montagem dos cardápios é essencial para se oferecer alimentação saudável e balanceada
Rafaela Soares Rech, Michelle Antonette Brown, Maria Cristina De Almeida Freitas Cardoso, Deisi Cristina Gollo Marques Vidor, Marcia Angelica Peter Maahs
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13, pp 111-125; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i2.2977

Abstract:
A interdisciplinaridade entre Fonoaudiologia no âmbito da Motricidade Orofacial e Odontologia no âmbito da Ortodontia é atestada por vários casos. Embora tenham objetos de estudo distintos, uma vez que a Fonoaudiologia está centrada na adequação da forma em prol das funções do sistema estomatognático; a Odontologia preocupa-se de forma mais específica com a correção das anomalias dentofaciais. Ambas precisam trabalhar conjuntamente em várias situações, a fim de promover um melhor prognóstico ao paciente. Com base nesta relação, propõe-se a presente revisão de literatura, que tem como objetivo estreitar os conhecimentos que devem existir entre a Fonoaudiologia e a Odontologia, discorrendo sobre os temas mais relevantes que aproximam as duas especialidades.
, Wallacy Rodrigues Alves, Fábio Santana, Marcio Rabelo Mota, , Luis Inácio Silva, Marco Santos Carvalho
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i2.3372

Abstract:
O treinamento de força (TF) tornou-se parte integral no programa de condicionamento físico para atletas e praticantes de exercícios. O objetivo do estudo proposto neste artigo consistiu em identificar os efeitos da suplementação de maltodextrina referente à curva glicêmica em praticantes de TF. O estudo foi aprovado pelo comitê de ética e pesquisa da Faculdade União de Goyazes por meio do protocolo 011/2014-1. Vinte e um sujeitos do sexo masculino com, pelo menos, um ano de prática em TF participaram do estudo. Esses sujeitos foram divididos randomicamente a um dos dois grupos: grupo controle (G1, n = 11) e grupo experimental (G2, n = 10). Desse modo, foram avaliados os níveis glicêmicos pré, durante e pós treino para analisar a curva glicêmica. Não houve redução significativa (p > 0,05) nos níveis glicêmicos da amostra, mas houve aumento quando comparados cada fase de coleta. Conforme o resultado obtido apresentado neste artigo, conclui-se que a maltodextrina, sendo utilizada como recurso ergogênico para TF, não apresentou valores significativos com relação ao grupo não suplementado.
Vinícius Araujo Bispo, Marcio De Paula Oliveira
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i2.2993

Abstract:
O futebol, devido ao seu alto nível de esforço e exigibilidade por parte dos atletas, está associado a diferentes tipos de lesões. A falta da aplicação de programas de prevenção pode contribuir para que essa ocorrência seja cada vez maior. O presente estudo avaliou a resposta sensório-motora e funcionalidade dos atletas de uma escolinha de futebol de Brasília/DF, após terem sido submetidos ao programa de prevenção de lesões FIFA “The 11+”. Foram estudados 12 atletas do gênero masculino, com a média de idade de 14 anos, estatura 1,65cm e peso de 52 kg. Apenas um era canhoto e nenhum apresentava histórico de lesão em membros inferiores. A avaliação da resposta sensório-motora foi feita por meio da eletromiografia (EMG) nos músculos vasto medial, lateral e reto femoral durante a execução do Star Excursion Balance Test – SEBT, e a funcionalidade por meio do Single Leg Hop Test - SLHT. Em ambos os procedimentos, foram analisados os membros dominante e não dominante. Os resultados encontrados demonstraram diferenças estatisticamente significativas entre as intervenções na EMG dos músculos vasto lateral e reto femoral e no SLHT do membro inferior direito. Conclui-se que a participação no programa FIFA “The 11+” promoveu aumento tanto da resposta sensório – motora, quanto da funcionalidade do grupo de atletas estudados.
Tatiana Mitie Watanabe Hobo, Monique Azevedo
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i2.3225

Abstract:
Trata-se de um estudo descritivo, transversal, com 50 gestantes, do primeiro ao terceiro trimestre gestacional, assistidas na clínica particular de Ginecologia e Obstetrícia da cidade de Brasília. O objetivo do estudo foi verificar a prevalência da lombalgia, a intensidade da dor, e as situações em que a dor interfere nas atividades em um grupo de gestantes. As participantes responderam um questionário sobre lombalgia e sua influência nas AVD’s. A prevalência da lombalgia foi de 72%, sendo essa dor predominante no segundo trimestre gestacional (44,44%). Sendo mais frequente diariamente (36,11%) e semanalmente (36,11%). Em diversas AVD’s houve prejuízo por causa da lombalgia gestacional. A lombalgia é um sintoma comum entre as gestantes, sintoma esse que atrapalha nas AVD’s das gestantes, porém é de fácil identificação e tratamento.
Bárbara Mendes Ferreira, Milton Rego De Paula Júnior
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13, pp 79-86; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i2.3294

Abstract:
A fenotipagem eritrocitária pré-transfusional é um importante procedimento, de pesquisa dos aloanticorpos irregulares produzidos por sensibilizações a antígenos estranhos durante as transfusões. O objetivo do trabalho é avaliar prontuários de uma clínica particular de banco de sangue do Distrito Federal que tiveram positividade no Teste de Coombs Direto e na Pesquisa de Anticorpos Irregulares. De Janeiro de 2012 a Setembro de 2014, observou-se um aumento de anticorpos anti-E 21%, do anti-D 20% e do anti-K 11%. Do total de aloimunizados, 73% são do gênero feminino e dessas, 74% apresentaram histórico gestacional. Quanto à faixa etária, 63% eram de pacientes com idade igual ou superior a 60 anos, também foi demonstrado que a anemia foi à principal causa das transfusões com 39%. Diante da alta ocorrência de aloanticorpos antieritrocitários é relevante estender a fenotipagem e compatibilização pré-transfusional para os antígenos dos sistemas Rh e Kell, para a redução dos indicies de reações transfusionais em pacientes aloimunizados.
Diogo Barth Pacini, Carla Regina De Mendonça Dos Santos, Camilla Rocha Teixeira,
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i1.2846

Abstract:
A entomologia forense é o estudo de insetos que são encontrados em locais de crimes, e são utilizados como vestígios, aumentando a possibilidade de encontrar a causa da morte e a estimar o intervalo pós-morte (IPM). Com base nessas análises os entomólogos e os peritos observaram que os componentes químicos utilizados pelo individuo, tais como medicamentos ou drogas, ou até mesmo o uso de venenos alterava o que já se conhecia da estimativa do IPM, surgindo, desse modo uma nova vertente nesta ciência, que é a entomotoxicologia forense. O presente trabalho bibliográfico descreve os princípios básicos da entomotoxicologia abordando principalmente a interferência na estimativa do intervalo pós-morte.
Patricia Brum Martins, Maria Cristina De Almeida Freitas Cardoso
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i1.2760

Andrei Yuri Mota Do Amaral Rocha, Déborah Oliveira Castro, Nataly Mitie Natsume Moriya, Hugo Alves Sousa, José Roberto Pimenta Godoy
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i1.3179

Ludmila Zatorre Dantas, Ronaldo Rodrigues Teixeira Júnior
Universitas: Ciências da Saúde, Volume 13; https://doi.org/10.5102/ucs.v13i1.3213

Abstract:
Este trabalho teve como objetivo mostrar a relação entre tiques e habilidades sociais na condução de um caso clínico comportamental. Patrícia (nome fictício), de 15 anos, foi trazida por sua mãe com a queixa de apresentar tiques e timidez excessiva. Entretanto os supostos tiques não apareceram durante as sessões e foi analisado que a atenção fornecida pela mãe era o que controlava alguns de seus comportamentos. Foram realizados treino de assertividade, simulações de situações sociais, entre outras intervenções. Dessa forma os “tiques” não foram foco das intervenções e após 30 sessões foram observados vários progressos da cliente, tendo recebido alta da terapeuta. O caso mostra a importância da realização de uma análise funcional do comportamento, que fez com que a condução do caso se voltasse para o refinamento das habilidades sociais da filha e não do que foi chamado de tique pela mãe
Page of 5
Articles per Page
by
Show export options
  Select all
Back to Top Top