Refine Search

New Search

Advanced search

Results: 71

(searched for: doi:(10.36638/*))
Save to Scifeed
Page of 8
Articles per Page
by
Show export options
  Select all
Martin Salinas
Verinotio – Revista on-line de Filosofia e Ciências Humanas, Volume 26, pp 126-144; doi:10.36638/1981-061x.2020.v26.529

Abstract:
El artículo analiza la lectura de György Lukács de la segunda novela de Soljenitsin, Pabellón de cáncer. La consideración de los contextos que enmarcan la crítica del autor húngaro posee implicancias políticas, filosóficas y estéticas patentes: el proceso de desestalinización, la coexistencia pacífica, y el “Renacimiento del marxismo”, que Lukács reconoce como una tarea impostergable. En este marco conceptual, la interpretación de Lukács de obra de Soljenitsin expresa el modo en las nociones de autonomía estética y perspectiva se articulan.
Bruno Daniel Bianchi
Verinotio – Revista on-line de Filosofia e Ciências Humanas, Volume 26, pp 85-95; doi:10.36638/1981-061x.2020.v26.533

Abstract:
O presente artigo tem por objetivo compreender a discussão entre a alternativa entre uma arte autônoma e uma arte política/de tendência. A partir do referencial teórico do marxista húngaro György Lukács, o texto busca criticar o caráter enrijecido do debate devido à limitação da concepção de sujeito e sociedade inerente à ideologia burguesa, assim como sua tentativa de produzir uma filosofia da arte desvinculada das questões histórico-sociais de seu tempo.
José Deribaldo Gomes Santos
Verinotio – Revista on-line de Filosofia e Ciências Humanas, Volume 26, pp 44-63; doi:10.36638/1981-061x.2020.v26.516

Abstract:
Este artigo debate a relação entre a alegoria e o símbolo, temática importante para a Grande Estética de Lukács, uma vez que as distinções e as contraposições entre o alegórico e o simbólico possibilitam que o autor húngaro se aproxime do conceito de realismo. O realismo, para o esteta de Budapeste, é o que marca a autenticidade artística. Este trabalho opta por um estudo de caráter teórico-bibliográfico. Por meio de uma análise imanente sobre recorte da Estética do esteta magiar, o artigo considera que a chamada arte de vanguarda, por se inclinar para uma alegoria vazia de conteúdo, abandona as demandas do drama humano. Esse abandono faz com que a arte moderna, de modo geral, caminhe em direção, do conformismo decorativo, por um lado, e, por outro, do inconformismo irracional.
Douglas Rafael Dias Martins
Verinotio – Revista on-line de Filosofia e Ciências Humanas, Volume 26, pp 301-329; doi:10.36638/1981-061x.2020.v26.469

Abstract:
Nosso artigo visa um estudo sobre os cadernos intitulados como “Manuscritos econômico-filosóficos” de Karl Marx, do ano de 1844, tendo em vista a posição privilegiada que o texto ocupa no desenvolvimento do pensamento do autor. Do mesmo modo, os manuscritos guardam os primeiros estudos teóricos da economia política de um jovem Marx e seu pensamento precoce – anterior àquele de “O capital” –, ao mesmo tempo que também representou o aprimoramento das “armas da crítica” pela “crítica das armas” contra os jovens hegelianos do grupo de Berlim (principalmente Bauer e Stirner) e o pensamento e herança deixada por Hegel. Tais estudos possivelmente também foram importantes para a edificação da amizade que ele também começaria poucos meses após os manuscritos serem “concluídos” – conclusão que só seria realizada com a publicação mas que nunca ocorreu durante a vida de Karl Marx, senão, ocorreria apenas em 1932 (integralmente) com a redescoberta dos mesmos alguns anos antes com o impulso da revolução bolchevique na Rússia. Por fim, buscaremos apontar em que medida as concepções e o pensamento do jovem autor se conservam ou se transformam – parcial ou completamente – nos anos imediatamente posteriores.
Manuel Alejandro Bonilla
Verinotio – Revista on-line de Filosofia e Ciências Humanas, Volume 26, pp 263-277; doi:10.36638/1981-061x.2020.v26.481

Abstract:
Este artigo discute a teoria do reflexo desenvolvida por Lenin em seu confronto com a filosofia hegeliana nos comentários que escreveu a The Science of Logic em 1915. Nesses comentários, Lenin apresenta a reflexão no contexto de uma relação reflexiva adaptativa entre o movimento da o conhecimento e o movimento da realidade; a dinâmica do conhecimento segue o movimento da realidade e a influencia. Para Lenin desses comentários, a reflexão é um momento (mental) do processo de objetificação humana que transforma a realidade e origina o ser humano.
Renata Altenfelder Garcia Gallo
Verinotio – Revista on-line de Filosofia e Ciências Humanas, Volume 26, pp 106-125; doi:10.36638/1981-061x.2020.v26.523

Abstract:
A partir da descrição das noções de reflexo artístico e de mundanidade na estética de maturidade de Georg Lukács, este estudo pretende apresentar algumas questões preliminares acerca do que vem a ser a obra de arte, suas particularidades e seus pressupostos na “Estética” (1963), com o intuito de ressaltar, por fim, o caráter absolutamente humanista dessa obra lukacsiana.
Ana Laura Dos Reis Corrêa
Verinotio – Revista on-line de Filosofia e Ciências Humanas, Volume 26, pp 194-202; doi:10.36638/1981-061x.2020.v26.542

Abstract:
A partir da leitura de Os sofrimentos do jovem Werther, com base nos artigos de György Lukács e Miguel Vedda sobre esse romance de Goethe, e considerando o conjunto da obra de maturidade de Machado de Assis, quando o narrador assume a condução da narrativa guiando-a no ritmo frívolo e volúvel do capricho de classe, pretende-se investigar, neste texto, de que maneira a composição satírica de um narrador não confiável estabelece conexões entre esses dois escritores que deram forma sensível à alienação de uma “consciência infeliz”.
Ronaldo Rosas Reis, Elisabeth Soares Rocha
Verinotio – Revista on-line de Filosofia e Ciências Humanas, Volume 26, pp 16-43; doi:10.36638/1981-061x.2020.v26.517

Abstract:
A crítica da cultura como reflexo do mundo que realmente existe é o ponto de partida para a apreensão do caráter social dos sentidos estéticos, manifestamente sobre a criação artística, o conhecimento estético e a produção material sob o capitalismo. Partindo de tal pressuposto, o presente artigo se debruçará sobre a problemática geral da estética e do seu papel formador na cultura.
Vladmir Luis Da Silva
Verinotio – Revista on-line de Filosofia e Ciências Humanas, Volume 26, pp 353-384; doi:10.36638/1981-061x.2020.v26.524

Abstract:
Ao longo de sua obra, Karl Marx sempre manifestou preocupação com a particularidade do capitalismo em cada país. Nosso principal objetivo neste artigo é o de discutir algumas passagens da teorização marxiana acerca da constituição do capitalismo na Alemanha. Pretendemos fazer isso por meio da leitura imanente de alguns textos de Marx.
Page of 8
Articles per Page
by
Show export options
  Select all
Back to Top Top