Refine Search

New Search

Results: 1,922

(searched for: publisher_id:9105)
Save to Scifeed
Page of 39
Articles per Page
by
Show export options
  Select all
, Maria Auxiliadora Ávila Dos Santos Sá
Revista @mbienteeducação, Volume 10; https://doi.org/10.26843/ae19828632v10n12017p117a145

Abstract:
Como ocorre o processo de constituição profissional do Professor Coordenador Pedagógico? Foi nesse sentido que o presente artigo buscou na análise das proposições das profissionais entrevistadas o percurso que as levou a serem designadas como gestoras. A população da pesquisa foi composta por docentes designados junto à rede pública estadual de Municípios do Interior Paulista, onde está implementado o Programa Ensino Integral, proposto pela Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Por meio de um levantamento bibliográfico, a realização de entrevistas, a elaboração e a revisão de biogramas, foi possível refletir sobre as trajetórias profissionais e os incidentes críticos observados em meio às próprias trajetórias. Com o objetivo de compreender o processo de constituição profissional do Professor Coordenador Pedagógico que atua junto ao Programa de Ensino Integral, a pesquisa permitiu observar, dentre diferentes elementos de inferência, que as narrativas-biográficas permitiram uma discussão sobre a tomada da decisão de participar do processo de escolha do Coordenador Pedagógico nas escolas estaduais. Logo, segue-se confirmando, no contexto em que se realizou a pesquisa de natureza metodológica qualitativa, que os saberes docentes que mobilizam as práticas pedagógicas dos professores sofrem influencias das histórias de vida e são por estas (re)significadas, assim como o modo como cada professor compreende e atua na profissão é resultante da emergência das suas experiências.
Revista @mbienteeducação, Volume 10; https://doi.org/10.26843/ae19828632v10n12017p36a47

Abstract:
Este escrito assume o raciocínio de que o encontro entre a Universidade Federal do Pará, os currículos das licenciaturas e os docentes em exercício na educação básica do Estado do Pará quando da oferta de 21 licenciaturas por meio do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica – PARFOR, força-nos a transitar por movimentos contíguos de desterritorialização das imagens curriculares espaço-temporais já delineadas e de encontro com linhas de variação e indagações em horizonte virtual absoluto sobre quais outros regimes espaço-temporais possamos pensar currículos de formação docente. É possível, portanto, que estejamos experimentando do ponto de vista curricular, por meio do PARRFOR-UFPA, um tipo de prática que se afasta, em termos temporais, de sequencialidades lineares na tríade presente/passado/futuro, passando a lidar com a acepção de um tempo múltiplo que assume a coexistência de diferentes planos desordenados que se desdobram em atualidades e virtualidades. Em termos espaciais possibilita, também, o encontro com imagens de pensamento que extrapolam a ideia de um plano interno ou externo à experiência curricular, para além do que se denomina intra ou extracurricular. Considerando as reordenações em termos de projeto pedagógico, espaço e tempo de formação experimentadas pelo PARFOR/UFPA acionamos o par atual-virtual, em seu cariz deleuziano, para buscar os contornos e virtualidades dessa experiência. As conclusões apontam para o fato de que a execução desses projetos atrita centralmente coordenadas centrais na definição curricular, aquelas de ordem espaço-temporal procedendo a um movimento de desterritorialização e produção de territórios outros, participando da criação de uma espécie de entre-lugar que nos possibilita experimentar outras intensidades espaço-temporais para os currículos de formação docente em execução na UFPA.
Revista @mbienteeducação, Volume 10; https://doi.org/10.26843/ae19828632v10n12017p48a62

Abstract:
Esta investigação visa detectar se os modelos didáticos propostos por Garcia-Pérez, que foram concebidos em um contexto diferente do brasileiro, são de fato representativos do fazer pedagógico de um grupo de vinte professores de Química e se os mesmos podem ser utilizados como um instrumento diagnóstico na pesquisa em ensino de Ciências. O modelo didático é apontado como importante ferramenta na identificação das concepções dos professores e discentes sobre o ensino. Essa investigação visa detectar, por meio de um questionário, proposto por Garcia-Perez, se são de fato representativos do fazer pedagógico de um grupo 221 discentes de três cursos de licenciatura em Matemática EaD do estado de São Paulo e se os mesmo podem ser utilizados como um instrumento diagnóstico na pesquisa em ensino de Matemática, como a identificação do grau de Hibridismo e o grau de Coerência do modelo didático pessoal de cada discentes das instituições pesquisadas. Em posse das respostas foi possível estabelecer um quadro que indica o grau de hibridismo e de coerência do modelo didático pessoal. Contudo, os resultados apontam que os estudantes apresentam modelos didáticos híbridos e incoerentes, acreditando que a construção do conhecimento ocorre quando permitem a participação do aluno nas aulas, desconsiderando as outras dimensões do ensino.
Roberta Lopes Alfradique Hardoim, Tatiana Leite Da Silva, Iduina Mont’Alverne Braun Chaves
Revista @mbienteeducação, Volume 10, pp 63-73; https://doi.org/10.26843/ae19828632v10n12017p63a73

Abstract:
O objetivo deste trabalho é apresentar os resultados encontrados por duas pesquisas de Mestrado em Educação, elaboradas no Programa de Pós-Graduação da UFF, que estudaram experiências de formação inicial de professores no âmbito dos programas federais: Prodocência e Pibid. Estas pesquisas buscaram compreender, em linhas gerais, de que modo as experiências de docência dos licenciandos, desenvolvidas nos referidos programas, contribuíram para realizar uma efetiva aprendizagem docente, bem como estabelecer uma relação mais orgânica entre a universidade e a escola e, por fim, efetivar uma formação de profissionais da educação mais sintonizados com a realidade educacional pública e comprometidos com a docência.
Ana Beatriz de Oliveira,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-22; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n2a10

Abstract:
O presente artigo busca responder ao questionamento: Que possibilidades e limitações são apontadas por licenciandos em Matemática acerca do uso de tabelas como estratégia para a resolução de problemas? Para a coleta de dados, utilizaram-se os registros em duas situações de Matemática, para as quais o uso de tabela era uma das possíveis estratégias de resolução, bem como um questionário online com cinco perguntas. Os resultados mostraram que, ao serem incentivados a utilizar a estratégia da tabela, os licenciandos tiveram que repensar suas resoluções, criar caminhos e formas de organização. Assim, apontaram como possibilidades do uso da tabela a melhor visualização dos dados e informações e o auxílio em outras estratégias. Como limitações, citaram o fato de se tratar de um processo extenso, principalmente no caso de grande quantidade de dados, e a impossibilidade de usar a tabela em todos os tipos de problema
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-21; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n1a19

Abstract:
Uma das maiores avaliações em larga escala do mundo, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), foi criada para ser uma ferramenta de avaliação da Educação Básica. Com o passar dos anos, entre outras coisas, adquiriu funções como servir de prova de seleção para o Ensino Superior. Deseja-se que o exame tenha condições de servir aos seus propósitos de maneira justa, pois tem grande potencial de influenciar a vida dos seus participantes. Na psicometria é dito que os testes devem apresentar indícios de fidedignidade e validade. O presente estudo exibe os resultados de uma análise da qualidade psicométrica das questões de Química das provas de 2009 a 2019. Examinou-se os Microdados do ENEM e, como síntese, os itens foram classificados como bons, duvidosos e ruins. Como resultado constatou-se que 84,52% das questões de Química foram consideradas não adequadas para mensurar aquilo que se propõe a medir. Aconselha-se investigações futuras que visem replicar tais resultados e avaliar qualitativamente tais itens
Fausto José de Araújo Muniz, Marcos Alexandre De Melo Barros
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-21; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n2a07

Abstract:
Este artigo apresenta as concepções e utilização do Ensino Híbrido entre professores em formação continuada do Ensino de Ciências. Numa abordagem qualitativa, tipo pesquisa-ação, a investigação envolveu 42 participantes de uma disciplina da pós-graduação, ministrada remotamente utilizando diversas metodologias e vivências. Para obtenção dos dados, durante a intervenção, foi aplicado um formulário on-line sobre compreensão e uso de Ensino Híbrido. As respostas foram analisadas, tabuladas e categorizadas, emergindo oito grupos categóricos. Os participantes compreendem o Ensino Híbrido como utilização ou combinação de on-line e off-line, percebem como possibilidade metodológica que utiliza variados espaços e formatos, com objetividade e que os recursos são estrategicamente disponibilizados, mesclando atividade presencial e on-line. Os resultados evidenciaram que a maioria dos participantes não utiliza ou utilizou essa metodologia nas suas atividades educacionais. A flexibilidade entre espaços e formatos possibilitam maior integração tecnológica, organização e acesso à informação, estruturação de ambientes e contextos para promover aprendizagem
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-22; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n2a08

Abstract:
Este estudo apresenta um mapeamento teórico de pesquisas científicas brasileiras que possuem como temáticas o Pensamento Computacional e a Robótica Educacional na resolução de problemas por estudantes da Educação Básica. Tem como objetivo identificar essas produções e analisar de que modo abordam os processos pedagógicos que envolvem esses tópicos em salas de aula da Educação Básica. Para tanto, foi realizada uma busca nas seguintes plataformas: SciELO; Periódicos CAPES; Google Acadêmico. Por meio da leitura minuciosa dos resumos das produções encontradas, foram selecionadas dez produções para análise. A leitura integral das produções mostra que o Pensamento Computacional e a Robótica são extremamente versáteis, sendo utilizados em toda Educação Básica como métodos de desenvolvimento de diferentes habilidades. Os resultados apontam que ambos são métodos eficazes para uma aprendizagem na qual o estudante é ativo na construção de conhecimentos, e que a Robótica é uma ótima ferramenta para o desenvolvimento do Pensamento Computacional
Vaudenir Pereira Dias,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-26; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n2a04

Abstract:
Objetivamos com este artigo conhecer as principais contribuições da Educação Ambiental Crítica na compreensão da chamada crise ambiental. Além disso, buscamos compreender os fatores que influenciaram na formação e consolidação dessa crise. A partir da leitura da consagrada obra de Carson (2013) e de autores contemporâneos como Loureiro (2012), Tozoni-Reis (2004), Layrargues (2009), Saviani (2020; 2012; 2008; 1991), Dias (2004), Duarte (2012), entre outros, buscamos compreender como esse movimento autodestrutivo da Humanidade vem configurando-se numa crise civilizatória. Apresentado a partir da relação Homem, Natureza e Sociedade, este ensaio foi pautado numa pesquisa qualitativa, que contou com estudo exploratório e levantamento bibliográfico. A crise ambiental atual, sobretudo oriunda de uma sociedade fomentada pelo modelo de produção capitalista, vem sendo marcada pelo negacionismo da Ciência e da relação do Homem e Natureza, que terá consequências reais em médio e longo prazos
Juliana Martins Marteleto Novo,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-25; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n2a03

Abstract:
Pesquisas apontam que abordagens investigativas e experimentais podem facilitar o ensino da Microbiologia na Educação Básica, tendo em vista o caráter abstrato relacionado aos microrganismos e dada a necessidade de desconstrução de uma visão equivocada sobre esses seres, por parte dos estudantes. Nesse contexto, desenvolvemos um estudo de caso, de natureza predominantemente qualitativa, no qual descrevemos uma sequência didática investigativa sobre microrganismos, utilizando materiais de baixo custo e fácil acesso, voltada a alunos do Ensino Médio de uma escola pública estadual do Rio de Janeiro. Foram priorizados referenciais teórico-metodológicos que abrangem pesquisas nas áreas da alfabetização científica e ensino de Ciências por investigação. Os resultados obtidos por meio da análise de questionários demonstraram aumento gradativo na quantidade de acertos após as atividades, sugerindo aprendizagem conceitual. Observou-se, ainda, o amadurecimento de habilidades motora, afetiva, das relações interpessoais e o desenvolvimento de habilidades relacionadas ao fazer científico e à capacidade argumentativa dos estudantes
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-19; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n1a17

Abstract:
O objetivo deste artigo é identificar as teorias de currículo presentes em Projetos Pedagógicos dos Cursos (PPCs) de licenciatura em Ciências Biológicas da região Sul do País, considerando os Institutos Federais da região Sul do País, bem como identificar as concepções de Experimentação que estão articuladas aos componentes curriculares (CCRs) destes cursos. Como resultados, evidenciamos a presença de contradições especificamente no que se refere ao teor curricular, impregnado pelo viés tradicional ou crítico na mesma intensidade (em sete PPCs). Paralelamente a isso, a concepção de Experimentação demonstrativa apareceu com maior frequência em 48 CCRs, seguida da empirista-indutivista, em 15 CCRs e pela investigativa, em dez CCRs, o que caracteriza a não congruência entre os discursos curriculares críticos e as concepções de Experimentação que na sua maioria se disseminam pela demonstração. Tais resultados representam aspectos que caracterizam o currículo dos cursos de licenciatura em Biologia nos Institutos Federais
Tatiane Vitaczik Campanucci, Luisa Andrea Ketzer,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-26; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n1a20

Abstract:
Neste trabalho, buscamos entender a relação entre dois pilares do bem-estar subjetivo (afetação positiva e afetação negativa) e a aprendizagem significativa. Participaram do estudo 137 crianças do 5º ano do Ensino Fundamental de diferentes categorias escolares: privadas, públicas urbanas e públicas rurais. Como estratégia pedagógica, utilizamos o ensino de ciências por investigação para demonstrar as etapas da digestão e a importância do sistema digestório como parte de um organismo integrado. A coleta de dados foi realizada com questionários e desenhos. Duas metodologias qualitativas foram utilizadas: a Escala Panas, para organização dos dados sobre o bem-estar subjetivo e a Teoria dos Modelos Mentais para investigar indícios de aprendizagem significativa. Nossos resultados demonstraram que o ensino de ciências por investigação foi capaz de aumentar a afetação positiva dos alunos, diminuir a afetação negativa e trazer ganhos conceituais com indícios de aprendizagem significativa, especialmente com os alunos das escolas públicas rurais
Higor Felipe Gonçalves de Arruda,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-22; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n2a02

Abstract:
O principal objetivo deste artigo é refletir sobre as possibilidades de um trabalho educacional em torno do tema das escalas de distâncias astronômicas, de modo a contribuir com a melhoria do ensino de Física. Foram analisadas três escalas astronômicas e as respectivas ordens de grandeza das medidas envolvidas: distâncias interplanetárias, distâncias interestelares e distâncias intergalácticas. Para isso, foram descritas algumas das principais unidades para medir comprimentos em escalas astronômicas e investigados os métodos básicos de determinação de distâncias em Astronomia. Foram descritas e investigadas algumas possibilidades de estratégias didáticas, tendo como eixo temático o estudo de escalas de distâncias astronômicas. Foram também apontadas e sucintamente caracterizadas algumas ferramentas disponíveis na internet úteis para atingir este propósito. Essa é, portanto, uma pesquisa exploratória e qualitativa sobre recursos didáticos com o intuito de analisar as possibilidades de seu uso educacional
, Eduardo Rafael Zimdars
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-22; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n1a07

Abstract:
This article presents an overview of Lesson Study (LS) productions in the continuing education of teachers who teach mathematics, to identify and understand what is being developed and researched in Brazilian context. Eleven articles that compose the corpus of analysis indicate that LS is conceived, mainly, as a methodology in the context of courses with teachers from the early years, focusing on learning problems related to Number. They investigate aspects related to the contributions or limitations of the LS and analyze the professional development of the participating teachers, with a tendency to report experiences to suggest studies on the national scene. The results reaffirm and expand previous studies. We conclude that the LS in continuing education is recent and quite punctual in Brazil, but it consents education from the perspective of professional development, in which collaboration between participants is highlighted, thus breaking with models that are still in force.
Holdamir Martins Gomes, Vivian Da Silva Lobato
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 555-579; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1075.p555-579

Abstract:
Este trabalho, que se propõe analítico e interdisciplinar, dispõe sobre a possibilidade da utilização da mediação de conflitos – fomento do exercício dialógico –, como método subsidiário de tratamento dos conflitos oriundos do convívio escolar. É a análise do uso do exercício dialógico como ação afirmativa, possuindo finalidade emancipadora e transformativa. Propõe a difusão de uma mudança cultural nas práticas pedagógicas, com uma metodologia diferenciada de abordagem do conflito, em prol da pacificação e enfrentamento à violência no âmbito escolar. No tocante ao aspecto metodológico, atinente às técnicas, realiza-se uma pesquisa bibliográfica e descritiva, numa abordagem interdisciplinar. Concluindo, como resultado desta atividade, a necessidade da criação de espaços de escuta e diálogo, como alternativa para a pacificação na escola contemporânea.
Nádia Patrícia Ribeiro,
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 599-610; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1086.p599-610

Abstract:
Este artigo tem como objetivo apresentar os resultados da pesquisa desenvolvida na Universidade Municipal de São Caetano do Sul sob a orientação da Professora Doutora Ana Sílvia Moço Aparício. A pesquisa buscou investigar de que forma a literatura pode ocupar maior espaço e valorização na escola e na formação em serviço do professor dos anos iniciais do ensino fundamental, tendo em vista o trabalho mais adequado com a literatura em sala de aula. Como referenciais teóricos, baseamo-nos em autores que abordam a presença da literatura na sociedade, o problema da escolarização inadequada da literatura, a literatura infantil e a formação de professores. A metodologia da pesquisa foi exploratória, de caráter qualitativo e de inspiração etnográfica, desenvolvida em uma escola da rede municipal, da região do ABC paulista. Os dados foram gerados a partir de observações do espaço escolar e das ações de formação em serviço, bem como por meio de entrevistas semiestruturadas com três profissionais da escola: uma professora e duas assistentes pedagógicas. Os resultados das análises apontaram que, na escola, a literatura está presente nas práticas escolares e nos tempos e espaços, no entanto, ela é tratada e vista de forma inadequada, e ainda não existem ações efetivas que a valorizem nesse espaço, uma vez que há muitos equívocos em relação ao trabalho efetivo com a literatura. Em contrapartida, notamos que há vontade e disposição por parte dos profissionais que atuam na escola, a fim de que haja um resgate da literatura e que ela ocupe cada vez mais espaço no ambiente escolar e na formação de professores.
Simone Silva Rodrigues, , Cristiane Makyda Dyonisio
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 687-699; https://doi.org/10.26843/v14.n3.2021.1117.p687-699

Abstract:
O artigo em questão buscou discutir as competências gerais do documento normativo federal denominado Base Nacional Comum Curricular e traz experiências de práticas pedagógicas que buscam atingir essas competências. Metodologia: O método adotado foi qualitativo com análise documental. Resultados e discussão: Conclui-se com o estudo, que com as competências gerais a Base Nacional Comum Curricular traz avanços no sentido de proporcionar aos estudantes conhecimentos mínimos em nível nacional, respeitando e valorizando as diferenças de acordo com cada região, considerando as necessidades da sociedade atual e com foco na nova geração de estudantes. Conclusão: As competências gerais possibilitam que os professores auxiliem os estudantes nos processos de ensino-aprendizagem nos aspectos cognitivos, psico sócio emocionais, construção de valores e visões de mundo, o que auxilia no desenvolvimento de um estudante crítico e ativo perante a sociedade em variadas situações do cotidiano. Diante de temas culturais, raciais, econômicos, políticos, sociais, religiosos, o entendimento é o de que estudantes compreendam seus deveres, suas contribuições e sua importância como cidadão perante a sociedade em que está inserido.
Luana Cristina Baier, Elisangela de Campos,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-25; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a28

Abstract:
Este artigo se propõe a evidenciar como Foucault tem sido movimentado no campo da Educação Matemática a partir de um conjunto de pesquisas mapeadas junto ao Catálogo de Teses e Dissertações da CAPES. Para direcionar o mapeamento, construímos a seguinte questão: Como os(as) autores(as) na área de Educação Matemática movimentam Foucault em suas pesquisas? Esse questionamento possibilitou a construção de quatro domínios foucaultianos: Educação Matemática – uma outra forma de contar as histórias; A Educação Matemática no interior das relações de saber-poder; Foucault como teórico-metodológico na Educação Matemática; e Subjetivação: como nos tornamos sujeitos da Educação Matemática. Dentre as conclusões, destacamos que as ferramentas foucaultianas possibilitam questionar a história da Educação Matemática e estudar outras histórias (dos vencidos, excluídos, subalternos, daqueles que são silenciados e apagados das (nas) metanarrativas). Movimentar outros olhares que podem auxiliar a tecer uma crítica em relação às práticas, discursos e os diversos modos pelos quais nos subjetivamos nessa área. Por fim, os conceitos foucaultianos empregados pelas pesquisas operam como um dos modos, dentre outros, de se problematizar o campo da Educação Matemática.
Fernanda Peres Ramos, Angélica Lara Pereira da Silva, Marcos Cesar Danhoni Neves
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-18; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n1a04

Abstract:
A presente pesquisa analisou a história da geração espontânea através da lente Fleckiana em livros didáticos. Foram selecionados trechos de 10 livros didáticos do PNLD/PNLEM (2017), realizando-se uma análise textual discursiva. Através disso, detectaram-se elementos que foram de encontro às reflexões epistemológicas deixadas por Fleck (2010), retratando uma ciência predominantemente ausente de aspectos históricos, sociais e culturais, que levam à distorção da historiografia deste microcenário. A ausência desses elementos induz a uma ciência manualizada, linear e enrijecida. Acrescenta-se ainda, que uma abordagem mais completa da historiografia poderá deixar o ensino mais estimulante e reflexivo, desenvolvendo o pensamento crítico no aluno e contribuindo para uma compreensão maior dos conteúdos científicos
Carbone Bruno Schmidt Krug,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 13, pp 1-18; https://doi.org/10.26843/rencima.v13n1a01

Abstract:
O objetivo deste estudo foi realizar um levantamento da presença das ideias base de função na apresentação do conteúdo matemático função afim pela coleção “Contato Matemática”, aprovada pelo PNLD 2018. Foi realizada uma pesquisa qualitativa, à luz da Teoria dos Campos Conceituais, reconhecendo a importância do conceito de função na Educação Básica e o livro didático (LD) como principal material pedagógico acessível ao professor, na intenção de identificar se são propostas situações-problema envolvendo função afim, que possibilitam a mobilização das ideias base de função (correspondência, regularidade, variável, dependência, generalização). Os resultados indicam que tanto na parte teórica quanto nas atividades resolvidas e propostas, nem todas as ideias base estão contempladas, tanto quantitativa quanto qualitativamente. A análise permite inferir que o LD considerado precisa ser complementado pelo professor, com conteúdo teórico e atividades práticas para o ensino e a aprendizagem do conceito função afim.
Silvia Regina Silva Cassimiro, , Anildo Soares Flor, Gerciane Gercina Araujo Silva
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-25; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a24

Abstract:
As investigações sobre o conhecimento do professor para o ensino de matemática nos últimos anos têm sido uma área de crescente interesse, tendo em vista os desafios inerentes à formação de professores. Neste artigo, apresentamos um excerto de uma formação continuada, on-line via Meet, na qual tivemos como objetivo identificar as evidências dos conhecimentos revelados nas respostas dadas por um grupo de professores da Educação Infantil sobre medidas de tempo. O referencial teórico utilizado foi o Mathematics Teacher’s Specialized Knowledge (MTSK). Os dados foram coletados por meio de registros das informações obtidas por um questionário e tarefas que foram analisadas posteriormente. A pesquisa revela os desafios encontrados pelos professores em planejar e refletir sobre ações articuladas com a literatura para o ensino de medidas de tempo, assim como sua preocupação acerca do conhecimento necessário para a realização dessa estratégia nessa fase de aprendizagem infantil.
Lidiane Lemos Soares Pereira, Marysson Jonas Rodrigues Camargo,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-24; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a22

Abstract:
Neste artigo, apresentamos e discutimos sobre o design e desenvolvimento de uma intervenção pedagógica (IP) em uma turma composta, exclusivamente, por estudantes surdos, cuja relação mediada com a professora contou com a colaboração de Tradutor e Intérprete de Língua de Sinais (TILS), na qual objetivamos a apropriação conceitual no que diz respeito às transformações químicas da matéria. A pesquisa seguiu etapas de uma pesquisa participante, além de os dados terem sido coletados via registro fílmico, traduzidos, transcritos e analisados conforme referencial de análise dialógica do discurso. Nossos resultados apontam que o processo de intermediação (pela presença do TILS) forma uma relação entre o professor e estudante, criada para que a enunciação do professor chegue ao destinatário, o estudante. Nesse sentido, sinalizamos a importância do estreitamento da relação entre professor e TILS, para que o objetivo maior que se constitui na educação dos surdos possa ser cumprido com êxito, além de ressaltarmos a importância de garantir voz aos surdos como coconstrutores de um ensino de química que permita o real exercício da cidadania.
Mateus Augusto Domingues, Leonardo Sturion, Zenaide Fátima Dante Correia Rocha, Marcia Cristina Reis
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-23; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a25

Abstract:
A partir de uma avaliação diagnóstica, realizada em um terceiro ano do Ensino Médio de uma escola pública da cidade de Londrina, constatou-se um déficit de aprendizagem em Geometria, o que instigou a elaborar um estudo cuja proposta é a utilização de recursos tecnológicos como ferramenta didática para o ensino dessa área de conhecimento. As aulas foram mediadas com o software GeoGebra com a finalidade de investigar os efeitos desse recurso na mediação do conteúdo de Geometria Analítica para o ensino e aprendizagem dos alunos. Para realizá-lo, usou-se a metodologia qualitativo-descritiva dos momentos vivenciados na sala de aula. Por meio de observações dos efeitos da mediação desse recurso didático na ação dos alunos, constatou-se que o GeoGebra possibilitou melhor observação dos conceitos abordados. Por consequência, foi possível verificar que os estudantes ficaram motivados e curiosos, e, a partir disso, conseguiram interagir com o conteúdo, com a tecnologia digital e com os demais indivíduos envolvidos (alunos e professor), fato que motiva a dar continuidade ao projeto em outras aulas a fim de contribuir para o ensino.
Julia Amorim Monteiro, Antonio Fernandes Nascimento Junior
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-25; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a11

Abstract:
Para formar professores é necessário considerar aspectos culturais, políticos, sociais, éticos, morais e artísticos. Pensando nisso, este trabalho tem como objetivo identificar no filme “O vento será tua herança” (1999) as discussões que ele pode suscitar em um ambiente de formação de professores de Biologia. O filme retrata o julgamento de Scopes, uma história real que aconteceu nos Estados Unidos em 1925. A metodologia de pesquisa utilizada é de caráter qualitativo e para análise dos dados foi utilizada a Análise de Conteúdo e mais especificamente a categorização. Foram construídas categorias a priori e a partir delas, as cenas que se enquadravam nessas construções mentais foram agrupadas. As categorias foram “Liberdade de Expressão”, “Ciência e Sociedade”, “Ciência e Progresso” e “Ciência e Religião”. Foi possível perceber a importância de suscitar problematizações que transpassem esses eixos em ambientes de formação de professores de Biologia, pois são temas que, eventualmente, surgem no decorrer das aulas, sendo necessário ter repertório para que essas discussões sejam feitas de forma contextualizada e crítica, possibilitando a formação de professores e, por conseguinte, de estudantes críticos. Desse modo, é possível destacar o potencial do cinema em abrir frestas que possibilitaram suscitar tais discussões.
Brenda Maria Vieira Gonçalves,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-23; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a20

Abstract:
Este texto é um recorte de uma pesquisa desenvolvida no âmbito de um Projeto de Pesquisa Voluntária, com foco de discussão na intensificação da jornada, condições concretas de trabalho docente e suas repercussões na prática pedagógica do professor de Matemática. Trata-se de um estudo desenvolvido sob pressupostos da pesquisa qualitativa, cujos dados foram obtidos mediante entrevistas semiestruturadas com três professores de Matemática que atuam em diferentes redes de ensino de cidades do interior do Estado do Ceará, cujas entrevistas aconteceram entre outubro e novembro de 2018. Os resultados apontam que a ausência de materiais básicos na escola implica na prática do professor de Matemática. Ainda, quando as condições de trabalho são desafiadoras, principalmente pela atuação em redes de ensino distintas, provocam expectativas, ansiedade e descontentamento pela docência, embora sejam muitas as perspectivas relacionadas ao fazer do professor, considerando que ele desempenha funções que transcendem as atribuições do magistério.
Adriana Regina Rocha Chirone, , Concesa Caballero Sahelices
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-17; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a02

Abstract:
Este trabalho tem como objetivos compartilhar a experiência de uma professora de matemática durante o ensino remoto em uma escola federal brasileira e analisar a compreensão que os estudantes adquiriram sobre equações do 2º grau, buscando evidências de Aprendizagem Significativa Crítica (ASC) nas aulas de matemática durante o Ensino Remoto. Os recursos didáticos utilizados foram: dois documentos portáteis digitais, Portable Document Format (PDFs) intitulados “Trilha do conhecimento” e uma mesa digitalizadora com o aplicativo Autodesk Sketchbook para resolução de cálculos nas aulas online transmitidas pela plataforma Google Meet. Fundamentada na teoria de Aprendizagem Significativa (TAS) e na teoria de Aprendizagem Significativa Crítica (TASC) essa pesquisa utilizou como instrumentos de coleta de dados duas autoavaliações realizadas pelos alunos em dois fóruns de perguntas e respostas (Fórum P & R) do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA). Os resultados aqui apresentados foram discutidos a partir do modelo triádico de Gowin, com o compartilhamento de significados entre professor, estudantes e material educativo. Foram encontradas evidências de que é possível promover Aprendizagem Significativa Crítica de equações do 2º grau no ensino remoto.
Audrey Rodrigues Santos Dias,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-20; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a04

Abstract:
O presente artigo é fruto de uma pesquisa de mestrado que investigou de que maneira o uso de cinco “jogos de papéis”, com alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, contribuiu para que esses alunos interpretassem e resolvessem problemas envolvendo as quatro operações matemáticas. O “jogo de papéis” corresponde a uma brincadeira em que a criança assume uma determinada função social (médico, professor, vendedor, entre outros), representando suas ações e comportamentos. Nessa pesquisa, foram aplicadas as brincadeiras “feira”, “banco”, “papelaria”, “lanchonete” e “mercado”. Neste artigo, em particular, os instrumentos de análise foram constituídos: pela transcrição de momentos de intervenção da professora na forma de diálogo com os alunos; pelas transcrições das videogravações das aulas em que essas brincadeiras foram aplicadas e pelas respostas dos alunos à Atividade Diagnóstica Final. Os dados foram analisados qualitativamente mediante Análise de Conteúdo. As seguintes categorias de análise foram estabelecidas a priori: Tradução/Interpretação do problema; Planejamento de estratégias para solução; Execução; e Avaliação. Essas categorias foram definidas a partir dos referenciais teóricos que nortearam esta pesquisa. Os resultados mostraram que a utilização desses “jogos de papéis” contribuiu para a interpretação e a solução de problemas envolvendo as quatro operações matemáticas, por parte dos alunos.
, , Ady Wallace Jaques Silva
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-26; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a10

Abstract:
Nessa pesquisa qualitativa, de natureza bibliográfico-documental, nós abordamos diferentes concepções a respeito de três modalidades de literacia que temos investigado nos últimos anos: a Literacia Estatística, a Literacia Probabilística e a Literacia Financeira, em busca de possíveis intersecções entre essas três áreas da experiência humana. Consideramos esse tema de grande relevância para a educação brasileira, em tempos de reforma curricular, impulsionada pela publicação da Base Nacional Comum Curricular – BNCC, documento esse que confere grande importância ao multiletramento. A Probabilidade e a Estatística ganharam muito espaço a partir da publicação da BNCC, pois constituem uma unidade temática que deve ser explorada em sala de aula, desde a Educação Infantil até o término do Ensino Médio. Vale destacar, ainda, que a Educação Financeira, ausente nos documentos norteadores da educação nacional até então, os Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN, agora aparece nos novos currículos com grande destaque, uma vez que adquiriu o status de tema transversal. Ao final, propomos um modelo de literacia financeira compatível com modelos de literacia estatística e probabilística amplamente utilizados na Educação Estatística.
Yachiko Nascimento Wakiyama,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-25; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a05

Abstract:
Apresenta-se este estudo sobre a formação de habilidades, no processo de determinação e construção de modelos matemáticos, no âmbito da Educação Matemática, fundamentado na Teoria da Atividade. O objetivo é diagnosticar a aprendizagem por meio da Atividade de Situações Problema Discente em Modelagem Matemática dos estudantes da Licenciatura em Matemática da Universidade Federal de Amazonas. A pesquisa está fundamentada na teoria de formação por etapas das ações mentais e dos conceitos de Galperin; no ensino problematizador de Majmutov e; na direção da Atividade de Estudo de Talízina. Os instrumentos aplicados foram uma prova pedagógica e um questionário. O modelo de controle do Esquema da Base Orientadora Completa da Ação permitiu criar critérios para analisar a aprendizagem. Os resultados revelam que a maioria dos estudantes possui uma orientação falha, necessitando de (re)elaboração de uma base orientadora da ação adequada para formação de habilidade em determinar modelos matemáticos diante de situações problemas.
Ildenice Lima Costa,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-21; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n6a07

Abstract:
Este estudo objetiva identificar o processo de inovação educacional vinculado à melhoria do quadro do processo de ensino-aprendizagem em matemática de estudantes dos anos iniciais. Para tal, apresentamos as “Oficinas de Criatividade em Matemática”, um projeto idealizado e promovido pelo Grupo PI – Pesquisas e Investigações em Educação Matemática, do Departamento de Matemática da Universidade de Brasília. As oficinas foram realizadas em duas turmas de 4º ano do Ensino Fundamental em uma escola pública em Brasília, consistindo em uma intervenção em criatividade no campo da matemática, nas quais os estudantes foram estimulados a solucionar problemas matemáticos. Dentre estas, analisamos a Oficina do Consumo Saudável e Consciente, à luz do componente de inovação presente na atividade, na qual os estudantes deveriam elaborar e solucionar problemas contextualizados, voltados para a dinâmica do consumo, permitindo a discussão sobre sustentabilidade, consumo ético, consciente, responsável e saudável. Nesta pesquisa participante, de caráter exploratório e observacional, verificamos que as turmas utilizaram o pensamento crítico e criativo para solucionar problemas matemáticos no decorrer das atividades relacionadas à oficina. Isso possibilitou estimular e manter o interesse dos estudantes pela área do conhecimento em questão, percebendo-se na centralidade das discussões e identificando valores não apenas individuais, a partir de propostas matemáticas significativas.
André Pinheiro, Jeymeson de Paula Veloso
Published: 28 December 2021
Diálogos Pertinentes, Volume 17, pp 54-70; https://doi.org/10.26843/dp.v17i2.3768

Abstract:
O principal objetivo deste artigo é analisar as relações estabelecidas entre espaço e poder no romance Ensaio sobre a lucidez, do escritor português José Saramago, tendo como foco de observação o regime democrático delineado na obra. Lançado no ano de 2004, o romance acaba por promover uma análise da cidade como locus de poder, além de tecer severas críticas ao estado democrático contemporâneo. De modo geral, no romance é corrente a ideia de que a democracia praticada atualmente pelos governantes funciona mais como um discurso dissimulador do que como uma forma política capaz de atender aos anseios da população. Dessa forma, Saramago busca revelar as bases ideológicas e os interesses políticos existentes por trás de grupos governamentais para os quais a democracia não passa de um subterfúgio. É importante destacar que todas essas questões políticas estão materializadas na tessitura do espaço ficcional, no modo como a cidade é estruturada na narrativa. Para promover a leitura do regime democrático na contemporaneidade, utilizamos como aporte teórico os trabalhos de Denis Rosenfield (2008) e Simone Goyard-Fabre (2003); já para executar a análise da estrutura espacial da obra, recorremos às sistematizações produzidas por Ozíris Borges Filho (2007) e Luis Alberto Brandão (2013). Concluímos que, no interior de um enredo agonal, determinados espaços funcionam como materialização do poder coercitivo e outros como um ato de resistência contra à barbárie.
, Carla Ramos de Paula
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 432-445; https://doi.org/10.26843/v14.n2.2021.1132.p432-445

Abstract:
A pandemia ocasionada pelo Covid-19 está protagonizando uma crise sanitária internacional com impactos em todas as esferas sociais, e a educação tem sido afetada drasticamente. As aulas de modo geral foram impossibilitadas de acontecer presencialmente e o ensino remoto surgiu como uma possibilidade no novo cenário. Este artigo relata uma experiência docente no contexto pandêmico; trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, desenvolvido a partir de uma entrevista semiestruturada com uma professora do Ensino Fundamental I. O objetivo do trabalho é apresentar um relato de experiência docente na atuação com um sujeito com Transtorno do Espectro Autista (TEA) em uma escola pública de Cascavel/PR. Evidenciamos ao longo desse estudo como a inclusão tem sido materializada em uma práxis educativa de modo positivo. Em síntese, a temática inclusão no contexto pandêmico precisa ser discutida, na busca pela concretização de possibilidades que favoreçam experiências formativas humanizadoras ao sujeito com deficiência.
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 350-368; https://doi.org/10.26843/v14.n2.2021.1127.p350-368

Abstract:
Este artigo, escrito na forma de um ensaio, retrata parcialmente o momento vivido como docentes durante a pandemia da covid-19. O texto se apresenta em três instâncias: (1) Recupera-se o início do isolamento social como momento de ruptura de um crescente desenvolvimento pedagógico realizado por uma perspectiva (autonomeada) progressista; (2) Lamenta-se o presente vivido de excessivo trabalho remoto em prol de uma resposta imediatista de manutenção de status quo; (3) Assenta-se sobre um futuro de esperança a partir de uma visão otimista, utópica e sonhadora de Paulo Freire, mas que poderia muito bem revelar-se no devir da educação escolar.
, Alexander Vinícius Leite da Silva, Nathalie Duarte de Andrade Machado
Revista @mbienteeducação, Volume 14, pp 369-383; https://doi.org/10.26843/v14.n2.2021.1128.p369-383

Abstract:
Em janeiro de 2020 houve o início de um surto de doença respiratória; em 11 de março, a pandemia COVID-19 atingia o mundo todo. Para contê-la, foi recomendado isolamento social. Desde então, escolas públicas no Brasil estão adotando o ensino remoto. O objetivo do trabalho é apresentar algumas reflexões acerca das possibilidades e dificuldades observadas no processo de ensino e aprendizagem do ensino remoto na pandemia do COVID-19. Para tanto, serão recrutadas referências bibliográficas da área da Educação para corroborar com as discussões aqui empreendidas. O Ensino a Distância já existia e diversas metodologias foram desenvolvidas, mas não voltadas especificamente para o Ensino Básico. Assim, observa-se que com a pandemia não houve aplicabilidade metodológica coletiva das boas práticas para o ensino remoto. Até o presente momento, maio de 2021, são três semestres letivos sem aulas presenciais regulares e ainda não há vacina para imunizar todos. No retorno presencial, espera-se dos docentes a retomada do conteúdo que deveria ter sido ensinado e aprendido pelos escolares em prazo recorde. Dessa forma, há que se debruçar acerca das práticas de ensino e aprendizagem no ensino remoto e das metodologias já discutidas e implementadas no EaD em outros níveis de ensino para que se (re)pense os acontecimentos educacionais no período de pandemia no Brasil.
Ana Paula Reckziegel Venson, , Karen Silva Santos Conceição
Published: 23 November 2021
Diálogos Pertinentes, Volume 17, pp 174-189; https://doi.org/10.26843/dp.v17itematico.3742

Abstract:
Este artigo busca analisar, tendo como base a Análise de Discurso Pecheuxtiana, dois enunciados que noticiam casos de violência patriarcal de gênero praticados no âmbito das relações domésticas. O primeiro recorte foi publicado no site do Jornal Estado de Minas Gerais, em outubro de 2019, portanto, anterior à pandemia. O segundo recorte foi veiculado pelo site do G1 São Paulo, cujos fatos são datados de maio de 2020, período em que a pandemia do coronavírus apresentava altos índices de disseminação e o Estado de São Paulo estava em isolamento social. As análises mobilizaram alguns dos conceitos trabalhados por Michel Pêcheux na teoria da análise de discurso, tais como a noção de sujeito, de ideologia, condições de produção e formação discursiva, além de considerar os dados estatísticos de violência de gênero, contidos no Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2020, colhidos no primeiro semestre do ano de 2020. Como resultado das análises observou-se que as condições de produção apresentadas pelos enunciados impactaram na realidade social e na forma como os casos de violência foram retratados, muito embora não tenham diferido gritantemente em efeitos de sentido nos enunciados, porque remontam a uma mesma memória discursiva e estão filiados a mesma formação discursiva patriarcal que viabiliza a ocorrência deste tipo de violência de gênero. Desta maneira, podemos considerar que o contexto pandêmico de isolamento social se revelou como um novo obstáculo à responsabilização dos agressores nos casos de violência patriarcal de gênero. Palavras-chave: Violência Patriarcal de Gênero; Covid-19; Condições de Produção; Memória Discursiva.
Claudemir Sousa
Published: 23 November 2021
Diálogos Pertinentes, Volume 17, pp 56-79; https://doi.org/10.26843/dp.v17itematico.3736

Abstract:
Neste artigo, discutimos a produção de enunciados no site da CONAQ acerca da pandemia entre quilombolas brasileiros. O objetivo é analisar como a construção de um regime de verdade sobre esse tema é uma estratégia de resistência dos sujeitos frente à barbárie governamental, que os invisibiliza e deixa morrer. Para tanto, construímos um corpus com vinte enunciados coletados em uma busca textual no referido site, a partir de quatro entradas, cada uma com cinco resultados. Nossas análises estão ancoradas nos Estudos Discursivos Foucaultianos, sobretudo nos conceitos de verdade e resistência. Esse referencial teórico também nos fornece a ferramenta metodológica para análise, a partir dos princípios de dispersão, regularidade, campo associado e raridade. Conclui-se que, diante do descaso governamental para com os quilombolas, estes, em associação com entidades sem fins lucrativos, elaboram regimes de verdade como estratégias para o monitoramento da evolução da pandemia em suas comunidades e buscam soluções, nos trâmites legais, para garantirem acesso à imunização, deixando-se objetivar pelos mecanismos do biopoder.
Ronaldo Adriano De Freitas, Rudá Da Costa Perini
Published: 23 November 2021
Diálogos Pertinentes, Volume 17, pp 34-55; https://doi.org/10.26843/dp.v17itematico.3739

Abstract:
Filiado à Análise de Discurso (Pêcheux-Orlandi) o presente artigo analisa a interrelação entre o discurso religioso e o político, a fim de compreender a organização discursiva que institui práticas autoritárias de Estado. Para isso, ampliamos a discussão efetuada por Klemperer (2009) sobre o funcionamento filológico-discursivo da palavra “fanático” na linguagem nazista, e demonstramos como esse funcionamento retorna na atualidade, analisando os resultados do buscador Google para a palavra fanático, bem como sua implicação no funcionamento do discurso político do governo Bolsonaro.
Published: 23 November 2021
Diálogos Pertinentes, Volume 17, pp 134-159; https://doi.org/10.26843/dp.v17itematico.3752

Abstract:
Este artigo, a partir de um entremeio entre obras de Michel Pêcheux, Judith Butler e da artista plástica Alice Yura, busca reconsiderar a abjeção enquanto marca de alguns corpos, gêneros e vidas. Diferentemente, sustentamos que não há corpo que não porte abjeção (da ordem do real) e precariedade (da ordem do simbólico e do imaginário). Propomos, então, a abjeção como trabalho de não acabar das corporeidades que não cansa de não se inscrever nos movimentos da história, na materialidade da ideologia e da linguagem.
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-19; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n4a38

Abstract:
No ano de 2020, o ensino passou por mudanças significativas devido à pandemia da Covid-19 reconfigurando a prática do professor de um modelo presencial, para um estudo remoto (com o uso de tecnologias digitais). Esse fato resultou em disciplinas que, inicialmente, envolviam práticas de ensino no qual o aluno vivenciava a construção de materiais manipuláveis, planejava atividades, e executava em sala de aula. Essa descrição se refere às disciplinas que envolvem os Laboratórios de Matemática e Ensino (LME). Dessa forma, esse artigo tem como intuito apresentar uma prática do Laboratório de Ensino de Trigonometria (LET), disciplina curricular do curso de licenciatura em Matemática da Universidade Estadual do Ceará (UECE), integralizada as tecnologias para o estudo de conceitos trigonométricos por meio da balhestilha. Para isso, é apresentado um estudo teórico a partir do planejamento e execução dessa prática laboratorial incorporando a Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC), em particular, o software GeoGebra, atrelado à história da Matemática. Nesse contexto, é importante ressaltar que nestes tempos de pandemia vivenciaram-se grandes desafios em relação às adaptações do ensino para modalidade remota, por conta da falta de familiaridade dos professores em formação inicial para o uso de recursos tecnológicos. No entanto, ademais a estes conflitos, vale destacar que se experimentou de maneira significativa, práticas fazendo uso da balhestilha no GeoGebra, trabalhando a articulação entre TDIC e história da Matemática.
Diego Adaylano Monteiro Rodrigues, Claudia Christina Bravo Sá Carneiro
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-24; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n4a39

Abstract:
Este estudo tem como objetivo analisar a produção acadêmica sobre história e currículo de Biologia no ensino médio, expressas em dissertações, teses e anais de eventos, publicados no período 2005-2018. O trabalho se caracteriza como pesquisa bibliográfica, qualitativa e quantitativa, denominado de Estado da Questão (EQ). Ao todo, 88 trabalhos foram identificados e analisados por meio da Análise Textual Discursiva (ATD). Cinco categorias finais são apresentadas neste artigo: I) Distribuição temporal; II) Focos temáticos; III) Gêneros dos trabalhos; IV) Distribuição por subáreas ou conteúdos da Biologia; e, V) Classificação das fontes de coleta de dados. Houve uma expansão e diversificação das pesquisas, com preferência para a produção de estudos sobre currículos oficiais, livros didáticos e/ou centrados em depoimentos de professores e alunos. Algumas lacunas foram caracterizadas, tais como a carência de pesquisas históricas sobre currículos oficiais estaduais e falta de uma maior valorização das trajetórias sociais de quem atua na escola.
Magali Santos Melo, Fábio Paraguaçu
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-19; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n4a35

Abstract:
No ensino de ciências e matemática é comum o uso de analogias. Elas são normalmente utilizadas na sala de aula na criação de vínculos entre o conhecimento, experiências vividas e novos contextos e problemas, tornando-se importante no processo de interpretação e, por consequência, na melhoria da experiência de aprendizagem na prática pedagógica. Embora relevante para o ensino de ciências e matemática, verifica-se a necessidade da elaboração de uma visão global de como ela tem sido usada. Diante disso, o objetivo deste trabalho é a realização de uma revisão sistemática para avaliar as publicações de ensino de ciências e matemática com o uso de analogias, que permita avaliar a configuração e o contexto dos desenhos atuais do seu uso. A busca foi realizada no banco de dados da CAPES e no Google Scholar, usando como descritores: “analogia e ensino”, “analogia e ciência e matemática” e “analogia e educação”, o que permitiu o acesso às publicações de maneira adequada. O escopo dos trabalhos analisados foi delimitado iniciando de janeiro de 2014 a dezembro de 2019. Para análise dos dados, foram selecionados doze artigos representativos, onde descrevemos as analogias encontradas e suas formas de aplicações. A análise dos artigos apontou para a importância da analogia como uma boa metodologia de ensino para Ciências e Matemática.
Kalyane Kélem Ávila Maldonado, Fabrício Bonfim Sudério
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-24; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n4a30

Abstract:
Devido à precocidade da iniciação sexual entre os jovens, é fundamental que as metodologias de abordagem sobre sexualidade promovam uma reflexão e um diálogo com os estudantes no sentido de despertar interesse e auxiliar na aprendizagem dos conceitos científicos relacionados ao tema. Com esse intuito, o objetivo geral desta pesquisa foi aplicar sequências didáticas voltadas para o ensino de educação sexual e fazer uma avaliação a partir do comportamento e da percepção dos estudantes diante da metodologia adotada. O trabalho envolveu estudantes do ensino médio de uma escola pública estadual e fora dividido em duas sequências pedagógicas. A primeira adotou estratégias na abordagem de temas relacionados à microbiologia, reprodução humana, sexualidade, IST e gravidez na adolescência. A segunda abordou conteúdos de biologia e química relacionados ao tema “Bioquímica da Sexualidade”. Durante a aplicação das atividades fez-se uma avaliação da percepção dos estudantes sobre as estratégias adotadas mediante a aplicação de um questionário e por observações sistematizadas. Os adolescentes esclareceram dúvidas e preencheram lacunas do conhecimento por meio das atividades interativas aplicadas, desenvolvendo um senso crítico e reflexivo sobre os temas. Assim, a vivência com as estratégias teve uma excelente aceitação por todos os envolvidos.
Luciano Bernardo Ramo, Sóstenes Fernandes Santos
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-26; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n4a34

Abstract:
Essa pesquisa teve por objetivo analisar a percepção dos alunos e professores quanto ao ensino de Química frente à pandemia da Covid-19 na Paraíba. Trata-se de um estudo exploratório de abordagem quali-quantitativa. O público alvo foram 121 estudantes e 3 docentes de 2 escolas da rede pública estadual em Arara-PB. Como instrumento de coleta de dados utilizou-se questionários aplicados através da ferramenta Google Forms. Os resultados mostraram que a maioria dos alunos são do sexo feminino, residem na zona urbana e são beneficiários do Bolsa Família. Além disso, esses classificaram as aulas durante esse período remoto como interessante e a principal dificuldade está relacionada com a velocidade da internet. Já os professores relataram que utilizam diferentes recursos digitais na preparação de suas aulas e apontam a avaliação da aprendizagem como uma dificuldade. A partir da análise dos resultados ficou evidente a preocupação dos alunos e professores com o processo de ensino e aprendizagem de Química.
Cleidiane Aparecida Costa Rocha Jardim, Valéria Souza Marcelino
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-21; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n4a28

Abstract:
O uso de Sequências Didáticas em Ciências Naturais, associado a diferentes abordagens, é feito para favorecer o ensino. Entretanto, algumas críticas são feitas a esses procedimentos, por muitas vezes terem impactos insuficientes na aprendizagem. Submeter a Sequência Didática a uma validação é indicado para aumentar a eficiência desses recursos. Esse estudo qualitativo tem o objetivo de apresentar a validação de uma Sequência Didática sobre Gravidez na Adolescência, para aulas remotas, pautada na Metodologia da Problematização e com uso de tecnologias digitais. Esta pesquisa considera que uma Sequência Didática bem planejada e organizada, pode impactar positivamente a aprendizagem, sendo um recurso para os docentes que se veem diante do desafio de educar no século XXI. Tais profissionais têm a necessidade de se adequar às mudanças pelas quais a sociedade passa, a nível tecnológico, sem deixar de trabalhar problemas que impactam a educação há muitos anos, como a Gravidez na Adolescência, também nas aulas remotas. Para a validação três professoras de Biologia preencheram uma ficha avaliativa, a partir de seus conhecimentos de formação e de experiências profissionais. A análise das fichas preenchidas culminou em mudanças na Sequência Didática e sinalizaram que a validação pode impactar positivamente na aprendizagem.
Karla Silene Oliveira Marinho Sathler,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-17; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n4a26

Abstract:
Sabemos que existem obstáculos dificultadores do processo de inclusão e, no âmbito deste trabalho, no que se refere aos estudantes com deficiência visual nas aulas de Física, buscamos compreender de que forma as representações sociais dos professores dessa disciplina, estudantes com deficiência visual e estudantes videntes podem contribuir para a criação e/ou a manutenção de obstáculos referentes ao processo de inclusão destes mesmos estudantes com deficiência visual. Com uma abordagem metodológica qualitativa, fizemos uso dos instrumentos entrevista e grupo focal para a produção de dados. Já para a sua apreciação, recorremos à análise de conteúdo, com o intuito de examinar as falas dos participantes da pesquisa de forma minuciosa, por meio de classificação e frequência, a respeito do tema educação inclusiva. Observamos nas falas de nossos participantes a representação da educação inclusiva com o termo “deficiência” e “deficiente”. Também notamos que, para alguns deles, é inviável um ensino de Física que promova a inclusão.
Emerson Oliveira Santos, Noemi Sutil,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-20; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n4a25

Abstract:
Perspectivas de alfabetização científica concernente às ações educativas nos domínios de educação em ciências remetem a processos formativos docentes. Subjacente a essa asserção, demarca-se concepção de racionalidade comunicativa, alusiva às proposições de Jürgen Habermas, concatenada à tematização do mundo da vida, em referência à formação e atuação docente. Atinente a esses pressupostos, neste trabalho, objetiva-se analisar perspectivas de alfabetização científica, inerentes a sequências didáticas elaboradas por estudantes de Licenciatura em Física. Os dados analisados abrangem questionário, as referidas sequências didáticas e as transcrições de gravações em áudio de interações discursivas em Grupo Focal, concernente ao processo construtivo desses materiais. A análise desses dados se reporta a pressupostos de Análise de Conteúdo e agrega eixos pertinentes a: parâmetros de alfabetização científica; abordagem sobre ciência e de conceitos físicos. Salienta-se a preponderância da noção de Alfabetização Científica Prática nas composições dos licenciandos e denota-se premência de abordagem conceitual tradicional em detrimento à tematização de aspectos do mundo da vida. Esses apontamentos reverberam em prospecções à formação docente, atinentes à problematização e construção conjunta de teoria e prática educacionais.
Jailma Ferreira da Silva, ,
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-18; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n4a22

Abstract:
The teaching of zoology, although recent in basic education, is questioned methodologically. The main criticisms are that zoology teaching still follows an Aristotelian essentialist view. It is based on traditional expositions in the classroom, and it fragments and decontextualizes contents. All this hinders learning, especially when we are dealing with such a complex area with a wide variety of names and concepts. Thus, through bibliographic research, we seek to identify, analyze, and describe some study trends in Brazil, during the period 2010-2020. We also verify the challenges involved in attaining improvement in pedagogical practices. A total of 197 articles, 32 dissertations, and one thesis were identified. The following descriptors were used: a) type of production; b) temporal distribution; c) geographic distribution; d) institution of origin of the publications; e) levels of education; f) thematic focus; g) type of research. With this, it was possible to describe the main aspects related to the teaching of zoology in basic education in Brazil, providing an insight into the direction of academic productions towards this theme, thus serving as a basis for other investigations
Juliane Priscila Diniz Sachs, Denise Caroline de Souza, Irinéa De Lourdes Batista
Revista de Ensino de Ciências e Matemática, Volume 12, pp 1-25; https://doi.org/10.26843/rencima.v12n4a21

Abstract:
Este artigo buscou contribuir com propostas focadas na problemática de como formar docentes de Ciências para que essas/es promovam uma práxis pedagógica equitativa em gênero em contextos de ensino complexos. Elaborou-se, conforme um ensaio, uma síntese a partir de interpretações e reflexões acerca das abordagens de Educação Científica equitativa em gênero distinguidas por Astrid Sinnes e das perspectivas de formação docente apresentadas por Angel Pérez Gómez. Nessa síntese, ponderou-se que uma abordagem de Educação Científica sensível ao gênero, orientada por uma perspectiva de formação docente da prática reflexiva reconstrutiva, apresenta potencial para a finalidade proposta. Esse resultado foi relacionado com os de pesquisas empíricas que lhes forneceram sustentação. A partir disso, sugeriu-se elementos orientadores para elaboração de uma práxis metodológica e pedagógica voltada para a apropriação e desenvolvimento de saberes capazes de instrumentalizar docentes para o exercício de práxis de ensino de Ciências equitativas em gênero. Esses elementos referiram-se aos conhecimentos acerca: das discriminações de gênero na Ciência e na Educação Científica e de sua relevância à prática pedagógica; da delimitação e confiabilidade do conhecimento científico; da relação entre a Ciência e os valores e do reconhecimento de que essa, historicamente, incorporou o androcentrismo
Page of 39
Articles per Page
by
Show export options
  Select all
Back to Top Top