New Search

Export article
Open Access

CONSUMO DE NUTRIENTES NO PRIMEIRO E TERCEIRO TRIMESTRES GESTACIONAIS E PESO AO NASCER: COORTE NISAMI

Tialla Ravenna Silva Santos, Jerusa Da Mota Santana, Cinthia Soares Lisboa, Djanilson Barbosa Dos Santos
Revista Baiana de Saúde Pública , Volume 42, pp 597-610; doi:10.22278/2318-2660.2018.v42.n4.a2862

Abstract: A inadequação no consumo de nutrientes pode comprometer o crescimento fetal e resultar em baixo peso ao nascer ou em macrossomia fetal. Busca-se aqui identificar a relação entre consumo de energia, macronutrientes e micronutrientes no primeiro e terceiro trimestre gestacional e o peso ao nascer. Trata-se de estudo transversal aninhado em coorte prospectiva longitudinal com 166 gestantes do serviço público entrevistadas, no período de abril de 2012 a novembro de 2013. Para comparar as médias de consumo alimentar no primeiro e terceiro trimestre com o peso ao nascer foi utilizado o Test T de Student, com nível de significância estatística com valores de p < 0,05. Foi observado que as crianças com peso ao nascer inadequado (< 3.000 g) apresentaram consumo médio mais elevado de calorias (p = 0,02) e carboidratos (p = 0,04) no primeiro trimestre. E no terceiro trimestre identificaram-se diferenças nas médias de consumo de proteína (p = 0,02) segundo as categorias de peso ao nascer, já que mulheres que tiveram crianças com peso adequado (≥ 3.000 g) apresentaram consumo médio maior de proteína (médias = 72,66 g). O consumo alimentar de gestantes tem influência sobre a situação nutricional do concepto, especialmente no terceiro trimestre de gestação, momento em que a ingestão proteica materna teve maior relevância para o peso ao nascer. Palavras-chave: Gravidez. Recém-nascido. Peso ao nascer.
Keywords: Consumo Alimentar / gestantes / Peso Ao Nascer

Scifeed alert for new publications

Never miss any articles matching your research from any publisher
  • Get alerts for new papers matching your research
  • Find out the new papers from selected authors
  • Updated daily for 49'000+ journals and 6000+ publishers
  • Define your Scifeed now

Share this article

Click here to see the statistics on "Revista Baiana de Saúde Pública" .
Back to Top Top